Comi minha irmãzinha 2


Click to this video!

Oi! Galera vim aqui pra contar o que esta acontecendo, mas não sei se isso ta certo porque pode ser perigoso e estou com medo de me dar mal.
Depois da primeira experiência com minha irmã percebi que o desejo aumentou e fiquei cada vez mas tarado.
Na outra semana bati várias punhentas desejando fazer mais coisas com ela.
Porém como ela estuda pela manhã e eu a tarde só nos vemos mais a noite e nos fins de semana.
Espero não esta encorajando ninguém a fazer o que eu fiz. Mas foi muito bom poder iniciar fazendo sacanagens com ela.
Queria poder encontrar alguma garota mais velha pra me ensinar.
Mas embora não tenha comido sua buceta ainda sei que deve ser muito gostoso gozar dentro.
Bem minha segunda experiência com minha irmã foi ontem e hj tratei logo de relatar para não esquecer o detalhes.
Cheguei da escola la pela 19:00 e nossos pais estavam querendo levar a gente pra comer uma pizza.
Como já disse anteriormente eles adoram uma cerveja, eu realmente não sei a graça que tem em ficar bebendo mas por algum motivo que eu ainda não sei deve ser bom.
Saímos os quatro e fomos comer, depois na volta pra casa eles pararam no posto e compraram mais cerveja dizendo que iriam passar na casa de meu tio.
Como minha irmã já estava dormindo no carro falei pra eles que estava cansado e queria ir pra casa.
Minha mãe então pediu pra meu pai nos levar em casa para depois passar na casa de meu tio.
Enfim, chegamos em casa e minha irmã ainda estava meio sonolenta e subimos.
Quando entramos em casa ela foi direto pro seu quarto e deitou.
Meus pais foram no quarto e depois saíram dizendo pra eu ir dormir pois chegariam tarde.
Mas é nessa hora que a mente so pensa em putaria.
E eu estava ansioso em poder brincar com a minha irmãzinha novamente.
Esperei eles irem embora e fique na sala assistindo TV.
Depois de um tempo resolvi ir ver como ela estava.
Quando entrei no quarto a danadinha tava dormindo de bruços de roupinha de dormi.
Blusinha e shortinho bem folgados.
Fiquei admirando aquele corpinho deitado na cama e aquela bundinha onde eu pus meu pau bem redondinha.
E depois de um tempo eu resolvi atacar.
Comecei a puxar o shortinho de lado pra ver sua calcinha mas a cada tentativa ela se mexia e mudava a posição.
Depois de muita paciência e obstinação consegui abaixar seu short deixando a bunda exposta somente de calcinha.
Nossa! Meu coração batia a mil. E eu já estava me punhetando so de olhar.
Fui bem devagarinho puxando a calcinha e quando estava quase retirando minha irmã acordou e me viu.
Na hora pensei que ela iria entrar no clima.
Mas pelo contrário ela ficou resmungando e dizendo que iria contar tudo pra minha mãe quando ela chegasse e que era para eu parar com aquelas brincadeiras e deixar ela dormi.
Na hora eu falei que se ela falasse eu também contaria da revista mas ela nem se importou e puxou a calcinha e o short e se cobriu.
Eu sair do quarto puto da vida mas cheio de tesao.Então resolvi ir pra sala e ver alguma putaria na net.
Peguei o notebook e sentei no sofá e entrei no Xvideos.
Tirei o short e fiquei batendo uma e assistindo os videos.
E quando estava me acabando lá. Minha irmã apareceu e ficou me olhando.
E com o olhar fixo para o meu cacete e para o vídeo perguntou que site era aquele.
Então eu disse pra ela vim ver. Mas ela retrucou e disse que eu tava virando um tarado. Eu nem dei importância e continuei batendo. Ai ela foi na cozinha e voltou comendo um chocolate e ficou sentada na poltrona.
Eu falei que ela estava atrapalhando já que não queria ver.
Mas ela disse que ia ficar ali ate a mamãe chegar.
Ai eu levantei e quando estava indo pro meu quarto ela disse assim:
– Esse negócio ai não vai sair leite não?
Então respondi:
– Vc não quer chupar? Se chupasse iria sair um monte…
Mas ela fez cara de nojo ai eu tive a idéia … E fui na cozinha e peguei uma lata de leite moça… E perguntei se ela chupava assim…
E derramei um pouco na cabeça de rola.
Ela se aproximou meio desconfiada e ficou olhando eu puxar e esfolar a pica.
Nisso falei pra ela chupar. Ela começou toda sem jeito pois ficou sugando e chupando so a cabeça sugava todo o leite condensado. Então comecei a por na pica toda desde a base ate a cabeça.
As vezes sentia uma fisgada por conta do aparelho arranhando e ela ficava rindo e eu pedia pra ela ir devagar pra não machucar e ferir minha rola.
A brincadeira estava ficando boa. Então decidi atacar também e pedi pra colocar um pouquinho na sua xereca pra eu chupar também. Mas ela não queria ai eu pedi pra enfiar a pica igual da outra vez no cuzinho dela.
E novamente ela disse que não. Mesmo eu dizendo que so ficaria esfregando ela não queria.
Estava louco de tesao e em tempo de agarrar ela a força.
Mas ai eu pedi pra por leite condensado nos seios delas.
E finalmente ouvi um sim. Ela levantou a blusa e aquelas ameixas pequenas apareceram com os bicos rosados. Nossa fui logo pra cima e a cada chupada e lambida que eu dava ficávamos rindo. Eu implorei pra ela tirar a blusa completamente e ela fez.
Meu pau latejava pedindo pra gozar mas eu queria aproveitar cada momento.
Então arrisquei e fui beijando e lambendo mas ia descendo e cheguei no umbigo.
Minha irmã so fazia rir as vezes empurrava minha cabeça pra sair mas logo em seguida deixava.
Ai eu não me contive e me ajoelhei entre suas pernas e beijei entre as coxas.
Acho que isso deixou ela doidinha porque ficava rindo sem parar e dizendo que fazia cocegas pedindo pra parar mas eu continuava.
Dei vários beijos em sua pepeca mas por cima do shortinho e ela se esquivava.
Então falei que não estava aguentando mais e que ela estava muito gostosinha ai ela perguntou:
– o que vc quer que eu faça?
E eu supliquei vamos fazer igual da outra vez … So um pouquinho.
Nessa hora ela resmungou e fez um bico… Mas logo em seguida se virou de costas abaixando o short com calcinha e tudo.
Fiquei louco so de ver aquela bundinha empinada me esperando. E a visão da buceta toda fechada e inchadinha. Uma coisa linda.
Pensei em cuspir na cabeça da pica pra lubrificar porque o leite condensado havia ressecado. Mas não achei legal então meti a mão no aquário de minha mãe e molhei a cabeça da pica com agua e fui logo esfregando a rola nela. Por um instante pensei cravar a rola naquela buceta e rasgar tudo mas ela iria gritar e chorar muito. Ai fiquei beijando a porta do cuzinho com a pica e sentia ele piscando.
Estava delirante mas minha irmã falou:
– Vai logo … Vai logo
Então eu meti fui forçando a cabeça ouvindo ela resmungando mas não parei ate ver metade da rola entrar. E dessa vez eu não tirei segurei ate o fim e quando gozei não parava de rir e tremer sentindo o leite saindo e o cu dela piscando.
Depois do frenesi tirei a pica de dentro dela e ela saiu correndo pro banheiro.
Eu fui atrás e ela so dizia que estava ardendo mas depois começou a peidar e ficamos rindo do mal cheiro.
Caracas dormi todo relaxado e nem vi a hora que meus pais chegaram. Hj ate brincamos rindo do fedor dos peidos que ela soltou.
Mas quero ir com calma ate conseguir o que eu quero.
Comer sua buceta.