Pintado Rasgou Meu Cabacinho

Click to this video!

oi meu nome e marta tenho 45 anos sou morena clara 1.65 de altura olhos pretos bumbum normal seios tenho muitas esperiencias trepar com cachorros hoje vou contar como foi minha primeira vez. bem tudo começou quando eu tinha 15 pra 16 anos no sitio onde eu e minha mae morava ela era separada e tomava conta do sitio os patroes so vinham de vez e quando ficar um fim de semana e trazer o pagamento do mes pra ela eu bem ajudava ela a cuidar de tudo de manham ia pra escola e depois ajudava tudo ia muito bem ate minha mae arrumar um namorado ai no fins de semana ela trazia ele pra dormir em casa melhor ela nao dormia e nem me deixava dormir a nossa casa era pequena cozinha sala e quarto eu minha mae dividia o quarto mas com o namorado dormindo la ela colocou uma cortina dividindo minha cama com a dela e eles esperava eu dormir pra fazer a safadeza deles e foi numa dessas que eu acordei de madrugada com minha mae chorando baixinho e eu ouvi ele o namorado de minha mae falar nao chora eu so cloquei a cabecinha da rola e aquilo me deixou curiosa como no tinhamos o costume de dormir com abajur lidado e o quarto era pequeno entao ficava muito claro e eu so escutando o choro baixinho dela e ele pedindo pra ela deixar ele empurar tudo eu me virei na cama e por um buraquinho que tinha na cortina pude ver eles sem cobertor ele por tras dela e juntinho ela nao aguentando mais se levantou ele tambem se levantou ai eu pude ver e entender porque do choro dela o namorado tinha um pinto grande e cabeçudo me assustei minha mae falou olha se voce quizer continuar comigo eu deixo voce comer minha buceta mas no meu cu nao vou deixar eles começaram a descutir baixinho e no outro dia quando eu acordei nao vi mais o namorado de minha mae eu finjindo nao saber perguntei pra ela cade o namorado mamae ela falou terminamos eu quiz saber ja sabendo o que tinha acontecido ela so disse quando voce tiver um namorado voce vai saber eu fiquei com aquilo na cabeça sera que meu namorado tambem vai ter uma rola grande e vai querer colocar no meu cuzinho me arrepiei toda. pensei nunca vou arrumar namorado nem de pau grande e nem deixar ele colocar atras afinal minha mae que era forte e corajosa nao quis eu nem pensar um mes depois o patrao chegou vei trazer o pagamento e dessa vez trouxe tambem um cachorro pra nois cuidar um dalmata grande lindo ele falou que era mancinho era da filha dele mas como ela casou e o marido nao quis ele trouxe pro sitio e minha mae ficou encantada com o cachorrao ele realmente e muito lindo e docil minha mae me chamou pra ajudar ela a dar banho no pintado esse era o nome dele e foi uma festa mas agua daqui agua de la derrepente minha mae abaixou no chao pra pegar o shampool e pintado trepou nas costas dela ela riu e tirou ele de cima eu tambem ri ela falou mas que safado esta achando que eu sou uma cadela e quer me comer na noite eu e minha mae como estava chovendo e pintado e muito manso resolvemos colocar ele pra dentro de casa arrumemos um lugarzinho na sala pra ele e se deitou e começou a se lamber lambe daqui da li ate que derrepente ele começou a lamber seu pau nossa lambendo saiu uma pontinha fina e roliça e molenga de dentro da capa minha mae me olhou e começou a dar risadas eu ri tambem de madrugada acordei com um barrulho que vinha do banheiro que era la fora um chorinho baixo com gemidos eu pensei sera que o namorado da minha mae tinha voltado e ela tinha deixado ele por no cuzinho dela levantei devararinho e sem fazer barulho fiu ate o banheiro estava tudo escuro so a luz do banheiro ascesa olhei no buraco da fechadura me espantei o que vi nao acreditei olhei de novo pra ter a certeza que era aquilo mesmo que tinha visto minha mae e pintado um de bunda pro outro grudados e minha mae chorava baixinho e gemia tambem baixinho com aquela rola afundada ate a capa fiquei ali olhando e adimirada com aquilo derrepente ela da um gritinho e nossa eu vejo aquele cachorro tirar de dentro dela um mastro enorme com uma bola sem tamanho e so porra que esguinchou de dentro do cu dela eu corri pra cama deitei pra ela nao perceber mas fiquei louca o ex namorado dela com um pintao ela nao deixou agora o pintado que tinha quase o dobro de pau ela guardou tudo chorou um pouco mas gemeu no pau sem brigar sera que o cachorro e mais gostoso uma semana depois minha mae e eu estavamos deitadas na cama conversando ela perguntou querida voce nao tem vontade de ter um namorado eu falei nao e no meio da conversa eu perguntei pra ela porque ela nao deixou o namorado comer o cu dela ela se assustou eu falei eu vi tudo aquele dia e pior mae eu sei que voce deixa o pintado comer seu cu ela ficou vermelha e sem palavras gaguejou eu falei relaxa nao vou contar pra ninguem ela ja calma folou ele era muito estupido e o pintado nao ele e assim animal ja sei que e o natural dele e bombar e ferrar se do e o meu ex ficava naquela putaria de colocar um poquinho e tirar eu deixaria se ele enfiasse tudo sem do de uma vez por toda como e ser comida por pintado eu quis saber ela delicioso ele e sem frescura e eu sei que o negocio dele e afundar tudo sem chorro falei sera que ele faria comigo minha mae surpresa nossaaaa querida voce tem que arrumar um garoto nao um cachorro eu quero algo sem frescura tambem ne mae falei pra ela que riu muito e toda as noites eu acordava e minha mae nao estava na cama eu nem ligava mais e no outro dia la estava ela dando milhos pra galinhas que tinha no sitio toda feliz cantando eu dizia bom dia pra ela e ia pra escola a noite estavamos vendo a novela e eu falei mae posso falar uma coisa ela disse pode eu porque ao em vez de voce e o pintado ir meter no banheiro voce nao tras ele pra cama ela falou nossa voce nao vai se importar eu nao ne mae o seu namorado te comia direto na cama eu do lado voces nunca se importou ela falou mas e diferente eu respondi nada ver ela falou tudo bem mas nao comente com ninguem ok eu toda feliz logico que nao ne com uma condiçao ela folou qual eu falei se voce deixar eu ver tudo ela falou ok mas so ver ele e muito pra voce ok ate eu que sou forte ele quase rasga tudo imagna voce fraquinha desse jeito eu queria tambem ela falou eu vou arrumar um pra voce mais pequeno beleza eu mexi com a cabeça toda concordando e feliz e na hora de dormir ela toda feliz e eu tambem por ela chamou o pintado pra ir pra cama com ela e deitei na minha so na espectativa de ver tudo de luz acesa e sem cortina na frente o espetaculo sera o maximo minha mae nua começou a alisar a capa dele e ja saiu uma pontinha pra fora mexe daqui da li ela fica de quatro e pronto pintado trepa monta nela e começa a bombar e ja na primeira agazalha o tronco pra dentro da buceta dela ela rebola e geme ela fala pra mim vem ver de perto o melhor vai vim agora eu corro pertinho dela oque e oque e mae fala ela diz calma deixa ele descansar um pouquinho ja ja ele finaliza pintado ja acostumado com ela fica parado so saboreando e bucetinha dela derrepente ele se mexe um pouco e da umas bombadas e ela da um gritinho e ele soca as bolas dentro dela so do ela olha pra mim e diz pronto esta tudo dentro passa a mao pra voce ver realmente pude sentir e ver as bolas escondidas dentro dela querida sai de lado pra nao atrapalhar ele trabalhar ok eu sai fiquei do lado da cama e pintado desceu e ficou grudado nela bunda com bunda uma hora depois se desgrudaram nossa como e grande essa rola mae ela entao eu sei por isso vou pedir po pratrao trazer um mais pequeno pra voce ok um mes depois minha mae ja avia gozado muito com pintado ja estava dormindo mas eu nao conseguia dormir o tesao na quela noite estava sem controle fui ate a cama de minha mae sem fazer barrulho chamei pintado pra minha cama ele veio todo feliz parecendo ja adivinhar que o dia tinha chegado e ia finalmente arrebentar minha bucetinha eu nem ligando mais com o medo da rola de pintado mas com um tesao louco e nem me esquentei com preliminares sedentar de tesao e louca pra acabar aquela coseira que estava na minha bucetinha rosada e ja babando como eu so dormia de calcinha arranquei logo ela com medo de minha mae acordar e atrapalhar tudo joguei de lado minha calcinha de renda e cor de rosa e tratei logo de me ajeitar na cama e me posicionar de quatro e esperar ele montar em mim ele por sua vez nao se fez de inocente nem quiz me lamber era como se ele tambem estivesse com medo da cadelinha dele acordar e atrapalhar tudo sua diversao montou em mim e foi logo tentando me furar mas nao conseguia dai eu fiz ele descer e coloquei varias amofadas fiz um tipo de montanha e deitei em cima delas tipo que fica se na sua altura e la vem ele tentar de novo pincela daqui da li e so me lambusado munha bunda e rego eu sentia o liquido quentinho escorrer na minha valetinha mas nada de me furar sentia aquela agulha doida pra me costurar mas nada de afundar e eu me ageitei na cama e com uma das maos peguei na quela agulha roliça e posiconei na entrada da minha gruta e ele que nao era bobo afundou se piedade eu gemi mas me controlei pra nao acordar mamae o jato da quela rola me inundou so do e eu com dor mas nao podendo gritar me controlando comecei a gozar tambem que delicia ele por sua vez relaxou nas minhas costas o safado eu com aquele peso em cima de mim nao tive outra escolha se nao tampar a boca e deixar ele brincar em mim e me encher dre porra mas eu me esqueci que eu via minha mae dizer e fazer ele dormia um pouquinho e depois o grande final mas antes que eu me preparasse ele deu uma mexidinha aaaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiii aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii aaaaaaaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiii aaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiii dei um enorme berro de dor e pavor ao sentir que ele entroduziu de uma vez as bolas na minha buceta virgem me rasgando toda minha mae deu um pulo da cama e acendeu a luz e ficou assustada menina voce e doida eu falei pra voce eu chorando e gritando de dor tira ele de mim tira tira tira ele veio colocou minha cabeça no colo dela e disse querida agora o unico jeito a fazer e voce relaxar e deixar ele trabalhar dentro de voce as bolas so sai quando mucha eu debruceu no colo dela e deixei a bunda arrebitada e nao tinha mais oque fazer deixei ele me abusar de tudo entao e gosar tambem e deixar ele me abrir tudo sentia que a cabeça do pinto dele tinha furado meu utero e derepente ele se virou e ficamos bunda com bunda e jorro de porra me enchendo misturando as deles com as minha relaxei e gosando como louca e minha mae fazendo carinho em minha cabeça estava tao delicioso nao doia mais eu so sentia o mastro me abrindo e aquela cabeça pulsando dentro do meu utero me fazendo cocegas e me inundado de porra e fazendo eu gosar peguei no sono com ele engatado so acordei uma hora depois quando ele se mecheu e desgrudou de mim senti uma dorzinha mas acalmou com a cachoeira de porra que saiu de dentro e minha mae nem deu tempo pra ele se recompor chamou ele pra montar nela tambem no chao de quatro eu meia sonolenta so vi quando minha mae deu um gritinho que ele tinha guardado as bolas nela tambem no dia seguinte acordei toda dolorida olhei minha buceta toda aberta no espelho sai e vi minha mae dando milhos as galinha toda feliz e agora nosso homem da casa estava ali na cama dormindo eu ri e falei pra ele e safado esta cançado ne trabalhou a noite toda me fodeu e fodeu minha mae e agora vai dormir descansa bastante porque a noite vai trabalhar dobrado agora eu e minha mae começamos a dividir o pintado toda as noites ele trabalhava em mim e depois nela ate que um dia o patrao de minha mae trouxe outro cachorro e dessa vez um pastor alemao nem preciso falar ne agora cada uma tinha seu homem ops seu cachorro mais isso eu vou contar na proximas vez ok . bjuuus a todo e da proxima contarei como o pastor alemao estreou em mim e minha mae.