Contos Eroticos – Dei pro aluno no ônibus

Click to this video!

Olá! Tenho 23 anos e sou professora de CFC, cujo dono é meu marido. Atualmente estou dando aulas de direção de ônibus, onde vivi uma deliciosa aventura com um aluno.

Meu aluno nunca havia dirigido ônibus, então estacionei em uma rua bem deserta, quase sem movimento, para lhe dar as instruções básicas.

Nesse dia eu estava de calça leging (sem calcinha) , blusinha branca com top por baixo e tênis (depois da aula eu ia pra academia).

Quando fui trocar de lugar com meu aluno, senti ele tocando meu bumbum, quando olhei ele disfarçou e começamos a aula normalmente.

Quase no final da aula ele me perguntou se tinha ido bem, eu disse que foi ótimo, foi então que ele disse que eu poderia lhe dar um premio rs

Na hora saquei o que ele queria, mas me fiz de boba e perguntei o que ele queria. Ele disse pra eu deixar ele no comando para escolher, que era pra eu ficar bem quietinha que ele sabia o que ia fazer. Eu disse tudo bem.

Ele me sentou em um banco lá atras no ônibus e começou a me tocar.. Começou pelo meu peito, foi logo tirando meu top, sem tirar a blusinha branca (que era meio trasparente) e começou a passar a língua bem no bico, que já estava durinho. Enquanto chupava, sua mão acariciava minha bucetinha por dentro da leging, foi quando eu comecei a dar alguns gemidinhos. Ele se ajuelhou, tirou a minha leging com certa violencia, e começou a lamber minha bucetinha.

Eu fiquei louca de tesão, gemia muito. E quanto mais eu gemia, mais forte ele chupava, até que passou a enfiar o dedo nela. Enquanto enfiava na bucetinha, começou a enfiar a língua no meu cuzinho, que tesão!

Depois de um tempo ele ficou em pé, abaixou a calça, quando eu vi o tamanho daquele pau cheguei a me assustar! Era ENORME, o maior que eu já vi na minha frente!

Cai de boca, ele tentava enfiar todo na minha boca, mas eu engasgava. Depois de uma boa chupada, ele mandou eu ficar de 4, eu fiquei feito uma cadelinha pra ele, foi quando ele enfiou de uma só vez na minha bucetinha, quase enlouqueci com aquela pica enorme me arrombando daquele jeito. Ele segurava meu cabelo e metia cada vez mais forte, eu gemia alto, que delicia aquele pau!

Depois de um bom tempo ele tirou e começou a passar a cabecinha do pau no meu cuzinho. Fiquei desesperada, pois tinha dado o cuzinho uma vez, e o pau do cara era bem menor que o dele. Mas logo ele enfiou a cebecinha, e eu relaxei! Ele segurou firme na minha cintura e foi enfiando devagar até entrar tudo. Ai começou a tirar e colocar, eu sentia meu cuzinho sendo rasgado, gemi alto de dor e prazer ao mesmo tempo. E cada vez que eu gemia alto ele dava fortes tapas na minha bunda, me senti uma verdadeira putinha!

Depois de um bom tempo, ele deitou no chão e me puxou com força pra cima dele, encaixou aquela pica gostosa no meu rabo e mandou eu pular nele! Fiquei pulando, sentia meu cuzinho arrombado, enquanto ele apertava forte os meus peitos, nunca senti tanto tesão dando o meu rabinho! Eu sentava com força, quando ele disse que iria gozar. Continuei pulando naquela pica enorme até que senti meu cú todo molhado! Ele mandou eu levantar e me fez chupar aquele pau todo melado! Chupei e engoli a porra que tinha ficado ali! Logo em seguida ele me deitou no chão, veio por cima e começou a comer minha bucetinha com toda força, eu tava louca de tesão e preocupada pois já fazia muito tempo que estavamos ali, já era pra eu ter ido pra academia.

Ele metia com força e dava tapa na minha cara, mas quando ele começou a me chamar de ‘putinha, vadia’, não resisti, fiquei louca de tanto tesão! Ele me batia e falava no meu ouvido: ‘quero te comer todo dia sua professora vadia, vc vai ser a minha putinha’ . Nessa hora não aguentei e gozei muito naquele pau gostoso! Ele continuou metendo com força, mas logo em seguida gozou também, mas dessa vez ele tirou da minha bucetinha e gozou na minha coxa!

Colocamos a roupa e voltamos pra auto escola normalmente! Que homem gostoso, nunca me comeram tão bem assim!

Quando chegamos no cfc, meu marido estava preocupado, preguntou o que aconteceu. Eu acabei inventando uma história, dizendo que o aluno resolveu fazer 3 aulas seguidas, e ainda bem que ele acreditou! Nos outros dias achei melhor marcar com ele em outro lugar, já que eu dava aula naquela rua deserta quase todos os dias! Marcamos em motel! E to ficando cada dia mais arrombadinha com aquele pau maravilhoso !!!