Flagrei meu pai e minha melhor amiga e olha no que deu! Final


Click to this video!

Após notarem minha presença ali ficaram sem reação, eu estava estática na porta porém toda molhainha, levando em conta do que eu acabará de presenciar: Meu pai fodendo minha melhor amiga.
Depois de alguns segundos se passarem, meu pai totalmente constrangido e assustado continuava sem reação, quem veio até mim foi minha amiga pedindo mil desculpas e que tinha uma explicação e suplicando para que a entendesse, segui até o meu quarto e ela foi atrás nua e com a bucetinha ainda gozada, gesticulando e explicando o porque da situação que acabará de ter presenciado, a justificativa dela foi que pelo foto de ter terminado o namoro dela a alguns meses e deste de então estar sem sexo já não aguentava mais e que ao chegar na minha casa e dar de cara com o meu pai que havia saindo mais cedo do trabalho totalmente nu e de pau duro deixou ela sem noção do estava fazendo disse que só pensava em uma pica entrando dentro dela e a fodendo então seduziu de certa forma meu pai e propôs que ele a comece e que não se preocupasse pois ninguém iria ficar sabendo, engano dela, até então eu estava sentada na cama processando em minha mente o que acabará de acontecer e ela a minha frente agora sentada com a bucetinha totalmente aberta e gozada, então eu disse para ela pegar as roupas dela que ainda estavam no quarto dos meu pais, vesti-las e ir embora, ela fez exatamente o que mandei.
Passei o restante da tarde em meu quarto, pensando, avaliando e revendo em minha mente as cenas que havia presenciado. Quando minha mão não estava em casa a janta era minha responsabilidade, então quando era por volta de 20:00h sai do meu quarto e fui em direção a cozinha passei pela sala e ele estava meu sentado assistindo TV então perguntei a ele o que iria querer comer de janta ou se preferia comer uma outra amiga minha ele ficou em total silêncio então segui até a cozinha e comecei a preparar a janta, fiz uma massa qualquer com um molho vermelho pus a mesa e gritei que estava pronto, ele veio se sentou se serviu e começou a comer, após ter terminado se retirou e voltou para a sala eu continuei ali e após comer arrumei a cozinha. Isso tudo se passava em uma quarta-feira, quarta-feira em que o nosso time de futebol jogaria e assistir aos jogos do Grêmio juntos é algo que sempre fazíamos, não foi diferente dessa vez, ao terminar meus afazeres sentei ao lado dela na sala para assistir ao jogo, durante um período de silêncio perguntei o porque, o porque de comer minha amiga se ele come minha mãe quase todos os dias então queria dizer que uma mulher não era suficiente pra ele, ele falou que eu não entenderia, mas ensisti para que ele falace , então ele disse que homem nenhum recusa um pedido de coma minha buceta por favor, disse também que minha amiga implorou para que ele a comece e que se ele quisesse poderia a te comer o cu dela, ele iria disse que iria comer só que não havia dado tempo que cheguei bem na hora que ele ia fazer isso, me pediu desculpas e implorou para que eu não contasse para mamãe, eu disse que não iria contar até por que não quera ver meus pais separados. Então perguntei pq minha amiga estava tão gosada e gemia tanto, ele me falou que foi pq ela era bem apertadinha e que ele havia gozado muito nela também, então perguntei se quanto mais apertedinha fosse a bucetinha mais gostoso o sexo era, ele respondeu que sim, eu ja estava cheia de tesão e não me aguentei e disse então me come também papai voce vai ver que minha bucetinha e mais epertadinha que a dela, ele ficou em silencio e logo depois disse que não que eu era filha dele e que era errado então disse que ele ja havia traido a mamãe mais um erro não faria diferença e que se ele não me comece também iria cortar para mamãe, não dei tempo para ele pensar sentei no colo de frente pra ele e comecei a fazer movimentos de sobe e desce e comecei a sentir o pau dele endurecer, falei no ouvido dele que assim como ele comeu a amiga da filha teria que comer a filha também, eu estava em um tesão incontrolável perdi totalmente a noção do que era certo ou errado só queria ser fudida pelo meu pai e seria ali naquele momento.
Tirei minha blusa e meu sutiã dei minha tetinhas para o papai mamar foi uma delicia, ficamos assim por um bom tempo,até sair do colo dele e tirar totalmente a roupa e sentar de vez daquela pica que ja hava comido uma no mesmo dia, ela foi entrando devagarnho e preenchendo todo o interior da minha bucetinha que pica gotosa, comecei a sentar com vontade e a ser fodida pelo meu papai que dizia que minha bucetinha era muito gostosa e quentinha e que iria encher ela de porra, a essas alturas eu ja havia gozado então ele mandou em ficar de quatro no sofá e começou a meter o pau com uma força que eu chegava ver estrelinhas naão demorou muito para eu gozar novamente, trocamos de posição dessa vez deitei no chão e ele veio por cima colocou aquele pau tão gostoso e foi me comendo tão gostoso que gozamos juntos eu tive um orgasmo que me tremi todo por alguns segundos, e ali estava eu deitada no chão da sala toda aberta gozada e fudida pelo meu pai ouvindo que a minha bucetinha era mais gostosa do que da minha amiga e que ele precisava comer o cu dela e depois o meu pra ver qual era o melhor (isso realmente aconteceu alguns dias depois mas é história para outro conto se quiserem). Então sai da sala e fui para o banheiro tomara banho e logo após deitar já que no outro dia tinha que acordar cedo novamente, ao me deitar ainda sentia minha bucetinha latejando de tão fudida que ela foi pela pica do papai.

Espero que tenham gostado deste meu relato, aguardo opiniões nos comentários.