Fudi a filha na frente da mãe dela


Click to this video!

Trabalho com vendas e as vezes faço bicos arrumando computadores.
Certo dia, fui chamado por uma amiga, Sandra, recem 50 anos feitos, separada, loira, lindos olhos verdes, um pouco cheinha, mas um par de peitos que deveriam ser de um sutiã numero 52 muito bem distribuidos. Havia tempos não via ela, que me pediu para dar uma olhada no seu notebook, passar um antivirus e ver o que podia ser feito para deixa-lo menos lento.
Em sábado de manhã cedo, tipo umas 8:30, toquei o porteiro, e ela abre o portão, seguindo até o final do corredor no térreo. Abrindo a porta, já me pedindo desculpas por me receber de roupão pois fazia uns 5 minutos que havia acordado.
Pergunto por Maria, sua filha, uns 15 aninhos, que continuava dormindo.
Conversamos e tomamos um café preto juntos, ligo seu micro, e começo a analisar seu micro.
Entre a analise e outra, verifico uma pasta em seu notebook chamada “XXX” …pensei: lá vem coisa… visualizo que Sandra guardava algumas imagens de homens nús e uns pornozinhos guardados. Abro uma segunda pasta vejo fotos de um homem pelado e umas fotos de Sandra nua em sua cama em mais variadas posições e em uma delas abocanhando um cacete, outra com um consolo enfiado na buceta.
Fiquei quieto torcendo que demorasse no banho, e enviei para meu e-mail.
Em segundo momento, descubro dentre as imagens guardadas, a foto de nudez de sua filha que, dai sim, meu pau quase estourou dentro de minhas calças.
No que Sandra sai do banho, agora com um camisetão (percebo que ela vestia apenas uma calcinha por baixo pois pelos movimentos de seus peitos balançando estava nada).
– Sandra, senta aqui comigo….
– Que foi?!
Na lata digo a ela:
– Corpo lindo você tem…
Vou passando as fotos delas, deixando por último sua filha Maria.
– Como você consegui ver estas fotos?!
– Elas estão aqui na pasta de imagens com este nome. Qualquer um pode ver, inclusive tua filha.
Fui analisando e descobrimos que Maria teve acesso ao email da mãe e baixou um email de um cacho de Sandra que havia mandado tais fotos dela. Quanto da filha, ela mesmo tinha tirado fotoa dela numa brincadeira de ambas que estavam tirando fotoa para Playboy.
– Por favor, apaga…
– Posso apagar, mas vou usar estas fotos em meu favor. Fiz um backup delas para mim. Quero te ver assim, melhor, quero dar uma trepada contigo.
– Tá… mas por favor, não divulgue minhas fotos nem de minha filha. Deleta tudo. Tão pouco mostre para ninguém nossas fotos juntas nos tocando…
Eureca! -pensei. Nem tinha visto nada das duas juntas e ela se entregou assim de bandeja.
Vamos fazer o seguinte: vamos fazer nós três juntos, sei qual é o colégio de Maria, vou tocar algumas fotos na internet. Claro que não faria isto, mas tava tirando vantagem da situação. Nisto ouço a voz de Maria:
– Não!!!!! Por favor não. Mãe, desculpe, fui eu que mexi ontem de noite as fotos. Você deixou teu email aberto quando abri o navegador e, de braba, baixei as fotos para você falar contigo hoje. Renato, faço qualquer coisa, qualquer mesmo se me entende, mas nos deixe em paz com estas fotos.
– Mas filha, você é virgem!
– Só da buceta mãe. Mas já chupei o cacete do teu ficante. E tá na hora de perder o cabaço. Que seja assim… e tirando agora, Renato sempre foi legal com a gente.
Não tive duvidas… olhei pra Sandra e pedi que tirasse a roupa pois estava louco para mamar seus peitões.
Puxo Maria, dou um beijo nela e ajudo ela a tirar a camiseta e a roupa do pijama. Agora estava com a mãe e filha nuas sentado no sofá da sala, mamando gostoso nos peitos de Sandra que gemia baixinho e deixava rolar algumas lágrimas nos olhos enquanto Maria chupava gostoso meu cacete. Pedi a maria que deita-se no sofá, dei uma boa chupada na bucetinha dela e encabecei o caralho rompendo lentamente seu hímem arrancando um grito alto.
Tirei o cacete, lubrifiquei mais um pouco e meti novamente…
Maria deu um outro gritinho e agora gemia alto ofegante. Sandra não parava de falar:
– minha filhinha! Calma que vai acabar.
Maria olha com certa cara de raiva pra mãe e dispara:
– Cala boca cadela… deixa ele me.. me arregaça minha buceta!!!
Surpreendido por Maria e com Sandra ao lado com cara de espanto, ponho Maria de 4, meto o pau na buceta de Maria metendo com vontade nela….
Quando estou prestes a gozar, empurro Maria para o lado e mando Sandra chegar bem perto do meu pau abrindo a boca. Ejaculo rios de porra e Sandra acaba mamando limpando pouco do que ainda saia de meu pau.
– Sento no sofá e Maria deita com a cabeça e minha perna e fica ora punhetando um pouco com os dedos no meu pau, mechendo nas minhas bolas e ora dando umas chupadas na cabeça do caralho. Não demorou muito, dei mais uma gozada, ralinha, mas era porra.

Um pouco antes do meio dia antes de sair, dei uma traçada em Sandra. Botei Maria para mamar um pouco e, atendendo o pedido da filha, meti em Sandra como se fosse esta uma puta na posição frango assado, sovando um pouco junto aqueles melões.
Depois disto, almocei com elas e, pela tarde depois de uma boa mamada no meu pau pela Sandra, botei de 4 Maria ficando com aquele rabinho lindo empinado meti gostoso areancando gemidos e gritos da garota, enchendo ela de porra. Ainda tive tesão para mais uma vez arrombar a bucetinha dela

Prometi para elas que não iria partilhar ou mostrar as fotos delas, mas querer velas de vez quando em pelo menos meio ano.