A irmãzinha do meu namorado


Click to this video!

Me chamo Gilberta tenho 19 anos sou de uma boa família, tenho um namorado da mesma idade que eu que se chama Pedro, conheci na faculdade, já estávamos juntos a dois meses quando ele me apresentou a sua família,fui muito bem recebida por todos,seu pai sua mãe um irmão de onze anos e uma irmã de quatorze aninhos muito linda que se chama Bruna,moreninha de cabelos longos uma bundinha redondinha, peitinhos pequenininhos e uma boquinha linda.
Fui convidada para passar um final de semana em um sitio com eles,amei a idéia ,pois gosto muito do meu namorado, e era uma boa oportunidade de ficarmos mais tempos juntos,Pedro é um rapaz não muito bonito mas muito educado e inteligente, carinhoso e o mais importante para mim tem um pau muito gostoso e sabe usar como ninguém, nossas transas são ótimas ele adora chupar minha buceta ,já chupou até meu cu,sou muito liberal, ele me pediu para meter no meu cu,mas eu ainda não deixei o Maximo que deixo é enfiar o dedo, isso eu gosto muito.
fomos todos em um carro só, como tínhamos muita bagagem o irmão do Pedro foi na frente no colo da mãe dele,atrás pusemos algumas malas e só tinha dois lugares,a Bruna foi logo dizendo que ia no colo do Pedro,não vi nada de mais ,pois são irmãos e ela é muito criança nem parece ter quatorze anos,Bruna usava um vestidinho curto de botões na frente ,estava muito bonitinha, eu reparei que a Bruninha se arruma todo no colo do Pedro,não sei porque aquilo estava me dando um tesão doido. Paramos em posto de gasolina ,todos deceram menos eu e o Pedro, aproveitei para dar um beijo nele e puis a mão no pau dele notei que estava meia bomba deu para sentir que aquilo esteve duro por um bom tempo, apertei o pau dele e falei no ovido dele:
-Esse final de semana você vai comer minha bundinha.
Ele deu uma passada de mao na minha buceta e sorriu.
O pau dele estava durisimo, nisso todos chegaram e entraram no carro,a bruninha foi logo sentando no colinho do irmão, vi que ela sentiu o pinto duro,ela olhou para mim, fingir não saber de nada,ela se ajeitou como pode naquele pau duro, a danadinha estava adorando sentir aquele pauzao na bunda.
Quando chegamos no sitio e descemos do carro, a bruna desceu arrumou o vestidinho que a safadinha tinha dado um jeitinho de levantar para sentir melhor o pau do irmão, eu e o Pedro descemos e eu falei bem baixinho para ele:
-Sua irmãzinha já esta bem gostosinha
Ele respondeu:
– Que nada é muito novinha
Eu dei uma risada e falei
– Novinha nada já aquenta uma pica,e aposto que ela esta doida numa.
E passei a mao no cassete dele que ainda estava duro.
Depois do almoço os pais do Pedro e o irmãozinho foram visitar os vizinhos, ficando na casa so eu o Pedro e a gatinha da irmã dele, eu estava com muito tesão, eu e o Pedro ficamos nos amassando na sala,ele passava a mão em todo o meu corpo,pois meus peitinhos para fora e começou a mamar,nisso eu vi a Bruna escondida atrás da porta olhado o irmão me chupar, mas que depreza eu peguei o pau dele e pus para fora e comecei a punhetar,ele falou,cuidado a Bruna pode ver.
Eu respondi:
-o que tem,aposto que ela ia gostar.
_Você é doida ,ela é uma criança e alem disso é minha irman.
Eu respondi:
– criança ele não é,e o que tem irmão comer irmã,se eu tivesse irmão daria para ele sem poblema.
Isso deixou o Pedro muito doido de tesão.
Na hora eu chamei a Bruna:
_ Vem Bruna ,o pau do seu irmão é muito gostoso
A safadinha veio mas que depreza,o Pedro não falou nada lenvatou com o pau para fora abraçou a irmanzinha ,beijou aquela boquinha linda,eu peguei a mao dele e pus na bundinha dela e falei:
-Aproveitam seu bobo e come essa menina ,que ela deve ter uma bucetinha linda.
Os dois ficaram se esfregando ,eu fui abrindo o vestido daquela princesinha ,ele estava com uma calcinha peguena e sem sutian o que era totalmente desnecessário com aqueles peitinhos pequenos.
O pedro sentou ela no sofá e caiu de boca na bucetinha, parecia que eu não estava ali,ele estava louco com a irmã e com razão a menina era linda, eu não aquentei e comecei a chupar os peitinhos dela,ela chorava de tesão ,fiquei com medo de tentar beijar ela e ela não gostar, mas arrisquei e para minha surpreza ela conrespodeu ao beijo,ela ainda não sabia beijar mas eu chupava aquela boquinha ,senti ela tremer num gozo intenso, ela parecia ter desmaiado,mas logo se recuperou, eu falei para irmos para o quarto porque ali era perigoso,juntei nossas roupas e o Pedro pegou aquela criança linda no colo e fomos para o quarto ,o pau do Pedro estava muito duro. Chegando no quarto eu e o Pedro começamos a chupar a Bruna , naquele momento eu não queria um pau e sim aquela bucetinha ,nunca me imaginei chupando um buceta mas aquela era muito linda eu tinha que chupar ,enquanto o Pedro chupava a boca e os peitinhos dela eu chupava aquela linda bucetinha,ela gozou de novo,viramos ela de bundinha para cima e eu abri a bundinha dela para o Pedro chupar o cuzinho ,depois foi a minha vez de chupar aquele cuzinho novinho e virgem,enquanto eu chupava o cu dela o Pedro veio por traz e meteu no meu cu,eu estava com tanto tesão que nem sentir muita dor,ele socava no meu cu e eu chupava o cu da irmã dele,gozamos os três quase ao mesmo tempo.Depois tomamos um banho ,naquele dia ficou so nisso,mas no outro Pedro comeu a bucetinha dela, Hoje eu e o Pedro moramos juntos e a Bruninha vem sempre nos visitar e comemos ela,a danadinha aprendeu a chupar uma bucetinha também.