Eu e Meu Irmão Mais Novo


Click to this video!

Olá, eu me chamo Jelson (21 anos) e vou relatar pra vocês um episódio que aconteceu entre eu e meu irmão Messias (19 anos). Há algumas semanas, eu e meu irmão Messias combinamos de tomarmos umas cervejas, só nós dois para fazermos um momento fraternal entre dois irmãos.
Assim fizemos e tava até bom. Rolava um papo agradável, descontraído e bastante amigável entre nós. Só que na minha cabeça eu conservava um desejo incontrolável de cometer um ato de incesto com ele, meu irmão é muito bonito, sempre tive o maior tesão por ele e quando éramos mais novos eu sempre passava a mão no pau dele nas brincadeiras. Certa vez cheguei a chupá-lo quando ele dormia. A minha maior vontade era de chupar aquela rolona bem dura. Disfarçadamente eu sempre observava o tamanho do volume que ele portava à sua frente dentro daquela cueca, que eu já havia cheirado algumas vezes (sem ele saber), quando ele tirava para tomar banho e deixava no banheiro. Começamos a beber e ver uns filmes eróticos em casa mesmo. Nós bebemos muito e Messias ficou um pouco mais bêbado do que eu, a nossa mãe havia saído para a casa de uma tia, estávamos sós. Conversávamos sobre muitas coisas, e, vez por outra ele ia ao banheiro e eu com tom de brincadeira, perguntava se ele queria ajuda para “balançar”. Ele ria e levava tudo na maior brincadeira. Mas acabou ficando excitado. Estávamos bem à vontade, apenas de bermudas, aproveitei a embriaguez dele aos poucos fui passando a mão; para minha surpresa ele deixou. Ai eu apalpei, e fui acariciando seu pau. Em dado momento ele mesmo abaixou a bermuda até os joelhos, ficando apenas de cueca. Seu pau estava duríssimo, usava uma cueca branca. Aos poucos tirei seu pau da cueca arregacei e não perdi tempo, coloquei-o na boca. Ele me olhava e gemia baixinho. Nossa que delícia! Continuei chupando e ele foi ficando cada vez mais duro. Eu engolia o máximo possível. Chupei muito aquela ROLA linda, beijei o saco engolindo aquelas bolas deliciosas. Ele estava até tremendo de tesão e, comentou que estava um pouco assustado mas que estava gostando, mandava-me engolir mais e chupar o saco. Não demorou muito e ele encheu minha boca de porra quente e gostosa tão sonhada por mim. Limpei todo o seu pau, não perdi uma gota. Ficamos sentados no sofá, sem dizer nada um para o outro por algum tempo, continuamos a beber e vendo o filme. Após certo tempo o PAU dele ficou duro novamente e para minha surpresa ele me mandou ficar de quatro, pois desejava me penetrar. Queria comer meu cu como se eu fosse uma mulherzinha (disse ele). Só dele falar assim eu já fiquei louco de tesão. Abaixei e ele já foi enfiando todo no meu cu. Foi uma dor horrível, parecia que estava rasgando meu cu, mas aos poucos foi passando me deixando mais doido ainda de tesão sentindo aquele caralhão me rasgando todo. As bombadas dele eram fortes e ele falava algumas pornografias legais que só aumentava mais a minha vontade, me chamava de “putinha, mulherzinha e veadinho safado” Ele gozou novamente enchendo o meu cú com sua porra. Ficou sobre mim até seu Pau ficar completamente mole, retirou de dentro e ainda pingava algumas gotas do seu leite. Nossa! Como foi bom dar para meu irmão. Que pau gostoso! Tenho certeza que futuramente vou conseguir convencê-lo de novo a me comer. Poucos minutos depois a nossa mãe chegou, já estávamos comportados e vendo dessa vez um filme não erótico. Até a pró[email protected]