Virei corno e minha namorada virou puta


Click to this video!

Bom, tudo começou quando fui passar umas férias com minha namorada, foi difícil de convencer os pais dela, mas deu tudo certo, eu tenho 19 anos e ela 16, nós fomos passar umas férias no Guarujá e foi lá que eu descobri que o meu trauma de infância (do qual eu não quero falar) me impede de reagir em muitos casos, isso me tornou um corno manso ! A minha namorada, também não pretendo falar o nome dela, não aparenta ter somente 16 anos, ela tem um corpo fenomenal, bumbum redondinho, seios grandes e durinhos, 1,70m, uma verdadeira gata loira de olhos azuis ! Ficamos em um hotel na frente da praia, estávamos saindo do quarto, eu de short e ela de biquíni, é um biquíni azul curtíssimo, no corredor do nosso andar fomos parados por dois caras que nos convidaram para uma festa no salão de festas, seria hoje de noite, concordamos e fomos embora, eu olhei pra trás e lá estavam os dois cochichando e olhando a bunda dela ! Estávamos no elevador, eu estava do lado dela e tinha um cara de uns quarenta e poucos anos atrás dela, pude ver que ele estava com a mão cada vez mais perto dela, até que ele colocou a mão na bunda dela, ela abaixou a cabeça morrendo de medo e vergonha das outras pessoas do elevador, eu pude ver que ele passava a mão na bunda toda dela, até que ele colocou a outra mão e começou a dar leves apertões, então ele segurou ela um pouco pra baixo da cintura e começou a se encostar nela, no seu short já dava pra ver que ele estava de pinto duro, então ele encostou nela e apertou bem firme a bunda dela contra seu pau, eu fingia que não estava vendo nada, e para completar a demora, pois o apartamento que estávamos já era no 15º andar, aquele elevador estava com problemas, parava em todos os andares e ficava um tempinho parado no andar, só depois ele descia, para fazer a mesma coisa no próximo andar, era bem mais rápido ir de escada ! Isso só aumentava meu sofrimento, ele já fazia movimentos de vai e vem, foi quando ele parou, eu pensei que tinha acabado, mas ele enfiou a mão por dentro do biquíni dela e começou a apertar a bunda dela, então ele pôs a mão na bucetinha dela, ela deu até um pulinho de susto, aí ele parou, eu pensei que dessa vez tinha acabado, mas não, ele me surpreendeu, abriu o zíper do short e colocou o pau que parecia uma pedra pra fora, eu tenho que confessar, era um pau grande e muito bonito, ele ficava encoxando ela, até que ele pegou o biquíni dela com a mão esquerda e puxou de lado, revelando sua bunda, mas não a sua buceta, então ele encostou o pau no cuzinho dela e foi tentando enfiar, com a mão direita ele puxava ela contra o seu pau, nitidamente não dava para enfiar, mas ele ficava ali com a cabeça do pau no cuzinho dela, mas felizmente logo o elevador chegou no térreo com varias reclamações das outras pessoas e ela saiu rápido arrumando o biquíni ! Ela não falou nada, ela achava que eu não tinha visto nada, ela estava nitidamente assustada mas tentava disfarçar, chegamos na praia e logo todos os homens já estavam de olho nela, ela se deitou para tomar sol e eu sentei debaixo do guarda-sol e fiquei lendo uma revista. Três caras estavam na frente jogando disco e toda hora o disco deles vinha parar perto de nós, aí um deles vinha buscar e quase comia a minha namorada com os olhos, eu comi um camarão que não me fez bem, ela me chamou para ir para a água, mas eu expliquei que não estava bem, e ia ficar um tempinho sentado, ela foi, e logo os caras que estavam jogando disco foram atrás e entraram na água também, logo pararam do lado dela e ficaram conversando com ela, então eu vi que na mesma reta deles tinha um barquinho amarrado por uma corda que vinha até a praia, o barco estava a uns 2 metros deles, eu fui até lá bem escondido e fiquei atrás do barco, olhando e escutando eles, a cada onda que vinha, um deles ou metia a mão na bunda dela ou encoxava nela, eles começaram a esquentar a conversa, e não acreditavam que ela tinha só 16 anos, começaram a perguntar se ela tinha vergonha de fazer top-less, ela disse que tinha um pouco, mas eles insistiam para que ela mostrasse alguma coisa pra eles, aí um deles disse: – Mostra alguma coisa pra gente, faz o seguinte, agente mostra e aí você mostra ! Então ele abaixou o calção, mas ela disse: – Não dá pra ver nada por causa da água ! Aí ele pegou a mão dela e pôs no pau dele e disse: – Mas dá para você sentir ! Os outros dois fizeram a mesma coisa e ele disse: – Pronto, agora é a sua vez de mostrar alguma coisa pra gente. Com muito medo, ela levantou o biquíni mostrando seus seios, eles deliraram, eles queriam por a mão, mas ela logo saiu dali, eu voltei bem rápido para chegar antes dela. Ela chegou normalmente, como sempre sem dizer nada, só dizendo que a água estava muito fria, então ela se deitou na esteira para tomar sol, aí um casal sentou no guarda-sol do lado, só pude notar que tinham uns quarenta e tantos anos, mas assim que olhei para a cara do homem eu fiquei branco e quase morri quando percebi que era o cara do elevador, a mulher dele se deitou para tomar sol e ele se sentou na cadeira e ficou entre a sua esposa e minha namorada, logo ele começou a puxar conversa, já que a sua mulher estava de walkman e nem se ligava, e o pior é que minha namorada não viu o rosto dele no elevador, por isso ela conversava com ele normalmente, aí ela me apresentou pra ele e o cara me cumprimentou olhando e rindo da minha cara ! Ele logo perguntou se íamos à festa do biquíni que iria ter no hotel essa noite, então minha namorada logo disse que iríamos, nessa festa, as meninas tinham que ir de biquíni e os homens de short ou sunga ! Ficamos a tarde toda na praia, o sol começou a sumir e fomos embora, tomamos um banho no quarto do hotel e fomos para a festa com a mesma roupa que estávamos, eu de short e ela com aquele biquíni azul curtíssimo que fica parte enfiado na bunda dela, mostrando muita coisa, e na parte de cima, aqueles triângulos tampando o necessário, muito sexy ! Chegamos no salão de festas, tava uma agitação, parecendo uma boate, ficamos um tempo deslocados lá, mas logo ela se enturmou com outras garotas e foram para um canto e ficaram conversando, uns caras chegaram em mim e ficamos conversando também . Eu dei um tempo com os caras e fui procurar minha namorada, só achei as meninas que estavam falando com ela, quando voltei onde eu estava, os caras já não estavam mais lá ! Fiquei meio perdido, sem entender muita coisa, eu pensei que ela poderia ter ido pro quarto fazer ou pegar alguma coisa, então eu estava indo até o quarto e lá no mezanino tinha uma sala que ainda estava em construção, eu estranhei porque tinha um segurança do hotel na porta, achei aquilo muito estranho, então eu dei a volta, subi em uns tijolos para tentar ver por um buraco na parede, quando vi eu nem acreditei, não podia acreditar no que eu estava vendo, era minha namorada pelada sendo fudida pelos quatro caras que estavam conversando comigo, ela estava deitada em cima de um que metia na sua buceta , os outros ficavam batendo punheta em volta, logo um deles enfiou o pau na boca dela, ela agarrou o pau e começou a chupar, logo os caras gozaram nela, aí os outros dois fizeram a mesma coisa depois, então um deles colocou ela de quatro e começou a tentar meter no cuzinho dela, ele só conseguiu enfiar um pouco mais que a cabeça, mas não agüentou muito tempo e gozou nela. De alguma maneira os funcionários do hotel ficaram sabendo daquilo, pois cada hora aparecia um funcionário, primeiro veio o porteiro e meteu nela, depois o cara da recepção e por ultimo alguns faxineiros, depois de todos terem comido ela, ela estava toda gozada, então pegaram uma mangueira e lavaram ela todinha, então o gerente do hotel apareceu, ele era um gordo meio nojento, ele chegou e já tirou a roupa, deitou minha namorada no chão, ficou em cima dela e começou a apalpar seus seios com forca, aí ele começou a chupar e lamber com muita vontade, depois ele se ajoelhou em cima dela com as pernas uma de cada lado, colocou o pau no meio das tetas dela e disse: – Paga uma espanhola pra mim agora ! Ela logo obedeceu, apertou os seios contra o pau dele, aí ele ficava indo e vindo com pau, como se estivesse fudendo ela, não demorou muito e ele logo gozou nas tetas dela, então ele abriu as pernas dela, quando ele ia meter o pau na buceta dela, o segurança apareceu chamando o gerente porque estava tendo uma confusão na festa, o gerente nervoso colocou a roupa e foi lá, os outros também foram embora, aí ela colocou o biquíni e estava saindo quando na porta deu de frente com o segurança, ele levantou a parte de cima do biquíni dela e começou a apertar e chupar os seios dela, ele apertava a bunda dela e puxava ela contra ele e ficava chupando os seios dela, até que alguém gritou o nome dele lá da festa e ele foi correndo. Minha namorada arrumou o biquíni o foi saindo, ela foi pro quarto e logo depois eu fui também, ela conversava comigo normalmente, dormimos e no dia seguinte logo de manhã ela me pediu para ir comprar uma coisa no supermercado ali perto, eu fui, fiquei um bom tempo lá pois tinha muita gente, quando voltei, assim que entrei no quarto, lá estava minha namorada pelada na cama e o cara do elevador estava lá comendo ela, eles me viram ali, mas nem ligaram, ele ainda olhou pra mim e deu risada, continuou metendo nela com muita força, então ele virou ela, apertou a bunda dela com as mãos e começou a meter o pau no cu dela, tava muito difícil, aí ele disse: – Eu vou fuder esse cuzinho aqui, eu já tentei meter no elevador e agora eu vou conseguir ! Ela fez uma cara de espanto e disse: – Nossa, então era você, bem que eu estava reconhecendo esse pau delicioso ! Com muito sofrimento ele foi metendo na bundinha dela até que ele conseguiu e enfiou tudo, ela gritou e gemeu muito, ele ficou metendo nela e logo gozou, mas não parou não, continuou metendo e gozou mais umas duas vezes na bunda dela, aí ele dizia: – Nossa que maravilha, sua namorada é muito gostosa, vou meter nela todo dia ! Mas que pena que daqui 2 dias eu vou embora, mas vou meter nela sempre que puder ! Nessa hora o celular do homem tocou, parecia ser a esposa dele procurando por ele, então ele se trocou e minha namorada foi tomar banho, passando por mim ele apertou a minha bunda e perguntou: – Quando é que eu vou meter nessa bundinha gostosa hein ? Eu fiquei quieto, então ele colocou o pau pra fora e disse: – Vai, dá uma chupadinha no meu pau, eu sei que você quer, vai logo aproveita ! Tenho que confessar, eu estava loco pra sentir aquele pau maravilhoso, mas eu me segurei, abri a porta e mandei ele pra fora ! Passado um tempo, ela já havia se trocado, uma blusinha bem colada sem sutiã e um shortinho muito curto, até que alguém bateu na porta, fui abrir e era um garoto de uns 13 anos procurando por minha namorada, ela logo viu ele e chamou, ele entrou no quarto e disse que veio cobrar a aposta, então ela disse: – É verdade, eu perdi a aposta que fiz com você, tudo bem vou pagar ! Ela abaixou de uma vez o short e a cueca do garoto que ficou muito assustado e tentou levantar o short, mas ela não deixava, ele estava assustado e não entendia como ela podia fazer aquilo comigo ali do lado, mas logo ela pegou no pau dele que não era muito grande, mas logo começou a ficar duro, assim que ficou duro ela se ajoelhou na frente dele e começou a chupar, enfiava todo o pau dele na boca, logo ele gozou, então ele queria meter nela também ! Mas ela disse que aquilo seria em outra ocasião. Ela saiu do quarto, eu nem quis ir atrás, fiquei vendo tv no quarto, até que a porta se abriu e o cara do elevador entrou no quarto, pude ver que ele tinha uma cópia da chave, ele disse: – Cadê a sua namorada ? Quero fuder ela agora ! Aí eu disse: – Ela não está, saiu ! Ele ficou me olhando, eu estava deitado na cama, ele chegou do meu lado, abaixou o short, o pau dele estava bem duro, ele não precisou falar nada, eu agarrei o pau dele e comecei a bater uma punheta pra ele, então ele se deitou na cama e mandou eu chupar, aí eu comecei a chupar o pau dele, ele disse que queria gozar na minha bunda, mas eu disse que eu não ia dar a bunda pra ele não, então ele arrancou meu short, me virou a força e tentava enfiar o pau no meu cu, eu tentava sair, mas ele era bem mais forte, eu já estava sentindo o pau dele entrar no meu cu, quando ele ia enfiar mais, ele olhou no relógio, tirou a cabeça do pau da minha bunda, se trocou correndo todo apavorado e foi embora ! Então eu me troquei e desci até o salão de jogos, e lá estava minha namorada jogando sinuca com uns caras, e um deles ficava encostado atrás dela e segurando taco dela, como se estivesse ensinando ela a jogar, e quando ele batia na bola, ele encoxava ela, eu ficava só observando, todos davam um jeito de passar por traz dela e encoxar nela ou passar a mão na bunda dela, todos já estavam de pau duro, mas parece que as namoradas dos caras chegaram e ela saiu dali, ela ficou olhando a piscina, não tinha ninguém, pois já estava ficando escuro, se bem que ali era bem iluminado, com luzes até dentro da piscina, então ela foi até o elevador, com certeza para colocar um biquíni, eu fui seguindo ela a uma certa distancia, ela parou na frente do elevador e do lado dela, estava um senhor de uns 50 e tantos anos, ele não parava de olhar pra bunda dela, e depois ele ficava olhando os seios dela, ela olhou pra ele e disse: – O que o senhor está olhando ? O senhor é bem assanhado hein ! Ele meio assustado não falava nada, então ela disse: – Ah ! Já sei ! O senhor quer passar a mão em mim não é ? Então dá a sua mão aqui ! Ela pegou a mão direita dele e colocou no seio dela ! Ele fez uma cara de espanto, sem acreditar, aí ela pegou a outra mão dele e colocou no outro seio dela ! Ele parecia que ia ter um troço, ainda assustado, ele começava a dar apalpadas ! Então os dois elevadores chegaram juntos, eles entraram em um, mas ele não tirava as mãos dos seios dela, a porta se fechou e eu logo entrei no outro. Quando o elevador chegou no andar do nosso quarto, eu saí e vi que ela estava dando uma olhadinha na janela do corredor para ver a piscina, e o senhor estava apertando a bunda dela, então eu fui em silêncio até o quarto, fiquei na sacada escondido, os dois entraram no quarto, ela logo tirou a roupa, ele quase desmaiou, ele tirou a roupa também, mesmo com a idade, ele estava de pau duro, ela se ajoelhou na frente dele e começou a chupar o pau dele, ele chegava a tremer, então eles foram pra cama e ficaram metendo muito, eu nem tentei aparecer, se não com certeza o senhor morreria de susto, ele só não conseguia gozar, então ele foi embora meio tonto, eu apareci, e ela foi pro banheiro pegar o biquíni, nesse momento, o cara do elevador entra no quarto e vê ela no banheiro, toda nua, ele tira a roupa e empurra ela pro chuveiro, eles ficaram tomando banho juntos por uma meia hora, eu só ouvia os gemidos dela, então ele se trocou e foi embora olhando pra mim e rindo da minha cara ! Ela colocou o biquíni, e foi até a piscina, ela ficou uns 5 minutos sozinha lá, logo apareceu um cara de uns 16 anos, então eles começaram a conversar e ela disse que estava com vontade de fazer topless e tirou a parte de cima do biquíni, o rapaz não demorou muito e logo fez a festa, em menos de 30 minutos a piscina estava cheia de homens querendo dar uma apalpada e umas chupadas nos seios dela ! Se ali fosse um lugar fechado, com certeza teria virado uma suruba ! Mas ela chamou os 5 caras que estavam com ela na piscina pra ir no quarto, eu subi na frente e fiquei na sacada, logo todos chegaram, os gemidos e gritos começaram logo, quando fui olhar, ela estava deitada em cima de um cara que metia na buceta dela, tinha outro em cima dela metendo no cuzinho dela, ela estava chupando o pau de um deles e batia punheta para os outros dois, estava como uma puta mesmo ! Todos revezaram as posições e depois foram embora !