Minha esposa e os pedreiros


Click to Download this video!

Resolvi fazer um cômodo grande nos fundos de casa com uma varanda, para guardar algumas coisas, e para isso contratei dois pedreiros, um era mulato e o outro negro, ambos de aproximadamente 45 anos. Somos casado há 20 anos, eu tenho 40 e minha esposa 38, nesse tempo o desejo um pelo outro já diminuiu bastante, mas minha esposa ainda tem o corpo bem gostoso, só reparei que ela ainda estava gostoso nessa época da construção do cômodo, pois foi ai que vi que ela ainda atraia os olhares e desejos de outros machos. Os Dois chegavam por volta de sete da manhã, e eu já havia ido para o serviço, e tudo o que precisavam me ligavam para pedir e ai eu levava para eles na hora do almoço. Mas no inicio da primeira semana, não aconteceu nada de anormal, pois quando eu chegava na hora do almoço ou no final da tarde, minha esposa estava vestida como de costume, mas no final da semana a coisa começou a mudar de figura, pois na sexta feira no final do dia, quando cheguei, minha esposa estava vestindo uma bermuda mais curtinha e apertada e com uma blusa regata com um decote maior e um sutiã que deixava aparecer até quase perto dos mamilos quando abaixava. Estranhei um pouco, mas não disse nada, a noite ela me procurou na cama e transamos como nunca, ela estava num fogo só. No final de semana eles não trabalharam, e na segunda quando sai minha esposa como sempre estava de pé para se despedir de mim, mas ela estava de mini saia, coisa que dificilmente ela usava e uma blusa decotada e sem sutiã, então fui trabalhar e imaginando o que poderia acontecer, mas se isso se traduzisse em sexo como foi no fim de semana entre nós vou adorar. Quando foi na hora do almoço cheguei até mais ansioso por pegar alguma coisa, mas ela estava vestida da mesma forma e tudo parecia normal. Minha esposa os tratava normalmente e eles a tratavam com respeito. Fui trabalhar meio que decepcionado, pois pensei que ia chegar e pegar ela trepando com eles, mas não foi o que aconteceu. A tarde, na região de onde trabalho acabou a energia elétrica por volta de 15:30 e fomos liberados mais cedo, quando entro na carro, reparei que o tempo estava virando para chuva, e até esqueci de minha esposa em casa com os pedreiros. Cheguei em casa e deixei o carro na rua, e nesse momento me lembrei da minha esposa e sua roupa provocante para os pedreiros, ai resolvi entrar pelo portão dos fundos da garagem, esperando encontrar eles nos fundos na construção, chegando lá não havia ninguem, resolvi dar a volta e entrar na casa, pensando que por o tempo estar fechando para chuva eles poderiam estar na cozinha tomando um café, mas quando passo perto do nosso quarto, pela janela deu para ver eles no quarto, ela de quatro na cama e um fudendo a buceta dela e ela mamando o outro, não me assustei com a cena, pois já esperava e queria que acontecesse, me posicionei de forma que não me viam, e pude escutar toda a orgia deles, eles xingando de puta e ela gemendo na vara dos dois. Depois trocaram a posição e continuaram a fudê-la na nossa cama, depois a colocaram de frango assado e continuaram a sacanagem, até que eles gozaram, os dois gozaram dentro dela, e depois ela chupava o pau deles para limpar. Depois se recompuseram, eles se trocaram e sairam do quarto, preocupados com minha chegada. Sai de onde estava de fininho, peguei o carro e fui dar umas voltas até dar o horário normal de chegar em casa. Quando cheguei eles já haviam ido embora, minha esposa me recebeu com um beijo. Quando foi a noite ela me procurou a noite e me deu bem gostoso, e assim foi durante todo o tempo que os dois estavam fazendo a obra lá em casa. Ela ficava com roupas insinuantes e depois transava com eles e a noite me dava bem gostoso. Nunca mais peguei nada até que acabou a obra, mas sabia que ela continuava transando com eles pois a noite me dava bem gostoso. Quando acabou a obra, abri o jogo para ela, e que estava gostando da mudança dela pois nossas noites estavam cada dia mais quente, e então eu disse que ela estava liberada a partir daquele dia para transar com quem ela quisesse, pois todo dia que ela transava com eles eu era beneficiado. E assim foi, pois quase todos os dias ela me contava o que tinha aprontado, e o que os machos faziam com ela, eu ficava muito excitado e transavamos a noite toda. Um abraço galera.