Corno desde o noivado e amante do cunhado


Click to Download this video!

Oi meu nome e juliano e oque vou contar aconteceu de fato. Estava noivo de Ariane uma linda morena de cabelos encaracolados com seus 17,aninhos corpinho de boneca, olhos amendoados bunda media mas perfeita, lábios carnudos enfim uma morena tentação e eu tinha na época 19 anos, estávamos de casamento marcado e por motivos religiosos não podíamos transar, então ela sempre me masturbava e eu a ela, sempre que estávamos a sós rolava nossas brincadeiras eu adorava chupar sua bucetinha e lamber seu grelinho enquanto me masturba a, outras vezes ela fazia strip-tease pra eu me masturbar e era uma delicia. Um certo dia era uma festa de aniversário de seu irmão e estamos todos nos divertindo, bebendo e dançando eu não via a hora de ficar a sos com minha noiva que já estava a uma semana que não fazíamos nada, e ela não desgrudava de mim também, foi quando seu irmão Rafael me pediu pra ir com ele buscar cerveja onde eu disse pode ficar de boa que hoje é seu aniversário deixa que eu vou com a Ariane buscar cerveja. Mas ele disse que não que era melhor ela ficar pois seus pais não iriam gostar que ela saísse aquela hora (1:30 da manhã) eu quis argumentar e ela disse tudo bem amor eu vou deitar um pouco acho que a bebida me deixou meio zonza, quando chegar me chama ta! Me beijou e foi para o seu quarto, sai rapidamente eu e meu cunhado de moto, durante o trajeto até adega senti que ele se encostava muito em minhas costas e na volta pude sentir algo duro na minha bunda, pensei será que o gostoso do meu cunhado quer me traçar? Seria bom demais (sou bi) mas estava apaixonado pela irmã dele e não tive coragem, ele acho que pelo efeito da bebida se encostava cada vez mais e eu seia o calor do seu corpo em minhas costas eu até aproveitei os solavancos de umas lombadas e discretamente empinava a bunda e ele passou a fazer movimentos de vai e vem descaradamente me encochando… Aquilo estava muito bom mas estava preocupado com Ariane e precisava ve-la e achava que pelo fato de estar meio altinha a noite seria das boas… Com esses pensamentos e a poucos minutos da chácara onde moravam fui obrigado a parar a moto pois o mlk atrevido havia enviado a mão por baixo da minha camisa e passava a acariciar meus mamilos… E não pude resistir… Parei e ele continuou me acariciando agora com as duas mãos, uma delas em meu peito e a outra percorrendo minha barriga e abrindo caminho se enfiando em minhas calças e cuecas até tocar meu pau… Pronto meu pau me condenou pois estava babando na cueca desde a hora em que saímos… O safado retirou meu capacete pos o pai pra fora e guiou minha cabeça em direção ao seu pau e que pau não era enorme mas de bom tamanho, grosso cabeçudo, moreno e estava todo babado também quando toquei-o com os lábios ele soltou um gemido começei a lamber das bolas ate a ponta e a chupar e ela começou a foder e falar- sempre notei que vc me.olhava com outros olhos! Já te peguei varoas vezes olhando pro meu pau, toda vez que saia do banho vc me comia com os olhos, safado! Não adianta negar você queria isso neh! Eu também… Chupa gostoso… Assim!
E me pegou pelo rosto e me beijou enquanto tirava meu pau pra fora da calça R chupava como se fosse um pirulito, ele dizia todo manhoso – minha irmã chupa você assim?… delicia… Tive que tirar da boca dele senão ia gozar e ele então segurou meu pau e bateu uma das melhores punhetas da minha vida eu gozei tão gostoso que minhas pernas bambearam… E cai de boca no seu pau chupando e masturbando e o safado não avisou que ia gozar so vi que acelerou as estocadas na minha boca quando tentei tirar senti o primeiro jato de porra na minha boca, pela primeira vez ai engoli seu pau e deixei que gozasse gostoso engoli tudo foi maravilhoso ve-lo gemendo e gozando na minha boca… Tudo que eu sempre quis… Íamos continuar ali mas os faróis de um carro de um dos convidados nos forçou a nos recompormos e saímos dali rapidamente.
Na festa havia agora apenas umas quatro pessoas e quando nos viram ficaram felizes mas vi que algo os incomodava, eram três amigas da ariane e o namorado de uma delas o qual era amigo do meu cunhado, por um momento fiquei apreensivo pensei será que sabem o que aconteceu entre nos, não era possível eu jamais dwi bandeira e o Rafa estava acima de qualquer suspeita, percebi o motivo quando perguntei pela minha noiva todo mundo desconversou e o Anderson esse era o nome do amigo do Rafa me chamou pra conversar o rafa pegou umas cervejas e veio atrás, perguntou o que estava acontecendo e o amigo disse a Ariane bebeu demais cara e andou beijando o Anderson… E ele se aproveitou beijar… Ai nos a pegamos e levamos até o banheiro e pedimos pra as meninas dar um banho nela. Pra ela melhorar de repente ela sai correndo pelada de la de dentro e as meninas atrás dela com a toalha… ainda bem que a maioria do pessoal já tinha ido embora e so restavam mais uns três alem de nos… E eu disse – onde ela tá? Ele- ta no quarto agora, o Thiago esta com ela teve que trancar ela no quarto por causa dos pais dela se eles vê uma cena dessa… Fui até o quarto possesso iria terminar com aquela vadia, sem vergonha, o de já se viu! Mas ao entrar e ve-la deitada com aquele lençol revelando suas curvas me acalmei afinal de contas estava bêbada mas precisava dar um sermão nela seu primo estava dormindo já eu a beijei no rosto e ela abriu os olhos e sorriu, disse – oi amor que saudades de vc! Vai dormir aqui hoje… Eu disse que não que iria pra casa e deixaria o espaço pra elas pessoas de fora ele disse tudo bem me beijou e disse que ia dormir eu disse espera e peguei seu pijama e a entreguei sorrindo ela disse já ponho amor bjs e os guardou embaixo do travesseiro da bravo do quarto o Rafa me chamou pra conversar e disse cama veio não fica bravo ela ta chapada e outra você acaba de aprontar também, eu nunca vou falar pra ninguém isso mas agente sabe o que fez neh! Relaxa pelo menos ela só beijou neh vai la e faz as pazes com sua namorada! Tomei um gole de caipiroska e fui ate o quarto e me deparei com aquela cena que nunca imaginei mas me ser o que sou hoje Ariane havia pulado pro colchão do primo e chupava seu pau com a bunda virada pra porta e me presenteava com aquela visão e como ninguém me viu dei um passo atrás e fiquei observando ela chupar e meu pau ficou duro ela chupava e ele puxava os cabelos dela e repente ele se estremeceu e gozou em sua boca coisa que ela nunca havia feito comigo nunca havia me chupado mas maior foi aminha surpresa quando ela se levantou a pegou de quatro mesmo e foi socando seu pau e ela rebolando como uma puta mwteu tanto que ela gozou três vezes e eu bati duas punhetas ali mas não podia aparecer pra eles então me despedi dos amigos do rafa e ela me acompanhou ate o portão, me beijou e disse vai ter mais… Continua