Meu colega de Trabalho Insaciável

Click to this video!

O que vou compartilhar com vocês e uma historia longa mais a pura realidade, eu trabalho no setor de segurança de uma empresa em turno de 12 por 36, a noite, já trabalho uns 6 anos, no meio do ano de 2015 foi substituído o meu parceiro e veio trabalhar comigo o Francisco, um negro, boa pinta sarado, mais novo que eu, gente boa, eu sou casado, ele é noivo, a primeira semana foi mais de conhecimento, se demos muito bem, e começou a intimidade, amizade, bem eu já tive alguns contatos com outros homens gosto de uma brincadeira, adoro dar a bundinha, mais isso com muito sigilo e discrição, bem porque sou casado, na empresa não gosto muito de me abrir, sabe como é se descobrirem alguma coisa o mundo vai saber, então me mantinha muito discreto, mais o ambiente era muito convidativo pois trabalhávamos só nos dois ali sozinho com cama, banheiro, a gente revesava para dar um cochilo, pois não poderíamos descuidar das câmaras espalhadas pela empresa, depois de uma certa intimidade o Francisco em um dia foi tomar um banho e vem pelado, nossa quasse tive um troço, ele tem uma rola enorme 22 cm, por 10, muito grossa, ele notou que eu me espantei, eu coitado minha rola e pequena 14 por 3,5, ai o clima ficou pesado, saber que ele tem uma rola daquele tamanho e não poder fazer nada.
No outro plantão conversa vai conversa vem ele vai no armário dele e trás uma revista onde um homem esta metendo em outro, eu então perguntei você gosta disso, ele me respondeu, para ser sincero eu gosto, só não dou a bunda o resto faço tudo, e perguntou para mim, e você o que pensa disso, eu respondi da mesma forma, dizendo que eu já adoro dar a bundinha e faço de tudo também, como a fabrica tem funcionários que trabalham ate as 21 horas, ficamos os dois trabalhando, depois eu fui tomar um banho, primeiro que estava muito calor, depois eu estava nervoso imaginando o que poderia ocorrer depois daquela nossa conversa.
Sai do banho também pelado, era a primeira vez que ele me via pelado, e disse nossa amigo tu tens uma bunda maravilhosa, modesta parte eu realmente tenho uma bunda bonita, carnuda saliente, com a marca da sunga gosto muito de sol, umas pernas bonitas, pratico muito esportes, ate minha mulher adora a minha bunda as vezes fica brincando passa a linguá, coloca os dedos, ela adora, eu respondi tu acha mesmo, e fiquei ali enrolando me enxugando, ele disse eu vou tomar um banho também e saiu, percebi que saiu de rola dura, voltou do banheiro pelado de rola dura, nossa parecia a rola de um cavalo, sem eu esperar ele caiu de boca e começou a chupar a minha rola, chupou o meu saco, passava a linguá no meu cu, nossa que delicia, ficou brincando, como não podíamos deixar a sala de câmara ele me debruçou na mesa chupou meu cu, passou um lubrificante e foi tentando colocar nossa doeu um bocado, mais o tesão era maior quando percebi senti o saco dele batendo na minha bunda que delicia me fodeu muito nesta noite, gozou umas quatro vezes, metemos de todas as formas frango assado, sentei na rola dele, uma delicia mesmo, eu costumo dar uma cochilada no ultimo horário ate umas cinco da manha, pois largamos o serviço as 6 horas, ele me acordou de rola dura metendo no meu cu, coisa de louco acordar com a rola entrando no cu, gozei muito nesta foda, tomamos um banho trocamos de roupa e fomos embora, assim todas as noites a gente metia gostoso, as horas passavam sem sentir, queria que demorasse mais para passar a noite, era maravilhoso.
Isso vem durando um bom tempo, como eu disse sou casado, minha esposa uma mulher bacana, na cama topa tudo anal vaginal oral, e ate brincar com o meu cuzinho, colocando o dedo passando linguá, um dia em nossa conversa eu disse a ela que o Francisco parece um cavalo, tem uma rola enorme muito grossa, minha esposa e loira, tem umas pernas grossas, uma bunda carnuda saliente, seios grande muito bonita, e sabe como é mulher não é boba não, logo perguntou se eu estava tendo alguma coisa com ele, eu respondi que não, e perguntei porque esta pergunta, ela me responde, e que tenho notado que o seu cu esta mais aberto, com certeza esta tendo alguma coisa com alguém, e se for com o Francisco gostaria que você fosse sincero comigo, e transando ele colocou dois dedos no meu cu, e disse você esta dando o cu para ele não esta, eu acabei dizendo que sim, pensei que ele ficaria puta da vida mais que nada ficou brincado dizendo isso seu veadinho está dando o cu para um negrão, né safado, nossa aquilo me dava mais tesão, mais depois eu sabia que vinha a cobrança, estava esperando, ate que ela, perguntou se eu deixaria ela dar para ele também na hora eu respondi que sim, e transamos muito gostoso.
No outro dia veio a pergunta, e verdade você vai deixar eu dar para o Francisco, eu respondi vamos ver, ela perguntou ver o que, sim ou não, eu disse sim vou conversar com ele, e ficamos assim.
Quando foi no final de semana eu estava de serviço, a fabrica não trabalhava eu planejei tudo, só ficava eu o Francisco e o porteiro, conversei com o porteiro que minha esposa traria um lanche e se poderia entrar, ele me respondeu olha não pode mais para você eu vou quebrar este galho, não falei nada para o Francisco lá por volta de umas 22 horas o porteiro me liga que ele estava na portaria, dei uma decida rapidinho nossa quando eu vi ela não acreditei ela esta com uma sainha curta, mostrando bem as pernas, um blusinha, bem a vontade um tamanquinho de salto, toda produzida nossa estava uma delicia, trouxe um lanche para o porteiro também, uma coca, e subimos, quando eu abri a porta o Francisco esta sem camisa, quis colocar a camisa eu disse fica assim mesmo, eu disse ela trouxe um lanche para nos, ele como é muito brincalhão disse nossa e muita comida, eu aproveitei já sabendo que ele estava com sacanagem, disse por que você não aguenta, ele respondeu nossa não precisa nem deus ajudar, eu então disse é barba cabelo e bigode, ele disse tu esta brincando, eu mandei ela se sentar num sofá que tem na sala, que vira cama, quando ela sentou já deixou a mostra umas pernas lindas, quasse mostrando a calcinha, ele virou para mim e disse meu assim eu não aguento, eu disse no ouvido dele vai lá e senta do lado dela, não podemos demorar muito, ele foi, ela estava nervosa a primeira vez, começaram a se beijar eu fui e comecei a tirar a roupa dela deixei ela peladinha ela começou a fazer uma chupeta para ela, nossa a começou ele chupou a boceta dela o cu, e quando foi colocar dentro, nossa ela gemeu muito mais entrou todinha ela pulava na rola dele, eles gozaram muito ela foi tomar um banho eu chupei a rola dele melada de porra, ela voltou começaram de novo, ai ele queria meter no cu dela, foi difícil mais não foi impossível entrou tudo nossa metemos muito, o cara e insaciável, a rola dele não amolecia, ele meteu no meu cu, ela queria ver, meteu duas vezes no cu dela, nossa que noite, já passava das 3 horas da manha não dormimos só metemos, ela tinha que sair, como eu tinha recomentado para o porteiro se chegasse alguém para ele me avisar, deu tudo certo, fui com ela ate a portaria, esperei o taxi, ela foi embora, já o porteiro que não e nenhum bobo, pagou uma piadinha, nossa sua esposa e muito bonita, vê se na próxima festinha me convida , eu disse do que você esta falando, eu fui ate lá e escutei vocês transando, fui seu amigo deixando ela entrar na próxima não esquece de mim, eu gosto também, eu não podia falar nada fiquei na minha.
Já em casa perguntei se ela tinha gostado, ela disse nossa amor adorei, a adrenalina e demais, esta fazendo a coisa errada, coisa de louco, aproveitei e disse a ela que o porteiro descobriu tudo, sabe que fomos meter, e disse que gosta também, agora sabe como é se a gente não fizer alguma coisa com ele ela pode comentar com alguém, ela me responde não seja por isso na próxima vez a gente faz com ele também, mais esta e uma outra historia que eu conto na próxima vez.

Espero que tenham gostado na próxima eu continuo.