Minha Mulher aflorou uma Puta e acabei virando corno II


Click to Download this video!

Ola pessoal, pois é a gente pensa que conhece as pessoas que no rodeiam, eu por exemplo pensei que conhecia minha mulher, e olha que já somos casados a muito tempo, mais depois que rolou a brincadeira com o Flavio filho de um amigo meu, o rapaz só tem 17 anos, mais e uma cabeça bem feita, devido certo problemas de envolvimento tivemos que nos separar, só que ele nos procurou e disse que não iria mais se envolver emocionalmente só mesmo sexo, e acabou fodendo com ela de novo, o rapaz e bom de rola, mete muito, mas novamente outro problema aconteceu, mais este controlável que vou relatar para vocês.
Meu amigo Mauricio pai do Flavio acabou descobrindo tudo, deu um aperto no filho e ele acabou confessando tudo, que metia na minha mulher, mais que eu sabia e participava de tudo, um dia nos dois tomando umas cervejinhas conversa vai conversa vem, ele acabou tocando no assunto, e me perguntou se o filho dele o Flavio estava frequentando minha casa, eu não tinha como negar acabei falando que sim, então e verdade que você sabe, sim e verdade, e respondi mais olha eu adoro ver os dois foderem, seu filho, nossa e bom de rola mete muito, ela adora, ele então completou é puxou o pai, e rimos, e ele acabou falando sera que ela não quer experimentar o pai também, eu sei que com esta conversa acabamos ficando exitado, e ele acabou me mostrando a rola dura, dizendo olha só como eu fiquei só em pensar, naquela bunda, eu perguntei você gosta, ele respondeu adoro, então eu falei a ele olha tem que ser discreto, sigiloso, nem seu filho deve saber se acaso acontecer, e assim ficou acertado.
Em casa a noite fodendo com ela eu disse a ela que o Mauricio o pai do Flavio estava sabendo de tudo, sabia que o Flavio estava fodendo com ela, ela então perguntou e ai o que ele falou, eu respondi nada mais nada menos que também quer foder e comer esta bunda, ela riu, e disse nossa vou meter com o pai e o filho, eu aproveitei e disse olha pelo que eu vi o Mauricio tem a rola maior e mais grossa que o Flavio, ela respondeu nossa a do Flavio já dói, eu então disse tudo bem então eu falo que não da, eu com a rola dentro dela metendo , ela me disse não eu quero, e gozamos gostoso pensando no Mauricio.
Passaram uns dias o Mauricio encontrou ela na rua e conversando com ela acabou cantando ela, ela me disse que ela ficou toda molhadinha, ele queria sai com ela convidou ela para ir a um motel, e mostrou o volume duro, quasse que ela aceitou mais não dava, acabou marcando com ele em casa a noite, quando eu cheguei ela me contou tudo e se preparou para recebe-lo, ele chegou as 19 horas, conversamos um pouco, ele meio ressabiado, eu para descontraí-lo disse a ele olha fica a vontade a mulher e toda sua, faça o que quiser e ela deixar, e sai fora, fiquei de longe só observado, eles ficaram se amassando, se beijando, ela começou chupando a rola dele, nossa que rola, 22 cm e bem grossa, escutei quando ela disse nossa que rola grossa, e disse filho de peixe peixinho é em, ele começou chupando a boceta dela, e acabou penetrando nela, nossa por trás só dava para ver o saco de fora, ele bombava forte, ela gritava de prazer e dizia isso caralho mete mesmo, mete , e se abria todinha para receber aquela rola dentro, nisso gozaram, eu acabei gozando duas vezes, só escutando os gritos dela e vendo a rola entrar e sair daquela boceta, acabaram gozando os dois, como e conhecido casado, ele meteu sem camisinha e eu acabei chupando a boceta dela toda cheia de porra, que delicia, levantaram foram tomar uma ducha estava muito calor, ela parecia que já tinha a maior intimidade com ele, ficamos os três pelados bebendo umas cervejinhas, ate que ele queria comer a bunda dela, na sala mesmo começamos a chupar a rola dele que logo ficou dura que nem pedra, minha mulher acabou falando vem Mauricio vem para a cama, meter esta rola na minha bunda, que este corno quer ver você me rasgando todinha, eu tenho o pinto pequeno, 14 cm, ela para me humilhar disse a ele olha só este pintinho da para rasgar alguém, fiquei muito puto, mais ao mesmo tempo exitado, ele riu e foram para o quarto, nossa ela gritou, ate chorou a rola dele e muito grossa e cabeçuda, um pouco diferente da do Flavio que não tem tanta cabeça, ele não quis nem saber empurrou todinha lá dentro, e ficou brincando tirava e colocava, ele tirava todinha para fora e empurrava todinha de novo ate o saco, nossa toda vez que ele empurrava a passagem da cabeça ela gritava, ele dizia não é isso que você queria sua puta, rola grossa agora aguenta vou arrombar este cu todinho, eu estava ali do lado, ele me chamou vem aqui seu corno ver sua mulher chorando com uma rola de macho no cu e tirava e colocava nossa que delicia que visão, ate que anunciou que iria gozar eu me enfiei no meio dele ele entendeu o que eu queria, tirou a rola de dentro e enfiou na minha boca gozando na minha boca, não quis nem saber que a rola esta no cu, o que eu queria era receber aquela gozada na boca e cabei gozando e recebendo porra na boca, quasse me engasguei com tanta porra, ele empurrou quasse ate a garganta, e gozamos os três, que delicia, hoje na semana metemos com o Flavio e com seu pai o Mauricio, uma delicia, e as vezes no final de semana pinta alguma coisa para a gente brincar, hoje metemos muito, estamos descontando o que deixamos de foder a tempos atrás, ela aflorou mesmo a puta que estava escondida dentro dela, e eu o corno retraído que se escondia dentro de mim, o interessante que no começo do nosso casamento eu era muito ciumento a gente disco tia muito pelo fato dela gostar de usar roupas curta se mostrando eu ficava louco de ciumes hoje nossa adoro quando ela usa roupas curtas mostrando as pernas e salientando bem a bunda, coisa de louco mesmo.