Queria me oferecer para o amigo?


Click to Download this video!

Meu nome é Simone, tinha 17 anos e meu namorado 19 anos. Transávamos seguidamente quando estávamos a sós. Tomava comprimidos regularmente, por isso transava sem camisinha. Era bem tradicional, só papai e mamãe, dava umas chupadinhas e já parava, tinha um pouco de nojo. Meu namorado as vezes sugeria comer meu cuzinho, desconversava até ele esquecer. Passado alguns meses de namoro ele começou uma conversa de mais um homem participar das nossas transas. De tanto ele falar, só de curiosidade perguntei quem seria este outro homem? Ele fingiu pensar e disse que quando soubesse me diria. No outro dia me disse que podia ser o Marcos, seu melhor amigo. Terminantemente disse que o Marcos não, pois era muito conhecido e eu teria vergonha. Ele insistiu dizendo que Marcos era de confiança e não contaria a ninguém. Tornei a dizer não, e perguntei porque ele escolheu o Marcos? Ai ele veio com uma baboseira de dizer que o Marcos deixou ele transar com sua namorada e tinha perdido a virgindade com a namorada do Marcos, e que eu ficaria devendo uma transa também. Passou mais uns meses e ele perguntou quando eu daria uma chance para o Marcos, e cada vez que estávamos juntos, Marcos me olhava como se soubesse todas as minhas conversas com meu namorado, me deixando sem graça com ele. Depois deste dia comecei a olhar para o Marcos pensando em satisfazer esta promessa dos dois. Perguntei ao meu namorado se seria somente uma vez e acabaria este assunto, ele me confirmou que era só para pagar a dívida pro Marcos. Os pais do Marcos tinham um sítio próximo da cidade e poderia ser lá, mas avisei que só iria resolver quando chegasse lá, e não era pra confirmar com Marcos. Fomos no domingo e Marcos estava muito sorridente, com a certeza de me comer, tive que rir meio sem graça. Meu namorado pediu para eu ficar de biquíni pra entrar no clima, Marcos só faltava voar em mim, fomos para o açude nos refrescar, eles só de short, entro no açude com meu namorado e Marcos fica fora d’agua, meu namorado quer me comer ali mesmo, tenta tirar minha roupa e não deixo, chamei Marcos a se juntar conosco para meu namorado ficar com vergonha e não tirar minha roupa. Marcos vem em nossa direção de pau duro dentro do short, nos dois percebemos e meu namorado disse que Marcos iria me comer dentro d’agua mesmo. Disse pro namorado que não tinha decidido nada ainda, ele riu e disse agora é tarde, viu o pau dele, ta duro. Enquanto meu namorado me beijava, Marcos chegava por trás e alisava minhas costas, enquanto tirava as mão do Marcos das minhas costas, meu namorado soltou o laço da parte de cima do biquíni, que afundou na água escura. Marcos cola na minha bunda e pega um peito com cada mão e massageia. Com meu namorado me beijando não pude reclamar, um pau duro roçando minha bunda e os dedos do namorado dentro da minha buceta, comecei a gostar e relaxar, agora foi Marcos que baixou a parte de baixo, me deixando peladinha com água na altura do umbigo, o pau do Marcos entra no meio das minhas coxas e o namorado sovando minha buceta. Perco totalmente o controle, quero um pau dentro de mim, meu namorado me penetra e Marcos diz sussurrando no meu ouvido que quer comer meu rabinho gostoso. Digo que o cuzinho não dou. Saimos da água e deitamos no gramadinho, eles ficam revezando chupando minha buceta e meus peitinhos, alucinada de prazer com duas línguas em mim, gozo e Marcos me invade a vagina, e faz eu gozar novamente e depois também goza, afasta-se e deixa meu namorado trabalhar meu corpo, me beija e passa a sugar meus peitos e depois vai para minha buceta cheia de porra do Marcos, quando percebo que ele ta tomando o leite do amigo, forço a cabeça dele para sair, ele tira minhas mão e segue chupando todo o esperma de dentro, pra ele não ficar envergonhado do amigo não falo nada. Marcos olhando para nós e rindo e incentivando meu namorado a chupar mais. Marcos diz que agora só falta comer o meu rabinho pra finalizar o dia com chave de ouro, repito que não. Voltamos para dentro de casa para tomar banho, primeiro vou eu, depois quando volto vestida não encontro nem um nem outro e ouço barulho de água no chuveiro, queria falar com meu namorado sem o Marcos por perto. Fui na direção do banheiro e escuto meu namorado dizendo para o Marcos que eu era putinha e logo, logo daria meu cuzinho para os dois. Fiquei decepcionada com meu namorado que eu amava muito, e Marcos manda ele continuar chupando que já que não tinha comido meu cu, iria comer o dele mesmo, e meu namorado ainda pede pra Marcos chama-lo pelo meu nome enquanto comia ele, meu namorado chamava ele de gostoso e mandava Marcos gozar dentro dele. Foi ai que caiu a ficha, quando meu namorado chupou minha buceta cheia de esperma do amigo. Voltei para a sala para esperar meu namorado para avisar que nunca mais faria isto de novo, estava até com nojo do namorado, fingi ficar brava com ele para não mais transar com ele aquele dia, e o cara de pau disse que tivesse pena do Marcos, que sonhava em comer meu cuzinho, e quando ele disse que Marcos gostava de comer um cuzinho, não tive mais dúvidas, Marcos que tirou a virgindade do cu do meu namorado. Fui para a cama mais cedo, dizendo estar cansada, apaguei a luz, eles ficaram vendo TV. Escutava só as risadas deles, provavelmente era de ter me feito de boba, não conseguia dormir, pensando como pude não ter percebido nada sobre meu namorado. A sala silenciou, desconfiada fui dar uma espiada pra descobrir mais alguma coisa, Marcos de pé e meu namorado chupando com volúpia o pau do amigo, tomou o leitinho e veio deitar do meu lado. Estava virada para o outro lado e continuei virada, meu namorado só elogiava o Marcos, dizendo que era o melhor amigo dele. Depois deste dia briguei com meu namorado e não falei mais com Marcos.