Comi ela no primeiro encontro


Click to Download this video!

Meu nome é Claudio fato se deu no dia 31/10/2008 uma sexta feira, eu (Claudemir) estava de plantão numa Clínica de Recuperação de Dependentes Químicos, eram 1:00 horas da madrugada eu estava sem sono (la podia dormir a noite) resolvi entrar numa sala de bate papo, quando apareceu uma mulher com pseudônimo de MILECE, começamos a conversar trocar informações um para o outro, ela descreveu seu perfil (era mulata, cabelos lisos, nem gorda e nem magra) só isso me encheu de tesão, adoro mulheres afrodescendentes, também descrevi meu perfil, que era claro, olhos azuis, cabelos castanhos escuros, mas que estavam ficando grisalhos, ela amou meu perfil, e disse era casado mas que meu casamento já estava por um fio de acabar, contei esse fato a ela, E ela era solteira, livre e desimpedida para qualquer relacionamento, em seguida nos falamos por telefone, era uma voz sensual e parecia de uma mulher muito segura de si, marcamos um encontro na sexta-feira próxima, que seria dia 07/11/2008.
Eu tinha um carro, mas, ficava sempre em poder na minha mulher (hoje ex-mulher), então ela veio ao meu encontro com seu carro, quando vi aquela mulher, morena, cabelos negro e lisos, coxas grossas, meu coração disparou.
Fomos ao Motel, ela super tímida. Comecei a beijá-la e despi-la, e aquele corpão lindo sob meu controle era divina aquela situação, seios médios, coxas grossas e roliças, uma bunda linda e arrebitada, não conseguia me conter, tirei sua calcinha vermelha, cravada na sua bunda, sempre com nossos lábios colados um ao outro, eu meu pau latejando de tanta tesão. Beijei o corpo dela todinho até os pés, pedi que virasse de de bruços, comecei beijando sua nuca, costas, nadegas, coxas, ela delirava de tesão, só pedi que ela empinasse a bunda, pra penetra-la de quatro e ela obedeceu, fui penetrando devagar, depois comecei a estoca-la com certa violência mas com carinho e ela gemia de tanto prazer, pedia mais e mais, até que ela gozou e deitou-se de bruços, vendo aquela bunda maravilhosa, virada para cima, não vacilei, comcei acaricia-la como o meu cacete duro, ela foi ajeitando para ser penetrada no cusinho, lubrifiquei o pau com um creme que tinha na cabeceira da cama, e penetrei bem lentamente, ela me pediu, toque na minha buceta e eu atendi e comecei a masturba-la, ela respirava fundo e ofegante, eu fiquei apenas penetrado, não fazia nenhum movimento, quando de repente ela começou, rebolar aquela bunda deliciosa, então eu dava estocadinhas dentro do rabinho dela, e ela gozou novamente, quando senti o pulsar do seu anus, jorrei toda porra dentro do rabinho dela.
Ficamos totalmente desfalecidos, depois de meia hora, acordamos e começamos a nos beijar de novo, ela me agradeceu e eu também a agradeci, por ter sido tão maravilhoso, hoje estamos casados, mas o nosso tesão um pelo outro, continua igual como se fosse primeira vez, somos parecidos em nossos pensamentos e atitudes. Amo essa mulher maravilhosa.
Essa é minha história, espero que tenham gostado, pois esse fato é real.
Abraços