A mulher e a mãe do meu melhor amigo


Click to Download this video!

Ola galera, tudo começou quando eu conheci Karina e Rosana, Karina é mãe do meu melhor amigo, e Rosana é a mulher dele, Eu sou Philipe, e meu amigo é Douglas, Douglas e eu fomos criados juntos, sempre estudamos juntos, na mesma sala, as pessoas diziam que eramos irmãos, ele era bem tímido, e eu era bem descolado, eu sempre pegava garotas, e ele era o certinho da classe, o mais educado, todos acabavam dizendo também queeu era ma companhia pra ele, embora diziam que parecíamos irmãos, na adolescência eue já tinha experimentado sexo de varias formass, já tinha traçado muitas garotas, e ele nem beijado tinha, eu sempre o defendia dos outros que queriam bater nele, eu comecei a trabalhar com 14 anos numa empresa de motores elétricos, fiz alguns cursos, logo me tornei mecânico, eletricista, e Douglas trabalhava no bar da tia dele, terminamos o segundo grau, e começamos na mesma faculdade, só que eu fazendo engenharia e ele administração, eu namorava com varias minas ao mesmo tempo, e ele não tinha jeito pra mulher, mas eu conheci Rosana, uma moça linda, ruiva alta, corpuda, logo eu dei em cima dela, fiz amizade e já fui chegando, mas ela não me dava chances, mas fizemos uma boa amizade, ela começou a confiar em mim, mas sobre namoro ou deixar eu paga-la, não, ela não queria, e eu parei de insisitir, mas mantive a amizade, ela era muito certinha, recatada, educada, ai eu tive a ideia de apresnta-la a Douglas, e fiz isso, estávamos com +ou- 18 anos, eu os apresentei, e eles logo se gostaram, mas o namoro demorou, ai foi quando eu fui chamado por Douglas pra consertar o carro da mãe dele, eu já a conhecia desde pequeno, mas nunca nem mesmo pensei em nada com ela, dona Karina era bonita, mas eu tinha muito respeito por ela, mas nesse dia eu consetei o carro, depois eu fui levar o carro la pra Karina ver como ficou, ela testou o carro, e gostou, ela era viúva, já a muitos anos, mas ela estava com um short apertado, e eu pela primeira vez olhei pra ela diferente, reparei que ela era uma coroa gostosa, e me deu vontade de come-la, mas nem mesmo imaginava que poderia ter chances, ela era amiga da minha mãe, não não teria como, mas ela nõa saia da minha mente, Douglas e Rosana finalmente começaram a namorar, ele e ela muito sem jeito, mas estavam se gostando, depois de 2 anos ele estavam pensando em se casar, e eu também namorando com outra garota, nem se quer falava em me casar, só queria curtição mesmo, eles marcaram o casamento, e eu seria o padrinho dele, tudo ocorreu bem, eles se casaram, eu arrumei emprego pra ele na empresa que eu trabalhava, e tudo estava bem, mas certo dia Karina precisava ir ao medico, e não teria quem ir com ela, e ela não poderia ir só, pois iria fazer exame de indoscopia, seria sedada e não podeira ir só, ee como eu estava de folga , não restou ninguém, ela me chamou, e eu fui, pensei, quem sabe pinta alguma chance, então eu a levei, no carro ela me perguntou. E vc, não pensa em se casar? E eu falei, Não tia, eu a chamava de tia, eu quero aproveitar bem antes de me casar, queem sabe mais pra frente. E ela falou. Mas vc namora muito, já pensou se engravidar alguma garota? E eu falei. Não tia, eu me cuido, uso sempre preservativo, E ela falou. É tem que se cuidar mesmo, afinal vc é bonito e tem muita garoa bagunçada, tome cuidado. Eu disse, Sim me cuido sempre, mas e a senhora, não quis se casar mais? E ela falou. Não querido, até tenho vontade, mas sei la, acho que nunca encontrei o homem certo, até meu falecido marido, nunca tivemos nada. Mas eu disse. Ah tia, e como o Douglas nasceu? E ela falou. O Douglas é adotado, ele sabe, eu sou virgem, nunca quis nada com meu falecido marido, pois me casei obrigada, e ele parecia que não gostava de mulher, nunca tivemos nada. E eu falei, Não acredito tia, a senhora é tao linda, como pode alguém não gostar de uma mulher linda como a senhora? e quando a senhora era mais jovem devia ser a mais linda de todas, E ela falou. Ah querido, só vc diz isso. E eu falei. Ah tia, logico que muitos falam, eu já vi vários homens falando que a senhora é bonita, que não entendie como esta solteira, Ai ela perguntou. É mesmo querido? pra mim pessoalmente ninguém falou, E eu disse. Ah tia eu já vi até garotos mais novos que eu falando que a senhora é sabe linda, Eu ia dizer gostosa, mas não disse. E ela falou. Humm, até vc também né? E eu falei, Ah tia. a senhora sabe que é linda mesmo. Ai ela falou. Eu já vi a algum tempo atraz, vc e alguns meninso cheirnado calcinhas, sei la de quem, e se masturbando, no quintal da sua casa, vc eram pequenos, tava vc, e dois meninos, e uma menina, eu nunca falei nada, mas vi. E eu bem envergonhado falei. Ah tia eramos pequenos, mas o Douglas sempre foi o comportado, ele nunca fazia essas coisas junto com agente. E ela falou. Sim, meu filho sempre foi recatado, tímido, mas eu gostaria que ele fosse igual vc, E eu disse a ela. Ah tia mas ele sempre foi muito elogiado, e eu sempre recebi reclamação, bronca da minha mãe, e ele não. sempre foi o exemplo. Ela falou. É verdade, mas me fale de quem era aquelas calcinhas que vcs cheiravam naquele dia? E eu falei, Era da minha prima. E ela. Hummm, safadinho. e vc não mudou, só cresceu ee ficou mais responsável, mas acho que continua safado. E eu falei. Ah tia eu tenho meu jeito, mas nunca fiz nada que as minas não quisessem, e sei respeitar também. Ela. Sim eu vejo isso, mas vc tem o dom com mulher, e as mulheres gostam de vc. Ai chegamos na clininca subimos e eu mais afoito do que nunca, excitado, ela subiu as escadas e eu fui logo atraz, olhando aquela bunda deliciosa, e sabendo que era virgem me deixou mais louco ainda, esperamos ela fez o exame, e a enfermeira a trouxe, meio zonza, eu a segurei a cintura e descemos as escadas, eu a coloquei no carro, e a levei pra casa, chegando la, eu a levei pa dentro, segurnado na cintura dela, ela já acordada falou. Fica aki, até meu filho chegar, e vamos continuar falando, Eu falei, Sim tia, pode falar. E ela falou. Mas me fale querido, vc ainda faz aquelas coisas de ficar se masturbando? E eu falei. Ah tia sim, é coisa de homem. E ela falou. Mas vc acha que eu ainda posso arrumar alguém? E eu falei, Sim tia, se a senhora estalar o dedos aparece muitos feito cachorro, a senhora é linda, Ai ela falou, E vc já pensou assim em mim? Eu fiquei azul, sem saber o que dizer eu gaguejei, sem dizer nada, mas ela insitiu, e eu falei. Ah tia, desculpa, se eu dizer que não eu estaria mendindo, desde pequeno eu baia punheta pensando na senhora, e ela. Humm, e hj, vc ainda pensa nisso? E eu fiquei quieto, mas criei coragem e falei. Sim tia, a senhora e gostosa, e eu penso, falei. E ela falou. Humm, eu também já pensei em vc, e penso, confesso que embora nunca foi disso, mas tenho vontade de fazer com vc. E eu meio sem saber. meio preocupado com um pouco de medo, pela primeira vez, a abracei e beijei na boca dela, e ela correspondeu, eu nem acreditava, eu já fui com a mão nas coxas, na xana por fora da calça, nos seios por fora da blusa, já ia enfiando a mão dentro da calça dela, quando Douglas e Rosana estavam chegando. paramos na hora, mas acho que Rosana deve ter visto nem que seja um pouco, fiquei grilado com aquilo, mas como ninguém falou nada eu deixei quieto, ai conversamos, Douglas e Rosana moravam na casa dos fundos, e enquanto as mulheres conversavam eu fui com Douglas a casa dele e ficamos la conversando, eu consertei algumas tomadas, e instalei o ar condicionado, a noite eu pedi pra lavar as mãos, foi até o banheiro, e logo me deparei com calcinhas, de rosana, peguei cheirei, e sai, mas deixei la as calcinhas. e fui pra casa, la eu passei a noite sonhando com Karina, no dia seguinte a minha namorada foi la em casa, minha mãe já tinha saído, e ela já veio me chupando, eu comecei a gozar, e falei, que boca deliciosa Karina, hummm, ai ela tirou e cuspiu. falou brava. Quem é Karina, Philipe seu filha da puta, vc ta com outra? vai tomar no teu cú, e me esquece. Eu tentei explicar mais ela não aceitou, o nome dela era Juliana. eu a encontrei mais algumas vezes mas ela não quis mais nada comigo, e eu tentei falar com Karina, mas parece queela estava me evitando, eu já tava meio doido, de vontade e fui a um puteiro, la comecei a comer uma mulher, e a chamando de Karina, a mulher até falou, pagando vc pode me chamar do que quiser, no outro dia, eu vi Karina, no quintal, e fui la, ela falou. Entra aki querido. eu entrei e ela começou a falar. Philipe sabe eu gosto de vc, mas acho loucura, e se meu filho descobre, vai ficar mal, além do mais, e se tua mãe fica sabendo, todos vão me crucificar, é melhor esquecer. E eu falei. Mas ninguém precisa saber, é só tomarmos cuidado. E ela falou que ia pensar, mas me disse pra eu dar uns conselhor pra Douglas, pois ele estava implicando muito com Rosana, e parecia que era meio grotesco, ela disse que ouvia sempre Rosana reclamando do jeito cavalo de tentar transar com ela, ai eu fui falar com ele, e ele falava. Ah mulher tem que ser tratada com grosseria mesmo, se a gente é bom, elas reclamam, se somos brutos elas reclamam, poxa o que querem? Sabe eu tento fazer do jeito que ela quer, mas ela nunca esta satisfeita. Eu falei com ele que pra agradar mulher temos que ser do jeito que elas querem, fazer do jeito delas, uma vez que elas estão satisfeitas, nos homens também estaremos, nisso que eu estava falando essa parte, Rosana estava ouvindo, eu vi a sombra dela pela cortina, mas Douglas não. e eu continuei, A mulher cara é sensível, e carente, e precisa de amor, de carinho, e se fizermos do forma que ela gosta, ela vai ficar sempre satisfeita. Mas ele falava grotescamente. Eu não gosto do jeito que ela quer, sabe lento, só posso colocar um pouco, ela demora muito e eu gozo rápido, a é chato, na lua de mel já estavamso brigando. Mas eu falei. Mas Douglas, isso é normal, a mulheres que gostam que colocamos tudo, outras gostam de movimentos bem fortes, já outras são mais sensíveis, e precisam de calma, de carinho, então se ela gosta de que vc coloque pouco, faça isso, tenta segurar a ejaculação, se ver que vai gozar tira, e recomeçade novo, vc tem quesaber segurar, e é bom fazer com que ela goze primeiro, assim vc fica com um pouquinho mais de tempo pra gozar sossegado, mas sempre deve seguir o que ela quer, e talvez seja bom procurar um medico, talvez vc tenha ejaculação precoe, embora, isso se resolve se vc se masturbar, ai na hora que for gozar, vc para, e recomeça de novo, e na hora que for gozar, para, isso ajuda a saber como segurar, E ela falou, A mais ela tem que mudar também. E eu falei, Douglas, vcs tem que conversar, mas com amor, e lembra, mulher é algo especial, nesse caso ela tem que ter prioridade, e não vc, procure agradar, e vc vai ver que as coisas serão melhores, fale sempre que a ama, e demonstra isso. cultive desejo por ela, a elogie sempre, repare sempre quando ela fizer alguma coisas, ou colocar algumas roupas, pentear os cabelos diferente, mulher gosta disso. Conversamos bem, ela ouviu tudo. mas Karina me evitava, sempre que eu perguntava ela dizia estou pensando. Ai certo dia, era um segunda feira, eu fui trabalhar a noite, e sai as 6:00Hs da manhã, resolvi passar no centro da cidade pra comprar pão e frios, comprei estava indo pra casa, quando vi Rosana, no ponto de ônibus que ia de volta pra casa, eu parei e falei. Bom dia Rosana, e ela veio logo e falou. Bom dia Philipe, vc esta indo pra casa? Eu falei. Sim, vc não vai trabalhar? E ela falou. Ah esqueci que hj é minha folga, vim até aki, e vou ter que voltar. Ai eu disse Vem eu de dou carona, E ela entrou no meu carro, no meio do caminho ela falou. Eu gostei muito da conversa que vc teve com Douglas, pena que ele não fez nada do que vc falou. sabe ele é muito sem jeito, acha que sou de ferro, que não sinto dor, na realidade eu me arrependi de ter casado com ele, na lua de mel ele parecia um cavalo. sabe eu vejo os homesn só faltando lamber a bunda da mulher, algumas mulheres no trabalho falam que o marido gosta que ela até mije em cima dele, mas Douglas, só quer sexo, quando ele tem vontade, e quando goza dane-se eu, eu me depilei e ele nem reparou depois do que vc disse. ah Philipe que merda eu fiz, E eu falei, Eu acabo me sentindo culpado, pois eu que apresentei vcs. E ela falou. Nõa a culpa não é sua. nós quisemos, e tudo seria maravilhosos se o Douglas haaaa. fosse diferente, do jeito que vc falou. mas valeu. vc é é sempre foi um amigão. Quanod chegamos ela desceu do carro, mas a saia ficou meio dentro da bunda, e ela puxou a saia e a calcinha de dentro da bunda, com a bunda virada pra mim, ai ela saiu e olhou, e deu tchau. eu sai eela ficou olhando, la pelas 12:00hs eu acordo tomo um banho almoço e vou até o portão, ai Rosana vem e me falando. Oi vc já dormiu? eu preciso de um favor, se vc puder é claro. Eu disse. Sim Rosana, se estiver ao meu alcance. Ai ela falou. É que tenho que buscar um remédio no centro, e to com preguiça de ir de ônibus, será que vc não me levaria de carro. se vc puder. E eu. Sim eu te levo. sem problemas. Ela vou la na casa dela buscar o dinheiro, e os documentos dela, eu já tinha tirado o carro, e ela veio. e já foi falando. Até nisso o Douglas é chato. eu peço pra ele buscar algumas coisas pra mim ele só vai reclamando, vc não. já se propõe na hora, ah Philipe, cada dia eu me arrependo mais. Ai eu falei. Bom tenta, mais, quem sabe. sei la, eu sei que ele gosta de vc, mas do jeito dele. E ela falou. até nisso vc é mais legal, sabe que ele é grotesco, sem jeito, e mesmo assim tenta ajuda-lo. E eu falei. é cada um tem um jeito próprio, Ela falou. É mais o jeito dele é chato e o seu é legal, isso explica as meninas querendo dar pra vc, mas me fale, vc se lembra quando vc tentava me comer? E eu disse. Ah Rosana agora são outros tempos, vamos esquecer isso. Ela falou. Se eu tivesse aceito nunca teria me casado com esse traste, ou será que eu sou a errada mesmo, sei la, as vezes acho que sou fresca demais. Eu falei. Não, vc é uma mulher, e mulher tem necessidades diferentes uma das outras, mas geralmente são mais sensíveis, e merecem atenão especial do marido. E ela falou. Vc seira atencioso comigo, mesmo se nõa nos casassemos? Eu. Claro, sempre fui, ate´com as que eu só queria comer, quando mais de quem eu gostei, Ai ela falou. Não gosta mais? só pq eu sou casada não significa que deixei de ser mulher. Eu. Sim continua linda, mas é do meu amigo, Ela. Mas vc pode ajudar seu amigo, ou a mulher do seu amigo. Eu falei. Rosana é melhor não. Ela. É melhor sim, vamos na sua casa mesmo. ou onde vc quiser, preciso sentir prazer. vamos ver se vc sabe mesmo. Eu já todo excitado falei. Ah foda-se, quam não cuida perde. E a levei num motel. la chagando eu já a beijei, já fui pegando na bunda, e ela já respirando forte, a deitei na cama, tirei a roupa dela, passei a mãe na buceta, chupei os seios. ai tirei minha roupa, e fui em cima dela, beijando, e já fui com o pau na buceta. fui colocando bem devagar, só a cabecinha, respeitando o que já sabia dela, e bem devagar fui bombando, ela já se contorcento, não demorou e gozamos, ela gemeu muito, e depois falou, nunca gozei assim, muito bom, hummmm que delicia, um pau mais grosso e grande e eu só senti prazer, ela falou isso e começou a chorar, dizendo que jamais queria trai-lo, mas ele causou isso. eu fui ao banheiro, e ela também, eu mijei lavei meu pau, e ela já veio de boca, falando as meninas na empresa falam que chupam, o seu deve ser gostoso não só na buceta, mas na boca também, e me chupu, eu gozei de novo, nos beijamos muito, e fomos embora, no caminho ela falou que queria aprender a dirigir, e me pediu pra ensinar, eu prometi que ia ensina-la, eu fiquei trabalhando a noite, e ela saiu do trabalho, ai eu chegava em casa, dormia, e depois do almoço eu a levava num campo meio longe onde eu a ensinavaa dirigir, é claro, ela já eia me chupando eu no volante e ela chupando meu pau, as vezes íamos ao campo, outra ao motel, as vezes no campo ela ia de saia, ai tirava a calcinha e sentava no meu pau, e eu a ensinava a dirigir, era muito bom, eu gozava muito, ela já nem transava mais com Douglas, e ele parece que era meio devagar mesmo, Karian sempre me evitando, mas eu e Rosana desfarçavamos e sempre saiamos juntos, e ela aguentava meu pau e dizia que não doía, também eu respeitava o ritimo dela, e ela delirava. certo dia eu já tinah deixado Rosana no novo emprego, uma loja de lingeire, e voltei, quando vejo Karina no portao dela meio desesperada, eu parei e perguntei, o que foi tia, e ela falou, acho que aconteceu um curto la dentro, ta um faisqueiro, na sala, eu foi la ver, e acontece que estava dando curto nos fios do lustre dela, eu já havia dito que tinha que refazer aquela instalação toda. eu concertei, mas ela falou que ia trocar tudo, e eu fizo orçamento, a relação de material e ela foi comprar, quando ela chegou ela me chamou, e eu já combinei de fazer, eu estava com muitas folgas, então comecei, troquei tudo, e ainda pinteie o quarto dela, que agradeceu muito, ai ela começou a arrumar as coisas no guarda roupas, e eu fui ajuda-la, e havia algumas calcinhas lindas, eu peguei uma cheirei, e ela falou, Philipe, esquece, não pode, Mas eu disse, Pq não? eu te desejo. Mas ela se recusava, ai eu falei, ta bom, mas essa calcinha eu levo, para me ajudar. e ela falou. Mas essa esta limpa, vai ajudar no que? homem gosta é de sentir o cheiro da buceta mesmo, não é? Eu. Sim, então me da pelo menos a que a senhora esta usando. assim me ajuda, Ela se recusou, mas assim que levantou, eu a beijei, e ela não tentou sair, beijei e passei a mão na bunda, a deitei na cama e fui beijando descendo. beijei os seiso em cima da blusa, a barriga, a buceta em cima da calça, as coxas, ela respirando e falando. Não para, para. Mas não me empurrava, só falava, e eu beijava mais ainda a buceta, ai fui abrindo o zíper, e vi a calinha branca, e beijei, e fui descendo a calça, e ela. Não, faz não. Mas eu não parei, desci a calça dela ate´os joelhos e beijei muito a buceta, ai tirei a calça toda, e fui abaixando a calcinha, ela fechou as pernas, mas eu a abri novamente, e tirei a calcinha, a buceta dela estava bem cabeluda, mas inchada, e que bucetão, grande, greluda, eu já fui de boca, lambi, e ela respirando forte, eu só senti muito melado descendo, e ela mijando na minha boca, a levei ao banheiro ela meio cambaleando. la ela mijou e já foi tomar banho, eu voltei ao quando e tirei o lençol que ficou molhado e sequei o chão, deixei tudo limpinho, e peguei a calcinha e coloquei no bolso. e voltei ao banheiro, ela falou. Philipe não fale pra ninguém, Eu prometi não falar nada, mas queria mais, e ela disse outro dia, vai embora daki a pouco chega gente, tranque a porta e joga a chave pra dentro. eu fiz, e fui pra casa, la cheirei a calcinha, lambi, bati aquela punheta, e gozei, no outo dia eu acordei cedo, ainda estava de folga, levei Rosana ao trabalho, pois ela pedia pra eu a levar cedo, assim antes do trabalho fazíamos um rapidinha no motel, o qual eu era conhecio do dono, pois já fiz parte elétrica, entre outras ali, então eu tinah carta branca, então eu a levava bem cedo, passávamos no motel, eu a comia, e depois voltava, e nesse dia foi assim, quando eu cheguei já foi direto falar com Karina, que estava meio triste, mas eu falei, Calma, eu gosto de vc, e nada vai dar errado, E ela falou, vamos cuidar mesmo, não quero que ninguém saiba, E eu falei, Não ninguém vai saber, E já fui beijando, ela resisitindo, mas se entregou, fomos pra cama dela, al eu tirei a roupa dela, e a minha também, e já fui em cima, colequei o pau na entrada e fui colocando bem devagar, ela se conrceu, gemia baixinho, e entrou até fácil, mas que buceta apertada, gostosa, os lábios grandes, bem pra fora, abraçavam meu pau, era uma delicia, não demorou e gozamos, foi muito bom, no dia seguinte a mesma coisa, só que dessa vez eu chupei muito Karina gozou na minha língua, e fui muito bom, eu não chupava Rosana, mas ela me chupava, ficamos nessa por 2 anos, eu já estava até sendo taxado de viado por alguns parentes meus, pois as minas davam em cima de mim, mas eu não queria, até meu pai começou a achar queeu estava virando a casaca, mas a situação do casamento de Rosana e Douglas estava insustentável, e eles se separaram, Douglas ficou mais grotesco do que já era, e Rosana e eu saiamos escondidos, sempre, muitas vezes eu passava a noite na casa dela, visto que a mãe dela estava doente, a gente fazia a festa la, era todos os dias, e com Karina também, quase todos os dias, uma não sabia da outra. Mas Karina estava querendo ir pro nordeste, e logo ajeitou tudo, e foi pra la, la ela se casou e esta muito bem com o cara, Rosana e eu continuamos escodidos, mas certo dia eu e ela resolvemos ir a praia, a ficamos numa casa queeu havia comprado la, la andávamos de mãos dadas, afinal achavamso que não encontrariamso conhecidos, mas teste um dia eu e ela la na praia, ai chega sem a gente perceber minha mãe meu pai, e Douglas, eles tinha o endereço, mas nunca tinha ido la, e como era um lugar de conhecido meus, o portao eu deixava só encostado, eles forma entrando bem devagar, e não deu nem pa eu levantar as calças, nos flagraram, Douglas fez um escândalo, até os vizinhos foram ver, Douglas gritava, e a ofendia, e eu falava, calma cara, vcs já estão separados, e ele falava. Vc meu amigo, cara somos feito irmãos, vc me trai assim. Eu falei, Não, caa vcs já estavam separados, e meu pai tentou acalmar os ânimos mas Douglas estava desconsolado, e voltou a ofender Rosana, que na frente de todos inclusive alguns vizinhos, falou. Douglas, vc nunca foi homem, vc é grotesco, só pensa em vc, não sabe como cuidar de uma mulher, e já fazem bem mais de dois anos que eu dou pro Philipe, vc é corno mesmo. se chifrudo. Depois que ela falou isso, ele saiu de la, cuspindo fogo, meu pai foi com ele, e o levou de volta pra casa, eu tomei uma broncas da minha mãe e do meu pai, mas tudo bem, logo passou, mas Rosana logo começou a estudar a bíblia, com testemunhas de Jeova, e não quis mais nada comigo, depois de um tempo ela se casou, e hj vivie muito bem o marido, e já tem filhos com ele, eu também me casei, mas perdi um amigo, essa foi minha historia, espero que tenham gostado.