Consulta deliciosa (parte dois)


Click to this video!

Depois da consulta da minha mulher alguns dias depois ela tinha que fazer um exame, ela me liga da clinica e fala com uma voz bem safada , que logo ela estaria sem calcinha de pernas abertas para outro homem a tocar e enfiar um aparelho dentro da bucetinha dela, e que ela ja sentia que estava ficando molhadinha só de falar comigo, ela avisa que estavam chamando e desliga .
Minha cabeça voava não conseguia me concentrar imaginando a cena , passado uns 40 minutos ela me liga , e fala que queria que eu a fosse buscar na clinica , e eu pergunto a ela se estava pasando mal e ela fala que sim , mas era de tesão e se ela fosse de metrô e alguem se encostasse nela ela não resistiria e ia foder com ele, desliguei e fui ao seu encontro, assim que ela entra no carro , ela me da um beijo de lingua delicioso , e pega minha mão e coloca entre suas pernas e sinto sua buceta depilada molhada ao toque ela suspira e geme em plena luz do dia dando um amasso na rua , alguns tempo depois entramos no primeiro motel que vi , e mal eu entro na garagem ela tira o vestido e me \agarra , nos jogamos na cama e eu caio de boca em sua bucetinha molhada e melada , sentia seu clitoris duro em minha lingua e ela logo se desmancha em um gozo delicioso sentia seu mel saindo de dentro dela, no final do gozo eun pergunto o que aconteceu e ela entre gemidos e suspiros fala que assim que entrou no consultório ela tirou o vestido a calcinha e soutien e colocou uma bata fina e curta, e se deitou , assim qua a assistente saiu um medico entrou , sentia a buceta latejar , mas assim que ele abre as pernas sente que estava totalmente molhada, ele então pega um aparelho que parecia um vibrador coloca uma camisinha e passa um gel , mas que não precisava pois sentia que já estava escorrendo, ele introduz o aparelho dentro da bucetinha e ela da um gemido e ele fala que ela se acalme mas o gemido não era de dor mas de prazer, ele coloca fundo dentro dela e a cada momento ela se concentra para não gozar , o exame acaba e ele sai , ela se sentia como se tivesse dado uma trepada rapida com um estranho , pois sentia sua buceta alargada e melada , a enfermeira entra e a ajuda a se vestir, não coloca a calcinha pois o atrito dela ela ia gozar no meio do corredor, quando ela acaba de falar , sua voz mal e eu a penetro , ela grita e geme alto e fala que estava sendo comida pela segunda vez, meu pinto deslizava dentro dela e ela pede que quer subir em mim e assim faço ela senta em cima de mim e encaixa meu pau na estrada da buceta e soltando o corpo eu vou fundo dentro dela e e arranco um gemido alto ela começa a socar meu pau dentro dela com força e avisa que ia gozar novamente e gozamos juntos , deitados ela se recuperando do gozo fala que se sentia tendo fodido com dois caras, e que estava adorando essa sensação, e eu falei que da proxima ela ia foder com outro e que ia gozar livremente tambem , e trepamos novamente.