Barão meu cão meu amante


Click to Download this video!

meu nome e Taty, tenho 22,resolvi enviar meu conto devido a ler esses contos de zoofilia, mas quando o fato aconteceu eu tinha somente 17,sou mulata tenho 178 de altura, peitos médios bumbum grande empinadinho, quando geralmente chegava da escola passava de frente para um bar e os homes me comiam com os olhos não mexia, pois meu pai e meu irmão mais velho eram militares moro em São Bernardo do campo São Paulo.
Bom tudo aconteceu quando meu namorado me deixou pois não queria trepar com ele batia umas punhetinhas pra ele chupava gostoso sua pica mas minha bucetinha eu não dava certo dia ele ficou furioso e me deu um basta, fiquei muito triste pois sentia algo gostoso quando ele batia uma siririca esfregando meu grelinho um era maravilhosa a sensação, agora tinha que fazer sozinha e era muito sem graça .
Bom um certo dia, no mês de fevereiro o meu pai e minha mãe foram viajar passar o carnaval no rio em casa de parentes, deixando em casa eu e meu irmão mais velho, que logo, que meus pais saíram, foi pra casa da namorada e ficava lá ums dois ou mais dias, eu como tinha medo de dormir sozinha ia pra casa dos meus avos, maternos que ficava a uns dois quarteirões dali. Voltava cedinho pois tinha que tratar do DUQUE um pastor capa preta de 5 anos que tomava conta da casa, era aposentado da policia pois era cego de um olho devido a tiro que tomou, era grande mas muito brincalhão, coloquei ele pra dentro do canil enquanto limpava o quintal. quando acabei soltei pois meu pai dizia que ele tinha que ficar sempre solto pra vigiar a casa mesmo tendo um murro alto. Quando acabei fui ver filmes pornôs no computador e bater uma siririca pois era viciadona, fiquei só de camiseta sem nada por baixo meus peitos estavam durinhos de tesão naquele dia estava mais que nos outros eu estava possessa de tesão então fui ate a cozinha, e pensei em acabar de uma vez com minha virgindade peguei uma cenoura e enfiei na minha buceta mais doeu e não tive coragem de fazer, maquela hora meu irmão me ligou avisando que iria dormir fora como de costume que era pra eu ir pra casa dos avos disse que sim mas não fui, estava decidida a trepar com aquela cenoura, lembrei que toda vez que meus pais iam ttrepar tomavam vinho ou outra bebida alcoólica diziam que era pra relaxar, assim fiz mas estava de estomago vazio e acabei ficando tonta, nossa tudo rodava, quando ouvi gritos vindo da rua diziam ter um ladrão no bairro fiquei com medo abria porta da cozinha e coloquei o DUQUE pra dentro de casa fiquei com medo de ligar pro meus avos pois iriam contar pros meus pais que havia bebido.
Bom fiquei ali no computador vendo aquela putaria e batendo siririca ate que deitei no chão, pois estava tonta demais pra ler as letras estavam embaralhadas, quando o Duque veio e começou a lamber minha buceta não contive e deixei ele lamber ate que num momento comecei a sentir tesão e acabei gozando fechei a pernas com tanta força que quase sufoquei o cachorro abri novamente pois minha intensão era deixar ele fazer eu gozar de novo, mas desta vez ele veio lambeu e começou a querer subir nas minhas coxas, encolhi minhas pernas segurei com minhas mãos estilo franguinho assado e deixei ele meter gostoso pis vi somente uma pontinha vermelha saindo da capinha do seu pinto pensei que era um pintinho que não ia nem coçar minha buceta foi quando ele acertou direto na minha Racha ai que dor acho que ele arrebentou meu cabaço nossa que dor forte mas ele não parou ficou ali cutucando e cada vez mais introduzindo sua pica para o interior da minha buceta ate que parou nossa senti, tanta dor que não reparei no tamanho da pica que estava dentro de mim, senti algo crecendo na minha buceta ai lembrei que os cachorros tem uma certa bola em cada lateral do pinto ai meu Deus o que foi que fiz, bateu um arrependimento sentia uma dor e ao mesmo tempo um tesão enorme me invadia meu interior comecei a mexer ai ele começou a bombar de novo e seu pinto a inchar novamente, dentro de mim, alcancei uma almofada e coloquei debaixo do meu quadril para levantar mais meu quadril pois estava repuxando naquele vai e vem, fiquei ali sentindo aquela pica monstruosa dentro de mim ,,, não bastasse comecei a ter aquela sensação de quando meu namorado batia uma siririca pra mim so que mais forte, nossa estava gozando como nunca havia gozdo em minha vida mordia minha mão para não gritar não suportei aquela dor misturada com orgasmo e desmaiei, Quando acordei não sei quanto tempo fiquei ali desmaiada tentei levantar mas não conseguia minhas pernas estavam bambas, minha cabeça rodava foi quando deparei com Duque ele tinha saído de dentro de mim por alguns instantes ,pois sua pica ainda estava fora da capa nossa e que pica era vermelha com duas bolas pareciam duas bolas de sinuca o seu pinto esbarrava no chão, ele lambia tentando secar, quando ele veio ate mim e começou a sugar lamber minha buceta que estava toda areganhada nossa la se foi minha virgindade, alguns minutos depois consegui me levantar e fui pro banho enfiei três dedos na minha buceta puxa pensei eu uma buceta que não cabia mem. um dedinho agora entra três, tomei um banho frio pois estava calor e fui pra sala onde Duque estava deitado parecia exausto mas so parecia quando abaixei pra apanhar a almofada ele veio rápido de monteou em mim como se eu fosse uma cadela, pensei bem e já que estava toda arrobada deixei ele montar na sua nova cadela, abaixei mais a bunda e ele acertou em cheio minha buceta que ainda dolorida queria mais pica daquele cachorro desta vez fiquei mais excitada e gozei umas três vezes uma delicia ,,,,ele ficou novamente grudado em mim , mas desta vez não desmaiei fiquei ali curtindo aquela pica deliciosa dentro de mim, gozei três quatro ou mais vezes perdi a conta …
Quando ele saiu de dentro da minha buceta eu deitei no chão e adormeci acordei no outro dia sentindo muita dor na buceta mas muito satisfeita ,, naquela tarde meu irmão chegou mas eu já havia limpado toda a casa, no outro dia meus pais chegaram e me disseram que no próximo anão iriam me levar pro rio .
Agora saio pra passear com o Duque toda vez que meus avos vão viajar ,passo um dia inteirinho dando pro meu macho, ja dei ate o cuzinho pra ele e outro cachorro da casa da minha avo, depois conto pra vocês.
techau!!!!!