Meu amigo pintudo estourou a buceta de minha namorada e rompeu seu ânus virgem

Click to this video!

A festa havia estado divertida, eu estava quase embriagado e deitado em um sofá, minha namorada, uma menina linda e inocente estava junto a mim.
***Como você se sente amor??…já podemos ir embora???
…Espera um pouco meu amor…me deixa descansar uns 10 minutos!!!
***Tudo bem…mas só 10 minutos…meus pais podem se preocupar comigo!!!
Fechei meus olhos para descansar quando entra Carlos, meu melhor amigo e se sentou em frente e perguntou se eu estava bem e ela descreveu a situação.
—Porque você não senta aqui do meu lado e deixa
ele mais a vontade???Pediu Carlos a minha namorada.
Miriam de pronto aceitou e fiquei deitado e eles ali sentados em minha frente.

Quero dizer que Carlos é meu melhor amigo desde a infância, é negro, sempre se destacou nos esportes do colégio, tem um corpo definido e sempre conquistou as garotas mais bonitas da turma.
Ficaram a conversar por um tempo, ele lhe ofereceu uma bebida, ela aceitou, coisa que achei rara, pois ela pouco bebia, de repente apaguei por uma hora, acordei com uma gargalhada de minha namorada.
—Quieta senão vai acorda-lo!!! Alertou Carlos.
***Está bem…mas já esta tarde tenho que ir embora!!!
—Não…por favor…espera mais um pouco!!!
***Está bem…mas tenho mêdo que ele acorde e nos ouça conversando sobre isso!!!
Esta parte me intrigou, a luz estava apagada para que eu pudesse descansar, o recinto apenas estava um pouco iluminado pela luz do cômodo ao lado, abri um pouco os olhos e fiquei com os ouvidos em alerta a escuta-los.
***Eu acho que você está mentindo!!!
—É sério…eu transei com a Amanda e ela até chegou a chorar!!!
***Porquê???
—Primeiro me disse que estava doendo muito…e depois porque gozou como uma louca!!!
***Não acredito!!!-
Estavam falando de sexo…minha namorada e eu algumas vezes conversavamos desse tema e terminavamos transando….estávamos a três anos juntos e com o compromisso de casarmos no próximo ano e me causou um certo desconforto aquela conversa entre eles.
Pouco a pouco o tema da conversa foi cambiando para o tamanho dos pênis e comparações e quando Carlos disse o tamanho do seu ela novamente gargalhou e não acreditou.
***Seu mentiroso…isso não existe…é impossivel!!!
Depois começaram as perguntas indiscretas, a esta altura Miriam já havia bebido algumas doses de vinho e estava totalmente relaxada, ela foi interada por ele que lhe fascinavam ver as calcinhas da meninas.
***Porque você gosta disso???
—Porque é muito excitante!!!
—Tanto é que posso te dizer que a sua calcinha é branca!!!
Miriam ficou sem graça e vermelha…se vestia muito sexy, com uma mini-saia prêta e uma blusinha amarela…porém ao sentar-se deixou mostrar sua pequena lingerie.
Não demorou muito e o maldito estava passando a mão na coxa de Miriam e logo chegou até sua calcinha e com o dedo roçava o fino pano que cobria sua bucetinha.
***Não…pare com isso…tira sua mão dai…seu mentiroso!!! disse ela arrancado a mão dele dentre suas coxas.
—Mentiroso porquê??? exclamou ele.
***Porque você não pode ter um tão grande assim!!!Disse ela já mareada pelo vinho.
Ele com as mãos gesticulou o tamanho de seu pau…ela esboçou uma gargalhada marota e safada.
—Calada…você vai desperta-lo!!!alertou ele novamente a ela.
***Ele está desmaiado…não se preocupe!!!
—Te faço uma proposta…se te provar que meu pau é deste tamanho que te falo você me dá sua calcinha de presente???
Por um instante pensei em acabar com aquela putaria…com certeza ele iria romper minha namorada ao meio..me senti excitado e deixei a coisa transcorrer normalmente para ver até onde ia.
Miriam por um instante ficou pensativa.
—Vamos lá miriam…e dai…se não provar a você o tamanho dele podes pedir um castigo a mim!!!
***Está bem!!!
Jamais pensei escutar aquelas palavras e menos ainda o que meu amigo estava fazendo comigo.
Sem levantar-se do sofá, ele abaixou seu jeans e emergiu seu monstro…Miriam deu um gemido de espanto e tapou seu rosto com as mãos.
—Olha para ele Miriam…!!! exigiu ele todo orgulhoso.
Ela não se atreveu a olha-lo, ele arrancou as mão do rosto dela e obriga-la a contemplar seu majestoso pau a principio ela estava assustada, mas aos poucos se acalmou.
—Não é do tamanho que te disse???
—Do Arthur é assim???referindo-se ao tamanho de meu pau.
***Não…claro que não…o seu é quase o dobro do dele!!!
Ele continuou acariciando seu monstro e ela hipnotizada não tirava os olhos dele.
—Quer pegar nele???sugeriu pedindo para que o punhetasse.
****Nãooooo…você tá louco…meu namorado está aqui…não tá vendo???
Sua recusa me deixou orgulhoso…mas seu timbre de voz denotava que estava um pouco bêbada e excitada…ele pegou sua mão e levou até seu cacete, pensei que ela rejeitaria, porém não, primeiro apenas tocou com um dedo, porém pouco a pouco se deixou levar e começou a acaricia-lo devagar e com confiança.
Assim passaram alguns minutos, até que ele pediu para que ela tirasse a calcinha…ela se levantou um pouco e abaixou-a até o meio de suas coxas e voltou a sentar-se.
Minha namorada é branca, de cabelos negros, suas coxas são grossas e sua bucetinha estava peludinha naquele dia…Ele começou a toca-la com um dedo e ela seguiu agarrando seu pau porém agora com toda mão.
—Quer coloca-lo em sua bucetinha???Pediu ele todo excitado.
***Nãoooo!!!
—Deixa vai…então só no meio das coxas…deixa???
Com seus braços fortes ele a agarrou…beijou sua boca…aos poucos ganhou sua confiança e esfregava sua pica grossa por toda extensão de sua bucetinha e quando encaixava ela fechava as pernas e o empurrava.
***Aaaaaaahhhh…nãoooooo….o que você está fazendo????ela o advertiu.
****Não faz isso não…por favor!!!
—Deixa vai,,,so vou colocar um pouquinho…só quero ver se ela está quentinha!!!
****Não…você vai me machucar…é muito grande e grosso!!!
—Não vou te machucar não…quero so sentir ela molhar a cabeça do meu pau!!!
****Você promete que não vai dizer nada para o Arthur???
—Claro sua bobinha…porque iria dizer???
Ele voltou a esfregar seu colossal cacete na bucetinha de minha lindinha, estava prestes a fodê-la…a rasga-la …e eu ali ao lado com o pau duro e excitado.
***-Mmmm… aammm….!!!gemia ela.
—Você tá gostando???
***Sim muito!!!
Sua bucetinha estava encharcada e clamava por uma pica grossa e dura.
—Posso meter a cabeça!!!
***Não por favor…não….você vai me matar…é muito grossa!!!
Ele parou por um instante as investidas, puxou a calcinha que estava na altura de suas coxas e a arrancou…porém ela tentou persuadi-lo a não continuar com aquilo.
***Por favor vamos parar por aqui…chega!!!
Sua bucetinha agora ficou totalmente sem proteção…ele abriu suas pernas e colocou sobre seus ombros deixando-a toda arreganhada.
***Aahhh… aiiiii… Não faz isso não…!!!suplicava ela.
—Pega ele e coloca na portinha…se te machucar eu tiro!!!
Ela assim o fez…devagar ele começou a forçar…até que começou a entrar.
***Nãooooooooo…por favor….tiraaaaa….tá doendo!!!
—Só a cabecinha meu amôr!!!
***Você vai me deixar toda aberta!!!
—Não minha querida…com o tempo ela volta a se fechar…confia em mim!!!
***É verdade???
—Claro meu anjo!!!
Após convencê-la, com um único golpe ele alojou aquela grossa cabeça nas entranhas de minha namorada.
****Aiiiiiiiiii…Aiiiiiiii…por favor…você está me estourandoooooo!!!
—Que delicia de buceta apertada você tem…está pegando fogo…você tá toda melada!!!
Depois disso ele continuou a meter vara para dentro dela…Miriam estava toda empalada e aberta e não tinha resistência para defender-se daquele vigorosa penetração, tombou sua cabeça para trás e fechou os olhos.
***Por favor Carlos para…por favor é muito grande…já entrou tudo???
—Claro que não…ainda falta a metade…olha para você ver!!!
Ela levantou a cabeça e quase que infartou, aquela coisa grossa entalada em sua bucetinha.
***Chega Carlos…por favor para…já estou bem aberta!!!
Devagar ele foi metendo tudo, todavia quando faltavam alguns centimetros ele se deteve, pois por mais que forçasse não entrava mais, com certeza havia se chocado com o útero de minha namorada.
***Iighhh… aaaghh… mmmm.. Carlos chega…tira dai…!!!
—Você tá bem apertadinha heim…minha putinha linda!!!
***Mmmghhh aaaaiii por favor…por favor!!!
A voz de minha namorada se transformou, e por seus seguidos gemidos sabia que estava tendo um orgasmo.
Ele seguiu metendo agora com força e vigor.
****Aiiiiiiiiiiiiiii…que gostosoooooo!!!!mete vai…mete!!!
—Você tá gostando???
***Sim mas já chega….já chega!!!
Ele empurrou com força até o fundo e segurou e pude ouvir por seus urros como descarregava uma carga de pôrra, ela gemeu alto sentindo seu útero banhar-se de sêmen quente…ele descarregou os testículos dentro da covinha de Miriam.
—-Aaaaaaaaaaaaa!!!Puta do caralho…que gostosooooooo!!!
Mesmo empalada podia se perceber escorrer pôrra pelos lados de sua buceta arregaçada…deixou um pouco dentro e logo tirou…a vagina de meu amôr estava rota…vermelha e escorria sêmen.
Ela teve trabalho para levantar-se e quase não fechava as pernas, ele a ajudou a colocar a calcinha e depois me despertaram…fui carregado pelo cara que comeu minha namorada e me levaram para casa.
Depois de alguns meses Carlos foi embora para os Estados Unidos…depois de alguns meses, Miriam me confessou o que havia acontecido…me pediu perdão…disse que havia saido com ele mais 3 vezes e que na última ele havia rompido seu cuzinho virgem…a fiz contar com detalhes como havia deflorado seu ânus…foi excitante os detalhes de como ele socou todo aquele cacete grosso e comprido dentro de seu rabinho e enchido de pôrra suas tripas…tempo depos nos casamos.
Peço que comentem meu relato…principalmente aqueles homens que se excitam vendo sua namorada…ou noiva…espôsa sendo violadas por outro homem.