Festa no rio


Click to Download this video!

Meu nome é Jean, tenho 28 anos e moro no litoral de SC.
Vivo sozinho desde que meus pais faleceram em acidente de trânsito, meu pai tinha alguns terrenos em uma praia pouco valorizada e depois que eles se foram acabei deixando esse terreno de lado pois o valor de mercado era muito baixo, tudo mudou quando uma construtora veio me procurar e me fez uma oferta generosa no terreno, como tem uma boa metragem acabaram por me oferecer 2 coberturas no empreendimento que é de alto luxo, um apartamento frente ao mar onde moro e mais um bom trocado em dinheiro, esse fato me fez ficar em uma situação financeira privilegiada a ponto de conseguir comprar e manter alguns luxos como carro importado e um pequeno iate.
Passando ao que interessa, na época que aconteceu o fato eu tinha uma Bmw m135i, e fui passar uns dias na casa de um tio no interior do Paraná, chegando lá, como a cidade é pequena logo meu carro passou a ser a atração e as garotas estavam doidas pra me conhecer, na época eu estava bem na minha pois tinha acabado de terminar um relacionamento de 3 anos e não queria ficar com ninguem, na primeira noite minha prima de 13 anos me chamou para ir dar uma volta no centro, eu sabia que ela estava doidinha pra exibir com meu carro, era uma véspera de feriado prolongado e a centro estava bem agitadinho, demos uma volta e após um tempo voltamos para a casa do meu tio, guardei o carro, meu tio colocou o dele atrás pois eles iriam sair logo cedo, e fiquei conversando com minha prima, meu tio e tia em um banquinho na frente da casa, começou a chegar alguns amigos e amigas da minha prima, ficamos conversando, um tempo depois meus tios foram dormir, quando foi por volta de 23:45h passa um palio e para logo abaixo da casa da minha prima, minha prima fala que era a amiga dela Bruna com o namorado, um tempo depois ela desembarca e o cara vai embora, ela vem junto de nós, ficamos então em um grupo conversando, papo vai, papo vem, logo vejo que o pessoal foi se dispersando, quando noto está eu minha prima e a Bruna, um tempo depois minha prima fala que vai dormir pois tem que acordar cedo. falo que logo vou e fico eu e a Bruna.
Começo perguntando do namorado dela ai ela reclama que ele vem deixar ela em casa e preferi ir beber com os amigos e deixa ela na mão, na hora sem pensar falo assim, se eu tivesse uma namorada gatinha como você jamais iria trocar por amigos, ela olhou pra mim e soltou um sorrisinho e me disse, ah duvido que você não tem garotas mais bonitas que eu pra ficar, falei que não, que não queria me envolver com ninguem; ela sorriu e disse, tinha tantos planos pra hoje, tinha pensado em algo bem legal e meu namorado preferiu ir com os amigos dele, falei que pena, quem sabe eu não posso te ajudar, nossa, num impulso quando eu vi ela estava me beijando, logo veio e sentou de frente pra mim no meu colo, ela estava com um vestidinho de tecido bem levinho de alcinha, a coisa foi esquentando e eu sentia a calcinha dela molhada de encontro ao meu shorts, onde estavamos era escuro pois o banco ficava embaixo de uma arvore, mas eu estava receoso de alguém nos pegar, disse pra ela que não tinhamos como ir pra outro lugar, ai ela me disse que ali ninguem via, pelo jeito ela ja tinha aprontado ali, ela tinha um fogo que logo vi ela estava me punhetando e esfregando o meu pau na bucetinha dela, no impulso ela encaixou meu pau na bucetinha dela e foi sentando, nossa ela era ou estava muito tarada, daqui a pouco ela começou a falar no meu ouvido, isso aproveita do que meu namorado dispensa, nossa que delicia, abaixei a alcinha dela e aqueles peitinhos deliciosos apontavam pro meu rosto, comecei a mamar, não podia se exaltar muito pois era de madrugada e qualquer barulho chamaria a atenção, logo gozei, ela ficou sentada no meu colo me beijando, ai eu disse pra ela foi uma delicia, mas eu queria poder sentir seu gostinho, sentir você gozando na minha boca, ai ela me disse que também tinha ficado com vontade de mamar em meu pau, mas teria que ser outra hora.
Um pouco depois ela me falou que iria com o namorado no rio no outro dia, pois ele tinha um rancho de pescador e iriam fazer uma carne lá, iriam dois casais, mas se eu tivesse afim ela chamava a irmã dela, concordei se não tivesse problemas pra ela.
na manhã seguinte meu tio saiu cedo e eu fiquei sozinho, eles tinham um casamento no MS e só voltariam no outro dia, quando foi por volta das 11h eu ainda estava deitado e ouvi chamando minha prima, levantei e fui na janela, era uma gatinha de cabelos pretos, aparentando no maximo uns 14 anos, falei que minha prima tinha saido, ai ela falou, você que é o Jean? respondi que sim, ai ela me disse que era irmã da Bruna e que tinha ido pra me chamar pra ir ao rio, na hora pensei vai dois casais, nesse caso eu e ela vamos ficar de vela então? confirmei que iria e que estaria pronto em 20 min.
Depois de me arrumar fui pra frente da casa eles estavam se organizando pra ir, estava dois carinhas a Bruna mais uma garota que se apresentou com Daiane e a irmã da Bruna que se apresentou como Bianca, fiquei de passar em uma conveniência e pegar umas cervejas, fui eu e Bianca no meu carro, peguei 4 caixinhas de cerveja, mais dois saquinhos de gelo e fui esperar eles no trevo, na hora comecei a pensar onde eu iria ter que colocar meu carro, quando chegamos a estrada de terra, foram mais de 5km de terra e pedra, estava a ponto de desistir, mas fui em frente; chegamos, começamos a acender a churrasqueira e beber, logo acabou a cerveja ai falei pra eles pegarem e irem buscar, acharam melhor passar em casa e pegar de vasilhame, dei o dinheiro e os dois garotos foram, fiquei com as 3 garotas, até ai tudo bem, estavamos no rio brincando, a Bruna chegou perto de mim e me disse assim, sabia que esta noite sonhei que você estava fazendo oral em mim? uii, sério? sim, os garotos vão demorar pra ir e voltar, vamos dar um jeito de fazer, perguntei e as garotas?
espera que vou dar um jeito, foi conversar com as garotas eu vi que a Daiane estava na ofensiva, mas a Bianca dizia que também queria, logo ela volta e me fala assim, olha, falei que você tinha perdido a aposta e que iria fazer você chupar nós 3, só que elas só aceitaram se você não tocar em nós, só com a boca, concordei as 3 eram gatinhas e eu tava doido pra chupar a Bruna, fomos pra parte de cima do barranco perto da churrasqueira, deitei em um banco e logo a Bruna tirou a parte de baixo do biquini e veio sentar no meu rosto, as outras ficavam olhando pra ver se eles não chegavam, daqui a pouco veio a irmã dela, bucetinha lisinha e gostosinha, gozou feito louca, eu não me aguentava, mas não podia tocar nelas, era o trato, por ultimo veio a Daiane, tinha a bucetinha com um pouco de pelinhos, mas também era gostosinha de chupar fiz ela gozar gostoso.
logo a Bruna veio novamente, sentou virada pro lado dos meu pés, logo eu saquei o que ela queria, tirou meu pau de dentro da bermuda e começou a me punhetar, logo se abaixou e começamos a fazer um 69, as outras só zuavam com ela e diziam assim, ah vou contar pro Leandro…
quando estava perto de gozar elas viram o carro dele descendo pela estrada, nos recompomos elas voltaram pra agua e eu fiquei dando uns amassos na Bianca, que já era bem experiente e saidinha pra idade.
depois rolou mais umas coisinhas mais conto em outra ocasião.