Comi a crente doida por pica


Click to Download this video!

Olá caros leitores, estou aqui novamente para relatar algo anormal que aconteceu comigo na minha juventude, esse é o quarto conto que escrevo,experiências diferentes mas todas reais.

Esse conto vai ser o mais breve que irei escrever.

Certo dia, estava eu em minha casa, depois de um dia cansativo de trabalho, o dia tinha sido tão exaustivo que fui dormir cedo.

Eu frequentava a igreja, era tranquilo também em relação a namoradas pois já tinha a minha e não ficava igual a cachorro no cil atrás de mulheres, mas na igreja onde frequentava tinha uma menina que era muito afim de mim. Eu não gostava dela, e ela também não fazia meu tipo.

Complementando o raciocínio do primeiro parágrafo, eu tava quebrado, já trabalhava desde de cedo, e nesse dia olha quem vai na minha casa…A crente safadinha.. vou chamar ela de Lika.

Lika tem um corpão, ela devia ter uns 16 anos, e eu no tempo já tinha 17 pra 18, peitos fartos, um corpo de mulher mesmo.
Eu já estava deitado quase conseguindo dormir, e ela chega no portão de casa e começa a bater palmas…Passa uns 10min, não sai de lá. Eu levanto muito puto, e quando vejo quem é fico mas puto ainda.

Eu já sabia o que ela queria, e fui logo levando ela pro meu quarto, perguntando o que ela queria, ela simplesmente fala que queria me vê e ficar comigo, pois tinha dado uma escapada do irmão dela pra ir lá em casa comigo.
Aí não contei conversa.

Fui tirando a roupa dela, beijei ela bastante e ela ainda não queria tirar a calcinha forcei mais um pouco até que ela cedeu.
Deixei ela bem molhadinha, sabia que ela era virgem, e como eu tava com muita raiva dela, falei pra mim mesmo, vou tirar com raiva essa tua virgindade.
Cara…Quando botei a cabeça do meu pau na entrada da bucetinha dela, não dei tempo, enfiei com tudo. Ela se contorceu todinha, começou a chorar, e eu bombava mais e mais forte, quase gozo dentro dela, botei a camisinha e bombei bastante, e ela chorando muito se contorcia bastante no meu pau e eu não parava, até que chegou uma hora que não aguentei mais e gozei…Apesar de eu não gostar dela, foi uma gozada top.

Fiquei bem aliviado, e sabia que ela iria me odiar, acho que não foi do jeito que ela sonhou…Mas eu matei minha raiva.

Desde lá ela não falou mais comigo, só depois de uns 2 anos.

Espero que gostem. Esse fato foi real. Abraços.