Aprontei um sacanagem com a minha mulher


Click to Download this video!

Bem o que vou relatar aconteceu comigo, hoje sou uma pessoa madura, adoro sacanagem, sou casado, minha mulher uma loira gostosa, bonita, madura mais bem preparada, uma bunda saliente, carnuda, adoro sexo, faz de tudo anal, vaginal, tudo, já somos casados a 30 anos, uns tempos atrás passei a imaginar ela metendo com um outro cara, conversava com ela mais ela desconversava, mais fui insistindo.

Um dia num barzinho onde eu frequentava, acabei encontrando um colega da juventude, que havia ate namorado minha mulher na juventude, já depois de algumas bebidas começou a conversa mais pesada, eu ate sabia que ele não havia feito nada com a minha mulher, pois foi uma namoro rápido e sem maiores envolvimentos, mais eu já meio alcoolizado e com pensamentos, pecaminosos, fiz uma pergunta, você já bolinou a minha mulher, ele respondeu infelizmente não foi só esfrega esfrega, o meu primo também namorou com ela o Célio, eu perguntei porque infelizmente, ele disse porque ela esta muito gostosa, eu ate gostaria de ter fodido aquela bundinha, eu respondi e realmente ela adora tomar o cuzinho, nossa conversa foi longe, depois de muita conversa ele perguntou você poderia deixar eu foder ela, eu então já imaginando e dando imaginação a minha fantasia, respondi olha ate gostaria mais ela não vai aceitar, ele disse tenta, e completou eu moro sozinho leva ela um dia lá em casa para tomar umas quem, sabe rola, e assim ficou nossa conversa.

Uma noite em casa já cheguei da rua com umas na cabeça, minha mulher inventou de fazer uma caipirinha, ela adora, bebemos, e acabei comentando que tinha encontrado o Érico, um amigo que por sinal foi seu namorado, ela fez um monte de perguntas, e como eu já tinha comentado sobre o assunto de uma transa a três, respondi as perguntas, e completei que o Érico tem uma rola enorme 22 cm, e muito grossa, a minha e pequena 15 cm, nesta conversa acabamos indo para a cama meter, deixei ela louquinha de tesão, e sem eu esperar ela começou a dizer vem Érico, vem mete esta rola na minha boceta, vai, quero gozar com ela rola grande, todinha lá dentro, eu então dizia isso sua puta deixa ele te arrombar todinha, ela respondia não é o que você vem me propondo, agora deixa ele meter gostoso seu corno, deixa eu dar gostoso para ele, eu então perguntei você vai dar o cuzinho para ele também, vou dar tudo, vou ser a puta que você sempre quis, e assim gozamos gostoso, adormecemos.

No dia seguinte depois que eu cheguei do serviço, a safada já estava com um caipirinha pronta, começamos a beber, logo veio a pergunta, amor você vai mesmo deixar eu dar para o Érico, eu perguntei você vai ter coragem, ela respondeu eu vou, depois de beber algumas libero geral, vou dar tudo, e metemos de novo imaginando foder com o Érico.

Quando foi na quinta feira eu liguei para o Érico, e perguntei o que ele iria fazer na sexta feira, ele disse nada porque, eu perguntei tem alguma bebida no seu Apto eu iria tomar umas lá, ele ´perguntou a Claudia vai também, eu disse sim, ele perguntou vai rolar eu respondi não sei vai depender de você, e assim ficou acertado.

Na sexta de manha eu disse a ela que a noite iriamos sair, ela perguntou a onde iriamos eu disse no Apto do Érico, ela disse tem certeza, eu perguntei vai querer ir, ela de imediato respondeu que sim, quando cheguei a noite ela já estava quasse pronta, nossa toda produzida, um vestidinha curtinho uma delicia, tomei meu banho e fomos.

Quando chegamos já fazia um bom tempo que ela não o via, ele abraçou ficaram contentes em se ver, começamos a beber, o Apto dele muito aconchegante, ele foi mostrar o apto, o clima estava um pouco frio, eu então comecei a puxar uma conversa mais excitante, e falei pois e você dois já namoraram já se esfregaram um no outro, ela disse naquela época não era como hoje, hoje as namoradas já vão para o motel, eu respondi então aproveitem, hoje, e descontem o atraso, eles riram, eu pequei mais um bebida e chamei minha mulher ate a cozinha, e comecei uns a maços, e tirei o vestido dela, deixei ela de calcinha, o Érico veio por trás e meteu a rola no meio das pernas, nossa que rola dura, 22 cm, grossa, eu disse a ele leva ela para o quarto, eu fiquei de longe só observado, eles se chuparam e ele começou a meter nela, nossa ela gritava, esperneava, e ele socava tudo, nossa fodeu bastante nela ate encher a boceta dela de porra, nossa que delicia, ele levantou-se vou se lavar ela me chamou e disse vai seu corno chupa a minha boceta vai, nossa cai de boca chupei tudinho, ela perguntava esta gostoso a porra dele, eu vim e beijei ela na boca que delicia.

Ficamos na cozinha os três pelados bebendo, ele ficou insistindo em tentar meter na bunda dela, passou um creme, e ali mesmo na cozinha ele sentou numa cadeira e mandou ela sentar em cima, ela foi descendo ate sentir tudo lá dentro, nossa que delicia, ele foram andando bem devagarinho sem deixar a rola sair ate a cama, ele ficou de quatro nas cama e ele socava todinha lá dentro, gozou no cu dela, nossa uma experiencia muito gostosa, e assim meteram uns finais de semana ate que resolvi aprontar uma para ela.

Nas quinta feira eu liguei para o Célio o primo do Érico, um mulato também bem servido de rola, só que não falei que era eu, passei um trote, dizendo a ele sabe com que o Érico esta fodendo a Claudia, na sexta feira eles vão foder no Apto dele o marido dela também , aparece lá ele costuma deixar a porta destrancada, você vai flagrar ele metendo, eu ate pensei ele não vai, mais ficou no ar.

Na sexta feira antes de ir para o Apto eu comentei com ela que tinha medo que o Célio que ela sabe quem é, poderia aparecer lá e flagrar a gente metendo, e sabe como é vai querer meter também, eu sabia que o Célio era chegado em foder cu de homem, gostava, era vidrado eu cu, eu disse a ela que ele tem a chave do Apto. ela me respondeu que se foda quem da para um pode dar para dois também,, e disse mais e ele e gostoso.

Estávamos transando eu escutei a porta abrindo, fiquei na minha vi um vulto, ai eu disse Érico deve ter alguém ai, ele estava no auge disse deixa deve ser o meu primo, eu então fui ate a sala, deparei com o Célio, me fiz de bobo,pelado, modesta parte eu tenho um corpo gostoso, uma bunda carnuda lisinha gostosa, virei a bunda para ele e fiquei observando os dois metendo ele vei por trás e começou a meter na minha pernas, nosso o Érico gozou, acabou levantando eu fui fiquei de quatro chupando a boceta dela esporrada o Célio veio o meteu no meu cu, nossa eu dei um grito e sai fora doeu muito, ele então deitou sobre ela e meteu na boceta dela, nossa que delicia, o Érico veio o Célio virou ela colocando ela por cima e o Érico começou a meter no cu dela, nossa ela rebolava, gritava, com duas rolas enorme dentro, o Érico gozou no cu dela, o Célio virou ela e socou no cu dela gozando também, eu não aguentei acabei chupando a rola de Érico e depois chupei a rola do Célio, nossa que delicia acabamos indo embora ela não aguentaria mais, no caminho ela perguntou foi você né quem falou para o Célio né, para ele ir lá, eu perguntei porque você não gostou, ela disse nossa adorei amor, e assim finais de semana sempre que dá estamos nos metendo com um com outro, ou os dois, maravilhoso.

Espero que tenha gostado depois eu conto outras passagens.