Penetrado e Apaixonado (Parte-2) Agora virando Namorados


Click to Download this video!

Sugiro que leiam a primeira parte dessa história para entender essa parte…
Continuando:
Depois que Daniel saiu de dentro de mim, retirando de meu reto seu piru, eu me senti vazio… Parecia que algo me faltava…
Mas 3 sentimentos começaram a tomar conta de mim… Culpa… Vergonha… E Medo…
Culpa de não ter resistido, Vergonha de está de bunda pra cima todo esporrado e arrombado, e finalmente medo de a partir daquele momento em diante ser tratado como o viadinho…
Daniel exausto estava deitado do meu lado… Eu nem me mexia, e de olhos fechados escuto a voz dele:
O que foi? Eu te machuquei? Você tá sentindo dor? Eu calado que estava não tinha sequer coragem de responder… Ele então me abraça, e começa a beijar minha boca dizendo assim:
Meu amor o que é que ta acontecendo com você? Foi bom, e eu quero fazer mais com você… Só com você… Pra sempre!
E então tenho coragem de falar:
Mas e se alguém descobrir? Todo mundo vai ficar dizendo que eu sou viado… Que você é macho por que me comeu…
Daniel: Nunca ninguém vai ficar sabendo… Esse é nosso segredo… E me coloqou de lado, de frente pra ele, e volta a me beijar…
Depois de nos beijarmos por uns 5 minutos, eu deito de barriga pra cima, e ele continua de lado… Meu cu ainda escorria porra, e o piru dele ainda estava melado, e então ele começa a brincar com ele rodando o dedo brincando com sua própria porra que lubrificava aquele meu novo objeto de prazer…
Meu pinto ficou duro novamente, e ele olhando aquilo, cai de boca, me arrancando novos gemidos…
Ele chupava tão bem, mas tão bem que me levava ao delírio… E pela primeira vez eu tinha meu primeiro orgasmo… Saiu apenas uma aguinha rala, mas gritei muito alto quando aconteceu…
Depois fomos tomar banho, onde ele me bolinava, eu o chupava e nos beijávamos loucamente…
Mas eu queria mais… Queria experimentar aquela bunda dele… E quando voltamos do banho ainda pelados deitados na cama eu o pergunto?
Eu posso meter meu pinto em você também?
Ele olha bem carinhoso e me fala:
Pode… Mas essa semana não… Essa semana só eu vou meter em você… E na próxima semana só você mete nemim…
Mas agora eu quero te pedir uma coisa?
Eu: Fala… Pede…
Você quer namorar comigo?
Eu fico muito assustado com aquela pergunta, e falo:
Mas agente num é homem? E como é que é isso?
Daniel: A gente continua sendo homem… Mas a gente se gosta, gosta de fazer sacanagem, e ninguém vai saber de nada nunca…
E eu não sei de onde eu tive coragem de fazer aquilo, mas eu deitei em cima dele, beijei aquela boca e olhando nos olhos dele falo:
Eu quero namorar, beijar, e fazer muita sacanagem com esse piru, e essa bunda… E quero que você chupe muito minha piroca e meta em minha bunda também…
Daquele dia em diante, toda vez que eu ia na casa dele, nós ficávamos pelados o tempo todo, pois sempre estávamos nos bolinando, chupando, e dedando os cuzinhos um do outro…
No próximo vou contar como descobri que meu pai me colocou pra levar a rola de Daniel, me preparando pra levar a dele…
Continuem comentando pois só assim nos da coragem pra continuar contando nossas histórias vividas…