Fantasias de Minha esposa


Click to Download this video!

Sou casado com Vera, eu 28 e ela 24 anos. Nosso relacionamento é bom, nos damos muito bem na cama. Não estou mais naquela fase de que aparecer tem que matar e comer, mas não deixo de apreciar uma bela mulher e suas deliciosas bundas, até a Vera sabe que adoro olhar uma bundinha, às vezes até me amostras algumas tanto na rua ou praia. As vezes também para falar mal de algumas (coisas de mulher, rsrs)
Ela sempre me pergunta se tenho alguma fantasia, falo que já tive algumas quando mais jovem, portanto agora casado não penso mais nisso. Ela pergunta nem com outra mulher junto comigo? Disse que não, pois já tinha realizado essa vontade antes. E eu retruquei, e você tem? Disse que não, mas se um dia aparecesse a oportunidades ela talvez aceitasse, mas não sairia procurando. Vamos deixar acontecer.
Vera tem uma sobrinha adolescente, ela é muito liberal, a minha cunhada já não tem mais controle, reclamação no colégio, já foi pega namorando nas escadas do prédio onde mora, quer sair tarde da noite, só o pai para impedir. Ou então vai para casa do tio onde a esposa dele faz vista grossa com ela.
Às vezes eu e Vera ficamos vendo filmes pornôs no quarto, tenho uma tv smart e fico procurando vídeos de vários termos. Às vezes ficamos transando e olhando e ela que fazia os comentários, olha isso ou aquilo.
A sobrinha dela, Beatriz (bia) de vez em quando fica aqui em casa, Vera e ela se dão bem, passeiam, ficam pegando sol, e Bia coloca cada biquíni, que me deixa maluco, um menor que o outro. Vera as vezes comenta, secando minha sobrinha né! Digo, só verificando como vai ficar daqui um tempo, e ela diz, tá, sei. Pode olhar e ficar de pau duro, mais tarde eu amoleço ele.
Bia pediu para usar o laptop, estava quase na hora de ir embora, ficou lá um tempinho e faltou luz, estava demorando a luz voltar, ela foi embora reclamando, dizendo que fecharia as páginas quando chegasse em casa, mas logo assim que saiu a luz chegou. O lap top ligou e o google perguntou se queria que as páginas fossem recuperadas, dei sim e o face, Messenger e e-mail estavam abertas. Curioso como sou, rsrrssr, no Messenger ela conversava com a mulher do tio, no face as fotos delas e no e-mail, bastante fotos comprometedoras. Tratei de copiar todas. Ela pelada, ela beijando um cara mais velho que ela, ela com outro rapaz, fotos da bucetinha, da bundinha, peitinhos e beijando outra mulher, fiquei futucando mais e a outra tal mulher era a mulher do tio, na casa deles, elas tomando banho, se beijando, a mulher chupando os peitinhos dela e a mulher por trás dela segurando os peitinhos e abrindo a bucetinha dela enquanto bia tira a foto. Fiquei com o pau duraço. Quando Vera chegou, a chamei e falei, Bia saiu e tinha faltado luz e deixou essas páginas abertas e veja o que encontrei, Vera sentou no meu colo e fui amostrando ela ficou perplexa.
A Noite fiquei no quarto e Vera foi tomar banho, fiquei procurando um vídeo para a gente vê. Quando nas páginas de lésbicas vejo uma menina parecida com Bia, pensei, caralho, é ela, mas abrindo o vídeo não era, parecidíssima, corpo, rosto, peitinhos, bundinha, anotei o nome do vídeo e mudei de categoria. Vera veio, ficamos nas preliminares e falei que iria colocar um filme, fiquei procurando coloquei um qualquer, vimos um pouco ela não gostou, eu de pau duro por trás, outro não gostou, então coloquei na categoria de lésbicas, fiquei rolando e Vera falou olhe ali, coloca naquele ali, veja só parece com Bia, falei não pode ser, o filme rolou e Vera dizendo, parece demais com a bia, corpo, rosto tudo, falei é mesmo. Vera falou, deixa ai Ficamos vendo, eu a abraçava por tras, segurava seus peitos, beijava seus pescoço e ela fixada no filme, a menina dava um trato na outra, se beijavam e Vera começou a gemer baixinho, parei de fazer carinho e falava em seu ouvidinho, tá gostando amor? E ela hum hum, ela começou a mexer na sua buceta e olhando as cenas, a menina chupava a buceta na outra e Vera gemia mais forte, falei, se masturba amor, imagine você ali na cena, ela começou a mexer nos seus seios, apertava, gemia e começou a se masturbar mais forte e gemendo, dando sussurros, gritinhos e falei no seu ouvidinho, queria estar ali amor? E ela, queria, que tesão, a menina chupa gostoso, falei então, será que a Bia chupa assim também? Ela ficou quieta gemendo, na cena as duas fazendo um 69, queria chupar uma bucetinha? E ela hum,hum, falei, imagine a Bia te chupando e você chupando ela, ela gemia, eu insistia, queria que a bia te chupasse? Quer chupar a bucetinha gostosinha e lisinha da bia? Queria amor? E ela, queria. Falei então imagine ela te chupando e se masturba pensando nela, foi se masturbando e dando gritinhos, fiquei falando em seu ouvido, agora fale, me chupa Bia, sua safadinha, chupa minha boceta toda. Ela demorou um pouquinho e se masturbando rápido, dizia, ai Bia, chupa, chupa, delicia e depois gozou tendo esparmos e se esticou na cama toda mole. Fui beijando sua boca e disse, que coisa gostosa, gozei só imaginando vocês duas se chupando. E Vera falou, como vamos fazer para convencer a Bia? Vamos bolar uma situação. Ela falou, vamos com cuidado.
Chegou um final de semana prolongado e Vera tinha chamado a Bia para ficar lá em casa, disse para agir com naturalidade, pois já sabia que ela é safadinha, e assim foi fazendo, ficaram na piscina, se bronzeando, fazendo topless e eu distante, minha esposa deitou de bruços e tirou o biquíni e falou se quiser pode tirar também, e ela perguntou e o Tio Vitor? Vera falou pode ficar tranquila, você tem tudo que ele conhece, não vai mexer com você, só o que pode acontecer é ele ficar com aquele pauzão gostoso duro, mais depois eu amoleço ele. E riram. E Bia, perguntou, o pau dele é grande assim? E Vera falou, depois dá uma sacadinha para você ver (Isso a Vera me contou depois) E eu de longe observando a situação, percebi que estava dando certo, pois Bia ficou pelada como a tia. Bia foi atender o telefone( demorou pra cacete) e a Vera me disse que elogiou o corpinho dela, perguntou dos namoradinhos, paqueras e de que ela gostava. Disse que Bia se abriu com ela, disse que achava os meninos mais novos uns bobões, que ficam falando demais e que as meninas ficam mais quietas, e Vera perguntou, você já ficou com meninas? Ela disse já, e gostou? Gostei! Pode dizer como foi? Ela meio sem graça e Vera falou pode confiar em mim. Ela então tá bom! A primeira vez foi com uma menina no colégio, nós se pegamos no banheiro, foi muito bom, a menina tinha uma bucetinha deliciosa, e Vera falou, fiquei toda molhadinha, imaginando a cena, Bia olhou para ela e falou é mesmo tia? Vera então falou, passa a mão aqui, Bia sem graça, quando passou o dedo Vera gemeu, mordendo os lábios e pediu para Bia contar mais. Bia continuou dizendo que uma vez foi numa festa e precisou dormir na casa de uma colega, no quarto da menina tinhas as primas dormindo e ela teve que dormir na sala e que de madrugada a mãe da menina uma loira bonita, ficou conversando com ela, falou que o marido estava dormindo e me pediu para passar creme nela, trouxe o creme e ficou só de calcinha, fiquei espantada e mulher então falou, vamos para o meu quarto pois não corremos o risco de ser pegas e segurou minhas mãos e me levou, lá ela tirou a calcinha e se deitou mandando eu passar o creme nas costas, fui passando e descendo, fui para as pernas, quando acabei ela falou, faltou minha bunda, passei na bunda e ela abriu as duas bandas e pediu para passar até no cuzinho, quando passei ela gemeu, dizendo que delícia. Se virou e mandou passar na frente, passei nos seios, barriga, pernas e ela pediu, passa perto da buceta, pegou na minha mão e esfregou na buceta e disse, sinta como está quente, ficava quieta. Me preparei para ir embora para sala e a mulher falou, espera aí, agora é minha vez de passar em você, falei não precisa, disse precisa sim, creme é muito bom. Mandou eu deitar e tirou minha blusa, fiquei só de calcinha, o marido dormia ao lado, ela foi passando nas minhas costas e tirou minha calcinha, esfregou minha bunda, desceu para as pernas e voltou para minha bunda, esfregou meu cuzinho, tremi e ela no meu ouvido, tá gostando delicia, balancei cabeça que sim, mandou eu virar e passou nos meus peitinhos lentamente, apertando biquinhos, desceu para minhas pernas e subiu para minha buceta e passou o dedo. tremi de novo e ela deu um beijinho no meu grelinho, me arrepiei toda e começou a me chupar, falou no ouvido para fechar os olhinhos e ficar tranquila que não iria me machucar, fechei os olhos e senti uma boca chupando meus peitinhos e outra chupando minha buceta, abri um poucos os olhos e o marido dela me chupando, estava gozando gostoso, depois o marido foi para trás dela e enfiou nela, que gemia e dizia que putinha gostosinha e o marido uma delícia, já pensou se colocarmos as duas juntas, vai ser muito bom e a mulher respondeu, só imagino o quanto vai ser bom. Gozaram e me vestiu pedindo para ir para sala e não contar nada a ninguém, me deu um beijinho e sair. De manhã quando estava saindo, a filha deles me perguntou, fui no banheiro e não te vi na sala, dormiu no quarto com meus pais? Disse que sim e a menina respondeu, de vez em quando eu durmo lá também. Imaginei que seria ela a outra que os pais falaram e fui embora. Vera disse que ficou toda melada com essa confissão.
A noite pedimos uma pizza e falamos para Bia que iriamos assistir um filme no quarto se ela queria ir, aceitou. Vimos um filme de ação, com bia sentada no meio das pernas de Vera e quando acabou bia se preparava para sair e Vera falou, pera ai bia, vamos ver só mais um, esse você vai gostar. Coloquei aquele da menina igual a ela, fiquei de lado olhando de canto de olho, Vera dava beijinhos no pescoço de Bia que ficava quietinha, Vera alisava seus peitinhos e Bia falou algo no ouvido de Vera, Vera então falou tirando meu lençol e disse olha Bia como ela já está, Bia olhou e Vera segurou em suas mãos e mandou eu segurar um pouquinho, ficou me punhentando e Vera ficou mais solta e começou a explorar a Bia, peitinhos, bucetinha ,boca, Vera então mandou Bia me chupar de quatro e foi para atrás dela chupar o cuzinho e a bucetinha dela e dizia que delicia amor, chupou bastante, depois mandou Bia chupar ela, Bia ficou de quatro chupando Vera, fui para detrás dela e Vera perguntou, você já deu esse cuzinho minha gostosa? Bia disse que não, Vera falou, então se prepara que vai ser hoje, Vitor adora um cu, virgem então! Bia falou, vai devagar tio, não me machuque, Vera falou, minha sobrinha querida, ele vai te comer tão gostoso, que você vai querer mais vezes e eu só vou deixar se eu participar, topa? Bia falou, topo. Exploramos demais aquela putinha da Bia, que saciamos nossos desejos.
Hoje as duas são namoradas, quase todo final de semana a Bia vem, eu só participo quando quero comer o cuzinho da Bia, fora disso só as duas transam, no banheiro, na cozinha, sala e eu só de telespectador, depois Vera vem e transamos ou me paga um boquete maravilhoso com Bia chupando sua buceta, parece que vai engolir minha piroca. Muito gostoso