Eu, Mãe e Filha


Click to Download this video!

alguns anos atras, estando com minha esposa internada, fiquei no hospital até as 21 hs, depois fui tomar uma cerveja e fiquei até tarde conversando com amigos, qdo foi por volta daa1 h da madrugada resolvi ir embora, peguei meu carro e sai indo pra casa, passando proximo de um pnto de onibus, vi uma sra e uma menina no ponto, diminui a velocidade passando bem devagar dei uma paquerada, qual não foi minha surpresa ao ver q ela deu uma colher de cha pra mim, desci do carro e fui bater um papo, ela disse q o onibus dela somente passaria depois das 4 hs, ai pensei comigo, vou convida-la a ir até em casa, depois levo elas na casa delas, foi o q fiz, ela ficou pensativa, mas vendo a menina q tinha 11 anos com sono resolveu aceitar, fomos batendo um papo, chegando no predio onde eu morava, entrei rapidamente para o porteiro não perceber , ofereci algo para elas comer, mas não quiseram, dei um beijo nela e acariciei seus seios belos e grandes, ela pediu se podia tomar um banha, most rei a ela o banheiro e arrumei uma toalha, a menina estava cochilando, sentada no sofa, ela foi ao banho e resolvi acordar a menina para ir ao quarto, fui mostrar o quarto pra ela, ja com segundas intenções, pois tinha percebido uns seios ja crescidinhos e belas coxas,pedi pra ela deitar e fui cobri-la, mas não sem antes dar um beijo de leve nos labios dela, q retribuiu, ai aproveitei e acariciei de leve os seios, ela não disse nada, mas a mãe ja estava saindo do banho e veio enrolada na toalha, começamos a nos acariciarmos, tirei a toalha , comecei a acariciar seus belos seios, e ela meu pau por cima da calça, q ja estava bem duro por causa da filha, levei ela pra cama , deitamos ao lado da filha dela, ela doidinha tirou minha calça, minha cueca e começou a mamar meu pau como uma desvairada, começamos a fazer um delicioso 69, aquela buceta deliciosa pedindo meus labios e ela mamando meu pau, enquanto isso acariciava as coxas da filha dela, q dormia ou fingia dormir, ela l oucamente pedia para fode-la de quatro, foi o q fiz,meu pau entrando de vez em sua buceta, com força e num vai e vem frenético, fui fodendo aquela puta deliciosa, falando pra ela q iria fode a filha ela ficou mais louca, dizia filha da puta depois quero ver vc fode-la, estou gozando pensando nela sentindo seu cacete, mete em mim seu filha da puta, gritava ela e gozou deliciosamente, eu segurei bastante, para ter a primeira gozada na filha, sai de cima dela e fui ao lado da filha, onde comecei acariciar seus seios, descendo com meus labios em sua barriguinha, tira a roupa dela ela quietinha sem dizer nada de olhos fec hados , ela não usava sutiã deixei ela só de calcinha e fui acariciando sua xaninha, não aguentei e tirei a calcinha, comecei a chupar a xana dela, qual não foi minha surpresa ao ver o tamanha o grelo dela, naquela bucetinha lizinha fui colocando minha lingua, mamando ogrelo ela abriu os olhos e senti q estava gostando, continuei a mãe falou filha ele vai fode v c pode, ela olhou e não disse nada apenas sorriu, fiquei de joelhos na frente dela e passei a cabeça de meu pau em sus labios, ela começou a chupar meio sem jeito. mas gostoso e a mãe ensinando, chupando tbem,depois abri as pernas dela e comecei a passar de leve os dedos ela mamando gostoso meu pau e a mãe se masturbando como louca, depois , fui brincar com a cabecinha do cacete em sua xana, ela começou a geme gostoso dizendo q queria q eu fizesse o q tinha feito com a mãe dela, a mãe pediu fode ela fode, fui colocando meu pau bem devagar, acabeça começou a entrar ela gemeu de dor, dei uma parada, pedi calma a ela, fui penetrando com carinho senti qdo quebrei o himem, mais uma acabaço tinha ido, ela gemeu de dor, sangrou um pouco, mas comecei num entra e sai devagar, depois fui acelerando e ela começo a gemer de prazer, senti seu primeiro gozo bem gostoso e a mãe mamando os seios dela e se masturbando, pedindo pra enfiar com mais força eu atendi ela gemia edizia q esta va gostoso demais, fodemos até amanhecer, deixei o cuz\inho delas para outra oportunidade, mas infelizmente nunca mais encontrei elas, deixei as duas proximo da casa delas, pois a mãe era casada, fui embora sem pedir numero de telefone nada. isso fazem mais de 30 anos. voltarei a contar outros , um dia qualquer;