Meu filho come a Irma caçula III


Click to Download this video!

Bem agora que vocês já sabem que eu não sou um bom pai,quem leu os dois primeiros contos sabem do que eu estou falando, nunca abusei das minhas meninas,mas mesmo sabendo que estou errado sinto muito tesão em saber que Ana e seu namorado vivem na maior pouca vergonha, vivem se esfregando em qualquer lugar e o filho da puta me provoca passando a mão na bunda dela e fazendo questão que eu veja,quando minha mulher não estar perto ela fica sentada no colo dele e ele fica mexendo nos peitinhos dela, como se eu não existisse, isso me mata de raiva e tesão ao mesmo tempo. Mas com Carlos e Debora, meus caçulinhas,são bem diferentes eu sei que meu filho come minha filinha,mas eles são muito discretos,toda noite Carlos vai no quarto da irmanzinha e fica la bastante tempo,vejo a hora que ele sai do quarto ,fico escondido no vão da escada e vejo minha princesinha abrindo a porta para ver se não tem ninguém para ele sair ,ele sai bem tranqüilo ,mas não pelado como no primeiro dia agora ele sai de calção ,mas minha menina despede dele na porta com um beijo na boca e peladinha,ela é linda , muito branquinha quase não tem pelinhos na xaninha e os peitinhos são dois morrinhos branquinhos com biquinhos rosas.
De manha na hora do café eu sempre preparo um café reforçado para minhas crianças recuperarem a energia. Ana é a primeira a descer toma café correndo ,sempre o tarado do namorado vem pegar ela para irem juntos para escola, e quando minha mulher ainda não levantou ele abraça minha filha na minha frente e teve um dia que ele passou da conta e enviou a mao por baixo da saia dela e deu uma apertadinha na xoxota dela ela deu um gritinho e disse baixinho olha o pai ai,fingi não ver e eles se foram rindo.Logo depois desse Debora e Carlos, ele com muito cuidado com a Irma, eu percebi que ela parecia um pouco dolorida, sentava de lado ,acho que Carlos castigou a Irma essa noite, eles ficaram cochichando enquanto eu servia o café,ouvi Carlos perguntando ,se estava doendo, fiquei mas aliviando com a resposta dela,só um pouquinho, logo passa. Debora não usa sutiã, e eu fiquei olhando a marca dos peitinhos dela na blusa e só de saber que meu filho esta chupando aqueles limõezinhos me deixou louco de tesão,Quando eles se levantaram para sair, ela veio e me deu um beijinho e eu senti aquela boquinha que deve ter chupado o pau do meu filho, minhas pernas tremeram,os dois se foram e eu fiquei com um puto tesão,mas não tinha vontade de subir e comer minha mulher, fui para o banheiro e me masturbei e a única imagem que vinha na minha cabeça era minha princesinha peladinha com aqueles peitinhos pequenos.
Depois conto mais dessa nova fase que estou vivendo e como estou lidando com isso,so sei que não estou nem ai quando minha mulher não quer transar,prefiro me masturbar pensando nas minha criança. Não me julgue é mais forte do que eu.