Iniciando a minha sobrinha


Click to this video!

Olá, Eu sempre gostei der contos eróticos mais nunca tive a iniciativa de contar o que ocorreu a muitos anos atrás entre eu e minha sobrinha Grazielly. (nome verdadeiro) Eu sempre buscava ela na creche já que ela na época tinha 4 anos e eu tinha 17. Eu sempre fui apaixonado por filmes eróticos e com o passar do tempo foi nascendo em mim um desejo por minha pequena sobrinha. Como a minha casa estava em construção sempre tinha uma escada em pé encostada em uma parede e um dia depois de buscar ela na creche comecei então a brinca com ela. Muito inocente levei ela pra subir na escada pra ver a rua e fui subindo atras. Quando chegamos já em um local de boa visão da rua pra ela eu sempre ali por trás dela encostei o meu pau na sua bundinha e ele começou a crescer e ela quietinha,imóvel só sentindo a minha brincadeira. Fiquei ali sarrando aquela bundinha até gozar entre suas pernas. Limpei ela e descemos pois minha irmã já estava pra chegar. Outro dia fui buscar ela na creche e quando chegamos em casa ficamos brincado e eu sempre passando a mão na pepeca dela até que consegui colocar aquele shortinho de lado e pela primeira vez pude chupar uma bucetinha novíssima e virgem. daquele dia em diante ela já sabia o que a esperava quando chegasse em casa. Dai pra frente as coisas começaram a ficar melhor já que ela não teve nenhuma reação contraria. Eu chupava e sarrava ela no sofá, no quintal e em todo canto da casa. Como a minha irmã sempre foi de farra e sempre estava na rua e quase sempre eu ficava com minha sobrinha e minha mãe em casa. Um dia ela ela entrou pra tomar banho e quando saiu do banho eu pedi para cheirar pra ver se ela tinha tomado banho direitinho. Ela resmungou mais deixou e ali eu aproveitei a situação e cai de boca naquela xotinha limpinha e cheirosa. Eu chupava e ela se contorcia de tesão era uma putinha inicial. Tudo isso durou por muitos meses até que um dia estava com ela no meu quarto sarrando a sua bundinha onde por várias vezes tentei penetrar mais não entrava e minha mãe estava em casa nesse dia. estava frenético entre aquelas perninhas em um vai e vem gostoso até que gozei. melequei ela toda de porra e repentinamente minha mãe entra no quarto e pega ela com o short arriado e eu com o pau de fora todo melado. Ela quase desmaia de desespero e arrastou a memina pra o banheiro e dar banho. Eu fui pra rua morrendo de vergonha e foi a última vez de muitas que chupei e sarrei minha linda sobrinha. espero que gostem do meu primeiro conto. Depois vou contar como aconteceu também com a minha cunhadinha Joaninha.