delicia ( parte 2 )


Click to this video!

ola, conforme terminei o outro conto, o sr. Walter foi para a casinha dele tomar seu banho e eu aproveitei para tomar o meu também enquanto minha mãe passava o café
terminei meu banho, fui para o meu quarto me vestir, coloquei uma sainha curta e nem coloquei calcinha, isso já era normal,ai houvi minha mãe gritar; filha vai chamar o sr. Walter, café já está pronto e vou tomar meu banho enquanto isso, tá mãesinha, to indo…
ao sair do meu quarto, passei na frente do quarto dos meus pais e ele continuava dormindo, fechei a porta devagar para não fazer barulho, fui no banheiro avisar minha mãe, que meu pai continuava dormindo, entrei no banheiro, a porta estava como sempre aberta e falei, mãe o pai continua dormindo, você não vai acorda-lo para lanchar. (ela) que isso filha, deixa seu pai dormir, ele está cansado, depois ele lancha…(eu) tá bom mãe, vou lá chamar o sr. Walter.
fui lá na casinha dele, chamei e ele não respondeu, como a porta estava só encostada, fui entrando e ele estava no sofá me esperando vir chama-lo, estava so de calção e com o pauzão durão na mão por fora do calçãoe quando me viu falou, demorou muito deliciaaaaaaa, vem cá pertinho de mim, com essa sainha curta você está muito gostosa e provocante, vem, eu já vi que você esta sem calcinha, (eu) como o senhor viu? (ele) claro que vi minha putinha safada, quando você entrou a primeira coisa que fez foi fingir que tinha caído alguma coisa e virar esse bundão para mim (eu)
nossa sr. Walter, não sabia que o sr. estava olhando, assim o sr. me deixa com vergonha (ele) vergonha de que minha putinha, vem cá chupar minha rola que já está babando, antes de irmos quero te alimentar de leiteeeeeeeeeee (eu) mas se demorarmos minha mãe pode ficar preocupada e vim me procurar (ele) duvido que venha e se vier, dou de mamar para ela tambémmmmmmmmmm (eu) nossa eu vi o sr. lá na cozinha, socando o seu pauzão na boca dela, fiquei olhando e tomando conta para ver se meu pai não acordava, e vi quando o senhor gozouuuuu, também quero tudo agoraaaaa
ele estava sentado no sofá, mandou eu me abaixar chupar gostosooooooo, o pauzão dele estava babando muito, fiquei lambendo, adoro lamber esse caldinho que sai, ele enfiou aquilo quase tudo na minha boca e começou um movimento como se estivesse metendo, aquilo ia na minha garganta e voltava, cada vez enfiava mais na minha boca, e eu doidinha para que ele conseguisse enfiar tudo, sou louca por pica, gosto muitoooooooo e cada vez mais, ai sem avisar começou a soltar jatos fortes de porra muito grossa e eu me deliciei e engoli tudinho e depois lambi o pauzão dele para ficar limpinho, nos arrumamos, ele vestiu uma bermuda leve por cima do calção e fomos la para casa lanchar, quando entramos em casa, seguimos direto para a sala, a mesa já estava posta, minha mãe não estava e ele perguntou, cade seu pai e sua mãe? (eu) meu pai está dormindo e minha mãe deve estar no banheiro se trocando; da mesa onde estávamos sentados dava para ver a porta do banheiro e esta como sempre aberta, ai ele falou, veja se seu pai continua dormindo, quero cumer o cu da sua mãe antes do lanche (eu) tem coragem? e se ele acordar? (ele) ai você fica tomando conta e não deixa ele sair do quarto ate eu gozar no cuzão pidão dela…
(eu) houvindo ele falar essas coisasssss, já estava com minha buceta toda meladaaaaa, me levantei e fui ver se meu pai ainda dormia, abri a porta bem devagar e ele ainda estava roncando, fiz sinal de positivo para ele que se levantou da cadeira rapidinho e rapidamente entrou no banheiro, ainda deu para houvir os gemidos dela e os hurros dele, eles estavam fazendo muito barulho, eu já estava com medooooo até que ele engatado no cu dela, apareceu na porta e tirou aquele mastro muito duro e todo melado de porra, nem limpou, sobiu o calção e a bermuda e minha mãe só colocou uma toalha e vieram para a mesa lancharrrrr, nesse momento eu com minha buceta toda melada e com as pernas bambas fui me sentar com eles, começamos a lanchar e logo meu pai abriu a porta do quarto e ainda sonolento nos deu um oi e foi para o banheiro lavar o rosto e logo se sentou a mesa com a gente, minha mãe foi logo falando, amor você descansou bastante, nem vai ter sono a noite… nesse momento olamos para a cara de meu pai e ele falou; claro vou, eu estava muito cansado pela viagem mas ainda quero dormir mais para aproveitar as fériassss
ai minha mãe bem sonsa falou, que legal né, tirar férias para dormirrrrrr, não sei como você consegue dormir tanto, (eu) mãe o pai trabalha muito, natural que ele queira descansar, as férias vão acabar rapidinho, deixa o coitado dormirrrrrr, minha mãe falou, por mim tudo bem, pode dormir a vontade, não seremos nós que vamos atrapalhar seu sono querido, (eu) isso mãe, deixa meu pai descansar,estaremos sempre por perto, a casa é grande e o sr. Walter toma conta da gente… nesse momento minha mãe olhou para mim, eu olhei para o sr. Walter que não falava nada,só houvia e continuamos a lanchar, ao terminarmos o lanche minha mãe nos convidou para ver TV e fomos todos para o sofá, minha mãe continuava so de toalha e eu de sainha sem calcinha, meu pai sentou-se no canto direito do sofá, minha mãe deitou com a cabeça no colo dele e se abriu toda, eu fiquei no outro sofá com o senhor Walter e na posição que estávamos dava para ver o bucetão da minha mãe arreganhado e todo meladoooooo, olhei para o sr. Walter e vi que ele já estava de rola durona, eu toda melada vendo essa sena, não aguentei e fui ao banheito bater uma siririca, gozei muitooooo, cheguei a gemerrrrrrrrr alto, voltei para a sala e continuamos vendo TV e o bucetão da minha mãe piscandoooooo
o sr. Walter não se aguentando mais, falou que estava com sono e que ia para casa dormirrrrrrrr, levantou-se, agradeceu o lanche e se despediu, o programa estava muito ruim e logo vi meu pai bocejando, eu já sabia que não ia demorar muito e ele ia procurar a cama para dormir novamente, minha mãe olhou para mimmmm, piscou o olho e fingimos que também estávamos com sonoooooo, ele vendo que estávamos todos sonolentossss, se levantou e falou, melhor vocês procurarem a cama, eu já vou dormir novamente, amanha quero aproveitar mais a piscina, ((minha mãe) claro meu amor, dorme bem que amanhã quero você passando bastante creme em mimmmm, olhou para mim e soriuuuuu
meu pai deu um beijinho na gente, foi ao bamheiro e logo foi para o quarto dormirrrrrr
minha mãe me chamou para ficar no mesmo sofá com ela e ficou me olhando e disseeee, filha você me saiu melhor que a encomendaaaaaaa, adoro esse seu jeitinho de ingênua mas com essa carinha de safadinhaaaaa, quando olho para você fico encharcadinhaaaaaaaaaaa, sabia? é mesmo mãe, nossa eu sinto o mesmo quando fico olhando seu bucetãoooo adoro ver ele, o meu é igualsinhoooo, acho lindoooo e também fico meladinhaaaaa, olha aqui como estou mãeeee passa a mão, nossa filha, que deliciaaaaaaaaaaaa, também estou assimmm, e ainda esta cheia de porra do sr. walterrrr, filha que piruzão tem esse homemmmmmmmmm, eu fico louca, ele enfia aquilo tudo na minha buceta e no meu cuuuuu, chego até a chorar de tezão, é muito gostosaaaaaaaaaaa, de ontem para hoje já dei para ele 5 vezes e ainda quero maissss, ta vendo como ela piscaaaa, meu grelinho durinho o tempo todoooo, nossa só de pensar já estou com vontade de gozarrrrrrrr
(eu)mãe goza na minha bocaaaaaaa, vou chupar seu bucetão, sugar toda a porra que o sr. Walter deixou ai dentro e so paro quando você pedirrrr, depois você faz o mesmo comigooooooooooo, (mãe) filha, vem logo, não aguento mais so em imaginar sua boca aquiiiiiiiiiiii (eu) calma mãe, primeiro vou ver se meu pai já está domindo, ele já está roncando mãe, vamos la para o meu quarto, fechamos a porta e você será toda minha e eu de você, (ela) vamos sim gostosinha da mamãe, quero gozar e te fazer gozar muitooooooooooooooooo
isso já era por volta de 11 hrs da noite, entramos no quarto, fechei a porta, ela tirou a toalha eu tirei minha saia e minha camiseta que quase não cobria meus seios, deitamos peladinhas e automaticamente, nos posicionamos para um 69, minha mãe gemia muito enquanto eu com meu rosto enfiado no bucetão dela, sugava tudo, era muita porra que saiaaaaaaaa, o grelo dela parecia ate um piruuuuuuuuu, eu o colocava todinho na minha boca e chupava com vontade… tudo que eu fazia com ela, ela fazia comigo, as duas bucetas eram iguais, grandes, greludas e insaciáveis, taradas por uma pica grande e bem grossonaaaaa, ficamos nos chupando e nos beijando por mais ou menos umas duas hrasssss, minha mãe acabou dormindo comigo, meu pai acordou e foi no meu quarto e viu nós duas peladinhas, dormindo abraçadinhas, isso era normal la em casa, por isso ele nem desconfiou
fou para a cozinha fazer café e quando estava a mesa arrumadanos chamouuuuu, acordamos ainda sonolentas, fomos as duas para o banheiro tomar banho, isso também era muito normal la em casa, nem vestimos nada, so mesmo uma tolha e nos sentamos a mesa
tomamos nosso café bem gostoso, o dia prometia ser ótimo, o sol já cedinho estava forte, de toalha mesmo fomos para a piscina e nos deitamos na espreguiçadeira, meu pai veio junto, já de sunga sentou no meio de nós duas e logo seu celular tocou, ele atendeu e começou a ficar nervoso, falar alto, chegou até a chingar, desligou o tel e nos falou que estavam precisando dele na empresa e que ele teria que estar la na segunda cedinhoooo, falou que teria que viajar a tardinha e que voltaria no final de semana, falou para aproveitarmos bem e que o sr. Walter ia cudar de tudo tranquilamente…
no próximo conto o resto , se vocês gostarem desse