Segredos no Lar com Filhinha


Click to Download this video!

O que vou relatar aconteceu há dois anos numa viagem que fizemos a praia. Me chamo Bruno tenho 36 anos, casado com Silvana de 28 e temos uma filha de 6 anos. Silvana é oriental,1.65m,60kg bunda redonda proporcional ao seu corpo, mas com um par de tetas gigantes meio caídas e com bicos enormes e escuro. O que faz chamar muita atenção por ser oriental. Desde minha época de namoro sempre dividíamos a fantasia de termos mais uma mulher em nossa cama, mas nunca aconteceu pois junto com a fantasia brotava em minha esposa o ciúmes. Várias vezes cogitei a idéia dela convidar uma de suas amigas para nossa fantasia porém nunca saiu da vontade . Depois do casamento engravidou de nossa pequena samira e isso nunca apagou nosso fogo na cama e por várias vezes Sil teve orgasmos mesmo amamentando. Dizia que sentia tesao em ter as tetas sugadas e tirava proveito disso pra se masturbar com a menina mamando nela. Confesso que aquilo me exitava e várias vezes assisti a cena fedendo ela de lado enquanto dava o peito pra minha filha.
Os anos foram passando e mesmo aos 4 anos ainda era comum ver Silvana dando mama pra minha filha até mesmo em churrasco e almoços de domingo na casa de meus sogros como já era de costume.
Em outubro de 2014 resolvemos tirar uns dias de folga e descemos para o litoral num feriado, para descansar da correria da cidade.
Tudo estava gostoso e as coisas começaram a tomar novos rumos no segundo dia no apartamento.
Passamos a manhã toda na praia junto com nossa princesa que brincava a nossa volta em baixo do guarda sol . Minha esposa vestia um biquíni branco o que fez com que seus mamilos escuros ficassem marcando o pequeno pedaço de tecido. Vendo aqueles seios acesos passei a pensar putaria e logo vendo o volume da minha sunga passei a falar besteiras no ouvido dela.
Próximo ao horário de almoço resolvemos voltar para tirar o sal do corpo num banho e preparar o almoço no apartamento.
Ao chegar no apartamento nos dirigimos os três para um banho e entramos juntos no box.Esposa e filhas já nuas passei a ensaboar minha mulher enquanto minha pequena tirava areia da calcinha do biquíni agaixada no chão do banheiro. Hora outra passei a chupar as tetas de Silvana e dedava sua buceta embaixo do chuveiro em meio a risadas e brincadeiras.
Assim que minha esposa se enxaguou passou a ensaboar nossa bebe e eu aproveitei para tirar minha sunga e tomar meu banho também.
Ensaboando meu cabelo e debatendo com esposa o que faríamos para o almoço, sinto a mão de minha filha segurando minha rola e punhetando desordenadamente como se estivesse lavando. Na hora me assustei e reprimi junto com esposa, mas internamente aquilo me estigou em silêncio o que causou uma ereção e fez com que a mãe dela risse já saindo do box pra secar a menina.
Almoçamos e passei a tarde toda lembrando da cena e meus pensamentos ficaram confusos mas o pau explodindo de tesao dentro da cueca.
Tiramos um cochilo a tarde, e com nossa filha dormindo fodi a mãe dela pra descarregar o tesao que já me acompanhava o dia todo desde a manhã em que Silvana esteve na praia com aquele biquíni marcando suas tetas e dividindo sua buceta lisa.
E foi durante nossa foda que minha esposa diz.”pensa que eu não reparei como sua rola latejou quando nossa princesa ensaboou o papai”?..e deu um sorriso de puta ainda mamando e murmurando esse assunto, o que me fez dar uma gozada que fazia tempo que não dava em sua boca.
Bebeu tudo e confessou que sentiu calor e ficou com a buceta pingando quando viu nossa boneca segurando meu pau cheio de nervos.
No dia seguinte, retomamos nosso passeio na praia mas já não olhava mais nossa pequena da mesma forma.Ver aquela miniatura de japonesa, bunda branca, buceta rosa e fofinha sem nenhum pelinho com aquele sorriso inocente e com todas essas loucuras em minha mente o tesao foi inevitável e a rola não amolecia nem fudendo.
Minha esposa percebeu e propôs voltarmos para o apartamento. Estando em casa fomos todos para o banho onde nossa filha estava chata querendo ver desenho, o que fez com que minha esposa a secasse e mesmo sem roupa mandou ela pra sala enquanto ajoelhada no chão começou a chupar minha rola sem parar. Quase não conseguia ficar em pé com ela babando e chupando.Foi quando sem avisar nossa pequena volta pro banheiro e quando percebo está em pé assistindo a mãe mamando em mim. Quis me esquivar mas pra minha surpresa minha esposa puxa ela pra dentro do box e meio que sussurrou pra minha princesa”vem mamar com a mamãe no papai”..
Minha esposa afasta a boca e pela primeira vez na vida quase tive um enfarto com aquelas mãozinhas agarradas ao meu membro e como querendo imitar a mãe tenta agasalhar meu pau com a boca pequena sugando só a cabeça tendo aquela boca pequena mas quente e babona.Com revezamento de boca não demorei e dei meu leite na boca da esposa que num movimento involuntário afastou e minha princesa volta a mamar as últimas gotas já com meu pau meio mole e fazendo cara de que não gostou do doce mas fez da rola as tetas da mãe sugando mesmo mole já.
Passamos os últimos dois dias trancados no apartamento, mas agora dividindo nossos prazeres e chupando um ao outro por horas . Foi a melhor viagem que fizemos e hoje realizamos nossas fantasia da época do namoro de termos uma mulher entre nós e outras que surgiram depois mas sem o grilo do ciúmes. Só não houve penetração, mas passei a amamentar junto com minha esposa desde então.E varias vezes cheguei em casa depois do trabalho e vi nossa bebe não só mais chupando as tetas da mãe mas também brincando na buceta da esposa com pepino grosso numa cumplicidade ímpar entre elas. Temíamos ela abrir a boca na família e na escolinha, mas ela amou ser chupada e talvez por nunca ter forçado nada hoje vivemos nosso segredo no lar,onde passamos a cuidar de nossa bezerrinha de forma especial sempre com muito amor e dando leite do pai e da mãe.
É complicado isso, mas creio que muitos vivenciam ou passaram por algo sigiloso no segredo do lar.Se sim, compartilhe..Abraço