Transando com um negão


Click to Download this video!

Bom, era um dia de semana, eu saía do trabalho, para chegar em casa, eu precisava pegar um trem, pois moro na ZL de São Paulo, no trem lotado sempre existe uma pegação entre os machos, aproveitando o super lotação! Nesse dia já eram quase 19:00, sentir um pau duro roçando na minha bunda, como tava gostando fiquei ali, de vez em quando dava empurrada para sentir mais, depois de um tempo, eu resolvi sentir melhor aquele pau, quando me virei, era um negão malhadão, bonito, devia ter uns 20 anos, ele estava de regata, deu pra ver que seus peitos tinha uns poucos pelos e bem definidos, assim como seus braços, quando consegui abaixar o zíper da calça dele, enfiei minha mão dentro da sua cueca e peguei naquele monumento, pelo tato tive ideia do tamanho do monstro que ele carregava na cueca, fiquei com tesão, então disse para descermos na próxima estação, pois, em frente dela, tinha um motel, ele consentiu com a cabeça, descemos e fomos até lá, depois de conversarmos no caminho descobri que seu nome era Leandro, me apresentei como Thiago!( Já escrevi os contos transando no trabalho I, II e III aqui no CNN ).
Chegando no quarto, só deu tempo de fechar a porta, ele já estava acariciando minha bunda e me dizendo que eu era a bunda mais gostosa que ele já tinha pego, aquilo me exitou, ele percebeu e perguntou, – Tá com pressa ou podemos aproveitar a foda? Eu respondi que eu queria aproveitar cada minuto.
Aí começou a pegação. Nos beijamos enquanto um tirava a roupa do outro, quando estávamos já quase pelados, apenas de cueca, eu olhei e vi que ele é um deus grego, um negro lindo e com um volume enorme naquela cueca box vermelha com listras cinzas, ( negro, 1,80M, braços e peitoral bem definidos, barriga tanquinho, com os gominhos e tudo, bunda redondinha, e um volume bem grande na frente) desci sua cueca box e aquele pau grande e grosso saltou pra fora da cueca batendo na minha cara ( 22 cm de tamanho e 15,8 cm de circunferência, pois fiz questão de medir ) e comecei a mamar ele gemia feito louco, eu mau conseguia enfiar pouco mais que a cabeça na boca, enquanto ele gemia, eu imaginava com eu ia levar aquele pau monumental no cu, eu mamava loucamente, chupava a cabeça com um pirulito de chocolate, lambia ele todinho com a língua até sua base, chupava e sugava suas bolas uma de cada vez, e depois colocava o seu saco todo na boca, como se fosse sorvete, ele enlouquecia quando fazia isso, ele dizia que eu sabia como deixar um homem doido de tesão, até que ele não resistiu e gozou na minha boca, era tanta porra, que não consegui engolir tudo, e uma parte vazou pelos cantos da boca, que delicia aquele leitinho quente na minha boca em jatos, descansamos, ele disse que queria me comer, e então eu respondi perguntando se aguentaria aquele pau no meu cu?, ele disse que ia me comer com carinho e que eu aguentaria sim.
Eu continuei a chupá-lo, ele se colocou em posição oposta a minha e começou a chupar meu pau e meu cú alternadamente, eu fui ao delírio ao sentir aquela língua quente e molhada passeando pelo meu anelzinho, ele ainda pergunta se estou gostando!! eu respondo que sim então ele começa com os dedos, a abrir o caminho por onde seu mastro iria passar, primeiro um, depois dois, depois três, daí ele meteu a língua la dentro e deposita bastante saliva, enquanto isso eu mamava aquele pau maravilhoso, e de brinde ainda ganha um saco pra eu chupar,
Depois de um tempo assim, ele se levanta e me puxa para um abraço, me beija e pede pra eu por a camisinha no pau dele, obedeci prontamente, a camisinha ficou super apertada, mas foi, me pôs na posição de frango assado, e começou a pincelar aquele pau na minha bunda, literalmente me dando uma surra de pica, ele foi e deu mais uma chupada no meu pau, desceu pelo saco até chegar no meu cuzinho, que já estava piscando de tanto tesão, ele foi se posicionou e começou a forçar para entrar, ( doeu, não vou negar, mas depois foi tudo bom demais ) se inclinou e começou a me beijar, para ajudar a relaxar enquanto ele tentava enfiar aquele mastro todinho no meu cu, quando finalmente eu senti sua barriga se encostar nas minhas bolas, sentindo um ardor terrível no meu cu, misturado com tesão, pensei: entrou tudo, consegui, depois disso, eu comecei a rebolar para ficar mais gostoso, ele pedindo pra eu rebolar mais, me chamando de gostoso, de safado… vou comer seu cuzinho gostoso, vou botar tudo dentro desse cuzinho, e mais essas coisas que gente safada fala na cama.
Depois de um tempo metendo, ele pediu que eu ficasse de quatro para ele, obedeci prontamente, fiquei de quatro, ele veio, segurou na minha cintura e começou a enfiar aquele mastro duro, grande e grosso para dentro de mim, que sensação deliciosa, sentir cada cm dele entrando no meu rabo, quando finalmente entrou todo, ele começou um vai e vem tão maravilhoso, que eu comecei a rebolar e a gemer como uma puta, assim como eu, ele ficou alucinado nessa hora!
Depois de mais um tempo, ele pediu pra eu cavalgar sentado na rola dele, achei a ideia maravilhosa, ele deitou, eu me posicionei sobre ele, me abaixei, com a mão segurei aquele pau gostoso deixando ele no rumo certo da minha entradinha, fui descendo devagar até que sentir os seus pelos na minha bunda, ai eu comecei a cavalgar gostoso, eu estava literalmente sendo empalado naquele momento, cavalgando naquele macho gostoso, que me comia, e que literalmente tinha uma rola de cavalo, cavalguei naquele pau gostoso por uns 10 minutos, até que ele começou a bater punheta para mim, que maravilha, ele urrando de prazer enquanto me comia, e eu sentindo um enorme prazer com aquele cacete enfiado no cu. Finalmente gozamos juntos, ele gozou tanto que senti a camisinha encher dentro de mim, eu gozei na barriga dele logo depois, e em seguida, deitei sobre ele, me lambuzando com a minha própria porra que tinha gozado sobre a barriga e os peitos dele, ficamos assim até que seu pau amoleceu e saiu do meu cu por conta própria, fomos ao banheiro, tomamos banho, passei a mão no meu cu, e pude perceber o que estava praticamente arrombado, mas ser passivo é isso, uma hora vai ser arrombado e vai adorar, eu adorei!! fiz mais uma chupeta nele, que gozou na minha boca, dessa vez engoli toda a sua porra, isso já eram quase 04:00 da manhã, terminamos nosso banho, nos arrumamos e dali mesmo fomos pro trabalho de novo!
Trocamos números de telefone, e ficamos de marcar outra foda dessa! Durante o dia, além do sono, estava com o rabo todo dolorido, tinha que sentar meio de lado, mas tava feliz da vida, parecia que tinha dado o cu pela primeira vez. ( com uma rola daquele tamanho foi a 1ª mesmo ). depois tem mais histórias gente!!