Teste do Sofa Pro BBB 2


Click to Download this video!

Oi gente, passada toda bagunça e festas do reveillon, resolvi escrever um pouco mais pra vcs. Com a proximidade do BBB cada vez mais evidente, acho q esse tema e o q eu tenho pra escrever ganha cada vez mais importância.

Depois do meu primeiro contato com um dos diretores de elenco do BBB, q eu contei aqui no conto anterior, eu passei a fazer visitas frequentes aquele tarado, tanto em seu escritório, qt em motéis e ate seu sitio particular. Ele simplesmente ligava pro meu celular me “convidando” para algo, e eu não estava numa posição mt comoda de recusar tais convites.

Num desses convites, ele me chamou para ir visita-lo na casa de um amigo. Um apt no Leblon, me deu o endereço e disse q me esperava por la no horário combinado. Cheguei no tal apartamento e toquei a campainha, me abriram a porta e ao entrar na sala vi algo q me deu mta vergonha e ao mesmo tempo impotência por não poder fazer nada a respeito. O diretor ao lado de um amigo, outro diretor da emissora, q nem ao menos estava envolvido na produção do programa qual eu estava buscando um lugar, estavam assistindo sentados confortavelmente e BEBENDO UMA CERVEJA, uma das cenas gravadas por mim em um dos “testes”. Os 2 la se divertindo numa verdadeira farra e na tela uma cena minha usando uma coleirinha de chachorra andando de 4 sendo puxada pelo diretor, e os 2 assistndo tudo aos assovios e risadas. Tive sim mta vontade de ir embora, mas fazendo isso tudo pelo qual eu ja tinha passado teria sido em vao, engoli em seco e comprimentei os dois com um oizinho com sorriso amarelo no rosto. O meu diretor ja veio me receber todo “bonzinho” me dando beijinhos e me pedindo q sentasse com eles pra assitsir alguns dos meus testes. ” Vc fica realmente mt boa no video menina. Incrivel como é fotogenica”. eu so agradeci e me senti no meio dos 2. Fui apresentada ao outro diretor q ja dizia q tinha visto algumas filmagens minhas e tinha ficado mt curioso pra me conhecer. Porra é mta cara de pau ne, curioso pra me conhecer??? sei bem o q queria conhecer… mas enfim, voltando, fikei ainda alguns minutos vendo mais um pouco da cena onde eu ja estava sendo devidamente currada e puxada pela coleirinha e os 2 assistindo ainda elogiavam tudo. “Perfeito, perfeito! Que olhar, q carisma, QUE RABO! Menina vc sera uma estrela!” O meu diretor ja alisava as minhas coxas e foi finalizando o “cineminha” desligando a TV e me dizendo ” entao queridinha eu prometi ao W… q te apresentaria a ele, ele é um grande amigo meu e qualquer favor q vc faça a ele estara fazendo a mim mesmo”. Pronto ja sabia q ia rodar na mao de mais um… W… nem perdeu mt tempo e ja foi pegando na minha mao e botando em cima da sua calça, “olha como eu to aqui so de assitir as suas cenas menina, quero ver se é tao boa ao vivo qt na tela” Fikei vermelha e sem reaçao, me lembro ainda de ter olhado pro meu diretor como quem pedia ajuda no q fazer, nem deu tempo de nada e ja senti algo q nao era bem a caça de W em minhas maos… olhei pra ele e ja sentia aquele pau quente q minhas maozinhas mal conseguiam fechar em volta do mesmo, e gaguejei sem conseguir falar nada tentanto perguntar o q ele queria. “nao precisa falar nada queridinha, sua bokinha é boa em outras coisas…” ja botou a mao na minha cabeça e puxou em direçao ao seu pau.Me abaixei ali e comecei a chupar o seu pau ainda timidamente, com o pau na boca olhei pro meu diretor procurando alguma “ajuda” ou resposta ou qualquer orientaçao, a verdade é q eu nao tinha ideia do pq e pra q estava fazendo aquilo, apenas estava fazendo. Meu diretor nao falava nada, mas gesticulava me incentivando a continuar o meu bokete, o q eu fiz ja entrando no clima da brincadeira. Caprichei, como mts outros boketes q havia caprichado antes para conseguir estar ali. Ja ouvi falar q aspirantes a atriz de tv passam boa parte do tempo ajoelhada, mas eu estava inaugurando uma nova categoria, aspirantes a BBB tb nao fugiam de ficar de joelhos… Mamei mais um tempinho, alternando lambidas no pau e chupadas nas bolas, ate q ele me pediu pra parar e montar em cima. Eu estava de saia e so tirei a minha calcinha e ja fui subindo no seu colo e ajeitando o seu cacete na minha bucetinha. soltei o peso e fui descendo na rola, dando reboladinhas pra encaixar melhor. Ja montadinha na pica do W olhei pro lado e vi o meu diretor com a camera na mao, pra variar, filmando tudo, pronto o cineminha do dia seguinte ja estava montado. Alias montada estava eu, e comecei a subir e descer, kikando no pau de um diretor q eu acabara de conhecer e nem ao menos me ajudaria a conseguir algo na produçao do reality q eu dava duro, literalmente, pra conseguir um lugar. Mas a essa altura ja nao pensava mais nos pqs, apensas fazia o q me mandavam, estava afundada na lama e so queria chegar na parte glamurosa logo.W chupava os meus peitos, q ja haviam pulado pra fora da minha blusinha e enchia a mao pra soltar tapas na minha bunda q estalavam pela sala e arrancavam risinhos ironicos do meu diretor q tudo filmava e nao se conteve nos comentarios ” eu te falei q essa vagaba era uma delicia, bate nesse bundao mesmo pq essa piranha merece”. Fikei ali pulando e rebolando nakela pica um tempinho, sempre fui boa em rebolar numa pica, e essa era uma oportunidade boa pra mostrar todo o meu talento. nao demorou mt ate q ele começou a bufar nao se aguentando mais e gozou me segurando pela cintura cravando o pau todo na minha xotinha. Fiquei toda montada no seu pau, vendo ele desfalecer na minha frente, olhos fechados gemendo q nem um tarado, me segurando forte pela cintura, ate q me soltou e abriu o maior sorriso da vida dele.

Me levantei e ja ia colocando a calcinha quando senti um empurrao atras de mim, cai debruçada sobre o braço do sofa, ainda de pe com o meu diretor ja foi se ajeitando e pincelando o pau no meu cuzinho, e eu ainda tentando me equilibrar e me apioar no sofa. ” Na bunda denovo diretor?” ele so me disse “Vc sabe q eu sou tarado nesse seu rabão gostoso, sua vadia” e ja foi enfiando o pau no meu cuzinho ate as bolas.Começou a meter forte nitiademente pra se mostrar pro amigo me arrancando uns gritinhos de dor, “Essa aqui eu ja arranquei todas as pregas q sobravam, grita vagabunda grita” e nao tinha como nao gritar, ele bombava forte me empurrando contra o sofa, todo poderoso e dono da situaçao ele me pegava forte me segurando pelos ombros e dando trancos secos socando a vara toda na minha bunda. Ele ficou engatado atras de mim socando e socando a pica no meu cu, fazendo caretas e gestoes pro amigo, q o incentivava e fazia gestos de positivo na maior farra, enquanto eu ficava expremida nakele sofa, com carinha de choro, escutando o barulho das bolas batendo no meu rabo e vendo toda a festa q akeles 2 tarados faziam comigo. Mas pra minha sorte ele nao demorou mt e gozou logo, me segurando pela cintura, metendo forte no meu rabo e me deixando na pontinha dos pes de tanta pirocada q eu tava aguentando ali.

Saiu de tras de mim e ja sentou bebendo uma cerveja, enquanto eu ainda estava ali recuperando as forças pra me levantar. ele deu um risinho debochado e comentou com o amigo “deixei ate essa piranha sem folego”. Me levantei, me recompus e ja ia indo embora quando o meu diretor me chamou novamente segurando o pau ainda duro na mao ” vai embora assim sem dar um beijinho nele? vem ca vem”, fui ate ele me ajoelhei e dei um beijinho de despedida na cabecinha do seu pau.Ele ainda querendo se mostrar pro amigo me falou “amanha eu te ligo pra te foder de verdade, hj foi so um tira gosto pra vc nao ficar com saudades do meu pau”, eu so falei q sim e fui saindo da sala, ainda tonta da coça q levei, tentando parecer normal, fui andando toda aberta e escutando umas risadas ao fundo vindo dos dos safados q tinham acabado de me foder. Segui ainda algum tempo nesse esquema ate q pra minha sorte, tudo ocorreu como eu esperava e no final terminei no programa, foi a maior prova de resistencia q eu poderia passar rs e o resto é resto

um beijo grande a todos, feliz 2015

pra quem quiser conversar mais

[email protected]