Meu cachorro tirou minha virgindade


Click to Download this video!

Olá pessoal me chamo Fernanda e hoje vou contar pra vocês o que aconteceu comigo semana passada. Eu estava navegando na net e resolvi entrar em um site de contos eroticos e começei a ler uns contos, até ai tudo bem, foi ai que me deparei com um conto que uma garota perdia a virgindade para o cão que ela tinha em casa,fiquei curiosa e começei a ler este conto. fiquei morrendo de tesão como ela narrava no conto, nunca imaginava que uma uma garota podia transar com um cachorro. terminei de ler o conto e me arrumei para ir para a escola, mesmo na escola aquele conto que eu li não saia da minha mente. cheguei em casa e já fui olhando para meu cão com um olhar diferente, tenho um cão da raça labrador. cheguei perto do meu cão e ele encostou a cabeça na minha perna bem próximo de minha bucetinha. senti um certo arrepio e parecia que eu ia explodir e puxei sua cabeça para mais perto de minha bucetinha, me deu uma vontade louca de tirar a roupa, mas lembrei que minha mãe estava em casa e empurrei ele e fui para dentro de casa. fiquei a noite toda imaginando como seria transar com meu cão,pois no conto a garota dizia que era muito bom, e então resolvi que ia perder minha virgindade para nosso cão. No outro dia cedo meus pais foram trabalhar e resolvi que era a hora certa para transar com nosso cão, eu estava decidida e chamei ele para meu quarto e já fui tirando toda minha roupa ficando só se calcinha, e ele começou a cheirar minha calcinha e a lambe-la. aquilo me deu muito tesão e tirei minha calcinha e ele começou a lamber pois estava molhadíssima. comecei a gemer de tessão e se contorcer com suas lambidas maravilhosas. certo instante percebi uma ponta vermelha na sua barriga e vi que ele estava gostando quando botei ele do meu lado e comecei a punheta-lo e o pau dele começou a crescer assustadoramente na minha mão. era uma coisa descomunhal. não aguentei e comecei a chupa-lo freneticamente, nossa nunca tinha chupa um pinto antes na minha vida, mas confesso que estava muito bom, fiquei chupando por uns 10 minutos e começei a sentir uns jatos quente dentro da minha boca, ele gozava muito e aguentei firme e engoli tudo pois tinha um gosto muito bom. Ele saiu pro lado pra descansar mais eu queria mais. chamei ele e coloquei um meias em suas patas dianteiras e fiquei de quatro. ele não veio pois tava um pouco desanimado. peguei no pau dele e comecei a punheta-lo de novo até ele se animar outra vez, fiquei de quatro e ele montou em mim e começou o vai e vem até que conseguiu me penetrar de uma vez, dei um grito de dor, pois eu era virgem ainda. senti como a pica dele e grossa, grande e gostosa, a dor que eu sentia ja tinha transformado em dor. foi um vai e vem de uns 15 minutos sem parar e nesse tempo gozei duas vezes até que ele gozou na minha bucetinha ja toda ardida. senti uma dor muito grande quando o nó cresceu mais a satisfação era muito maiorii que a dor. ficamos colados durante uns dez minutos mas foi ótimo. quando o nó diminui ele conseguiu tirar seu pinto de dentro da minha bucetinha, e sua porra escorreu pelas minha pernas. me levantei com o corpo todo mole e fuitomar um banho, agora toda vez que fico sozinha em casa ja vou correndo chamar meu cão para meu quarto e chupo ele e faço gozar umas 2 vezes, e meus pais nem percebem nada… nossa transar com meu cão esta sendo uma experiência muito boa para mim. Xauu