Acabei traindo meu marido com meu patrão

Click to this video!

Primeiro quero dizer que sou casada, sou uma morena bonita, me sinto uma mulher gostosa, pernas bonitas, uma bunda carnuda, adoro sexo anal, vaginal, oral, faço de tudo, meu marido sempre foi bem criativo na cama e faz de tudo, não é dotado mais tem uma rola gostosa, eu trabalho como gerente de uma loja de artigos femininos, roupas etc.

Em casa estávamos passando por algumas dificuldades, pois tivemos alguns gastos extras, e não estávamos conseguindo arcar com as dividas, meu marido não conseguiu empréstimo no Banco, então deu a ideia de que que eu pedisse ao meu patrão um dinheiro emprestado, fiquei meio sem jeito, pois já algum tempo venho notado que ele joga umas conversas para cima de mim me cantando, mais devido a situação não tive escolha.

Meu patrão e um coroa casado, boa pinta, mais muito safado, mais nunca comentei com meu marido as cantadas dele, quando foi um dia no escritório cheguei para conversar com ele e expliquei a situação, se havia a possibilidade dele me fazer um empréstimo e descontar mensalmente no meu salário, ele me responde que poderia ate pensar, e que nem juros cobraria, que era só eu pensar em colaborar com ele, eu perguntei do que o senhor esta falando, ele disse não preciso expor a você qual a minha intenção, eu peguei e sai do escritório, ele disse pensa bem.

Em casa meu marido novamente perguntou se eu havia conversado com meu patrão, eu disse que não, mais todo dia ele me cobrava, e a situação ficando pior, já ate com conta de Luz atrasada a ponto de ser cortada, ele voltou a me perguntar e ai amor falou com seu patrão, eu respondi que havia falado e que ele disse que iria pensar, mas quem tinha que pensar era eu, também não podia falar para o meu marido que para emprestar o dinheiro ele quer foder comigo.

Quando foi no dia seguinte procurei novamente meu patrão, ele perguntou pensou bem, eu disse pensei, estou precisando do dinheiro, se for só uma vez tudo bem eu aceito, ele concordou, e marcamos para o mesmo dia depois do expediente ele me levaria a um motel, eu meio nervosa, acabei ligando para meu marido dizendo que iria haver um balanço na loja que eu iria chegar mais tarde, ele aproveitou e disse aproveita que vai ficar sozinha com o patrão pede o empresto a ele, eu disse esta bem.

Fomos para o motel eu nervosa, pois nunca tinha saído com outro homem depois de casada, mais ele foi bem carinhoso comigo, tomou um banho, eu também, quando chegamos na cama nossa me assustei ele mandou eu chupar o pau dele, não acreditei, nossa era muito maior que o do meu marido, e muito grosso, fiquei com medo dele me machucar, mais ele estava preparado, depois de me chupar todinha, eu já bem descontraída já ate gostando ele começou a penetrar nossa no início doeu um pouco mais depois fui relaxando e acabou entrando tudo, nossa o coroa era bom de cama, metia muito, demorava para gozar, gozou uma duas vezes, eu gozei muito, nunca imaginei que eu iria gozar com um outro homem, mas também eu não podia ficar muito tempo, ele queria comer o meu cu, eu gosto mais a rola dele e muito grossa fiquei com medo, acabamos se arrumando e fomos embora, no carro ele me deu o dinheiro, eu disse a ele esta foi a unica vez que a gente faz isso esta bem, ele me respondeu você e quem sabe, este mês não precisa pagar os juros, mais depois se quiser ficar livre do juros e só você pagar desta forma, e tem mais podemos ate abater o montante do dinheiro caso você seja mais generosa comigo, eu respondi não entendi, ele disse e só você deixar eu comer esta bundinha, nisso chegou perto de casa eu desci.

Dei o dinheiro para meu marido ele ficou agradecido, mau sabia como foi que consegui, mais vou falar a verdade eu adorei, e acabei sedendo os desejos do meu patrão comecei transar com ele pelo menos duas vezes por semana, acabei dando o cu para ele, ele não descontava o dinheiro e assim ate hoje eu meto com ele e meu marido não sabe ou faz que não sabe, porque as vezes faz umas perguntas que da a intenção que desconfia que eu estou metendo com o meu patrão, não pergunta quando eu chego tarde, só pergunta estava com o seu patrão, eu respondia que estava na loja, só que estava no motel.e assim vou levando a vida, mais numa outra oportunidade eu conto como foi a fim desta transação.