Sempre gostei


Click to Download this video!

a historia que vou contar é real e so vou relatar o que me lembro
sou hoje uma mulher, tenho 35 anos, sou casada e tenho 2 filhas novinhas, uma tem 8 anos e a outra 5 aninhos, resolvi contar essa história, porque comecei a pouco tempo a fazer com minhas filhas, exatamente o que me lembro, aconteceu na minha infância.
me lembro que eu devia ter de 4 para 5 aninhos e dormia na cama de meus pais, na minha inocência, eu via e houvia todos os dias ele fazendo sexo, se esfregando e chupando um ao outro, me lembro também que eu tomava banho com eles e meu pai ficava de piru duro e eu ficava brincando, segurando e beijando igual ele fazia com a minha mãe, enquanto eu brincava com o piru dele eles se beijavam e ficavam falando coisas que não me lembro mais, me lembro que quase todos os dias no banho ele enchia minha boca de porra e mandava eu engolir, dizia que era para eu crescer sempre bonita, eu adorava chupar ele e as vzs chupava também a minha mãe enquanto ele ficava esfregando o pauzão dele na minha bunda e bucetinha.
isso virou rotina la em casa, eu ja esperava a hora do banho e chamava eles para irmos ao chuveiro, a noite na cama, meu pai ja passava a ficar se esfregando em mim e eu dormia toda melada
eu gostava muito mas sem entender nada.
isso continuou diariamente ate eu completar meus 8 anos, nessa ocasião eu ja estava com um corpo de adolecente e ja sentia prazer em tudo que eles faziam comigo e eu com eles, eu adorava chupar o pauzão do meu pai, acho que por ter começado a chupa-lo bem novinha, minha boca ficou grande e carnuda e agora ele ja enfiava tudo na minha boca, então eu notei que ele ja estava querendo me cumer, ele era tarado na minha bunda, comia a bunda da minha mãe e mandava eu ficar olhando, eu adorava, um dia estávamos dormindo e derrepente eu senti a cabeça do pauzão dele forçar a entrada do meu cuzinho, que não parava de piscar, fui me ajeitando para facilitar sem que ele notasse que eu estava acordada, senti quando ele passou um creme na portinha e ficou enfiando o dedo, depois 2 dedos e depois 3 dedos, não senti dor alguma porque ja estava acostumada com a lingua dele entrando no meu cu todos os dias, quando ele notou que meu cu ja estava bem relaxado e bem lambuzado de creme ele então colocou a cabeçona e começou a enfiar… nesse momento eu não tive mais como fingir que estava dormindo e comecei a gemer… pai ta muito gostosoooooooo, continua bem devagar até entrar tudo, to adorando, nesse momento minha mãe acordou e viu o que estava acontecendo e se juntou a nós e enquanto ele ia enfiando a pica no meu cu, eu estava de 4 para facilitar a entrada, ela se posicionou por baixo e ficou chupando minha buceta e as bolas dele, nossa estava bom demais, nem imaginava que era tão bom assimmmmmm
depois que entrou tudo ele me perguntou se eu estava gostando, eu imediatamente falei que estava adorando, minha voz estava ate tremula porque eu estava com um baita piruzão no meu cu e uma lingua desesperada me chupando, isso demorou uma meia hora, meu pai falava que não ia gozar rápido porque queria me deixar bem arrombadaaaaaaa. então quando ele gozouuuuu, fui a loucuraaaaa, sentia os jatos de porra la dentro do meu cu e era porra demais , muita mesmo, minha mãe ficava lambendo a que escorria e adorava, falava essa menina ta me saindo melhor do que a encomenda, nesse dia meu pai me cumeu a noite toda, acordei com o cu cheio de porra, o lençou todo melado e eu ja com vontade de sentir novamente aquele picão dentro do meu cuuuuuuu…