doce angela


Click to this video!

Ola leitores,leio contos eroticos ha muitos anos,comecei no .com.bedepois fui para o mundo pt,o primeiro ficou of por muito tempo e o segundo começou a bloquear varios contos,perdendo assim muitos leitores,agora ficou esse site que por enquanto e muito bom,mas ja estao mexendo nos contos,mas vamos deixar de conversa e partir para o que interessa.
Me chamo Braulio,solteiro 45 anos gordinho e careca, mas a historia que vou contar é sobre uma familia que vim a conhecer um ano depois dos fatos acontecidos;seguindo. Wilma e sua filha,passaram a morar na casinha de fundos pois,alugaram a casa grande da frente para ter renda,isso foi preciso pois o seu sumido marido se meteu em dividas de jogo e teve que desaparecer,deixamdo as duas sem ganho nenhum,Wilma,com seus 29 anos sem atributos fisicos,se viu sozinha para criar sua filha Angela de 6 anos,a menina era cadeirante pois tinha atrofia nas pernas do joelho para baixo, estudava e era muito esperta,Wilma para melhorar a renda passou a vender perfumes e, foi assim que as conheci,estava numa padaria e ela me ofereceu seus produtos,eu morava proximo num apartamento,mas tinha dois cachorros e os visinhos estavam reclamando e em conversa soube que sua casa estava vazia e fui olhar,la conheci a Angela,aluguei a casa e sempre via a menina no portao vendo as outras crianças correndo na rua,e por isso me aproximei dela,ela gostava de conversar e com apenas 7 anos era muito inteligente,eu trabalhava dia sim dia nao como laboratorista e nos dias em casa estavamos sempre juntos e ela passou a frequentar minha casa; agora vai ter comentarios de que sou um montro e outros xingamentos,mas ela era normal,suas pernas que tinham problemas,continuando: um dia um dos meus cachorros estava no cio e seu pau estava pra fora,ela viu e ficou rindo,notei que ela estava se excitando com aquilo,pois começou a esfregar suas maos num jesto nervoso e nao parava de olhar para o pau do cachorro,eu vendo seu jeito fiquei de pau duro,o cachorro foi para o quintal e ela me olhou sem graça,meu pau continuava duro e resolvi resolvi comentar o ocorrido,expliquei que era normal e ela se intereçou me fazendo varias perguntas, ate que cheguei no homem e a mulher,antes fiz ela prometer nao contar nossa conversa com ninguem, ia falando e tocando nela tipo;o pau entra aqui,e colocava a mao na bucetinha dela,ate que ela passou a me punhetar e eu esfregava sua bucetinha lisa, gosei e como estava ficando tarde ela foi para casa,dormi pensando no ocorrido e de manha fui trabalhar,cheguei tarde e fui dormir,quando acordei era num sabado e a angela ja estava no portao,ao me ver veio logo entrando na minha casa,perguntei se ela tinha guardado segredo e ela disse que sim,perguntei se tinha gostado e se queria fazer mais ela sorriu e disse que quase nem dormiu esperando eu chegar,botei meu pau pra fora e convenci ela a me chupar,tirei ela da cadeira e coloquei no sofa,ela aprendeu rapido e depois chupei ela tambem,disse que ia gosar e mandei ela engolir minha porra, ela se esforçou e engoliu toda,dai ficamos nos beijando e ela me punhetando e eu esfregando sua buceta,Angela se torceu toda e gosou pela primeira vez,vendo isso gosei tambem lambusando nois dois de porra;avisei a Wilma que ela iria almoçar comigo e passamos o sabado todo juntos sempre fazendo alguma sacanagem,durante a semana passamos a gosar dia sim dia nao ate duas vezes por dia,no sabado resolvi comer sua bundinha;preparei tudo,gel,pomada anestesica e pomada para assadura,ela estava anciosa e expliquei que na primeira vez poderia doer mas que depois ia fica gostoso,ela disse que aguentaria,levei ela pra minha cama e nos chupamos,ela estava com muito tezao e coloquei uma almofada sob sua barriga,posicionei meu pau lubrificado e comecei a empurrar,ela gemia mas aguntava o meu pau,depois que a cabeça entrou dei um tempo e comecei a empurrar,so parei quando minhas bolas bateram na sua bucetinha,levei minha mao por baixo e comecei a esfregar na buceta dela,ai ela passou a rebolar feito puta,gosamos juntos,ficamos um ano metendo sem sua mae desconfiar,quando ela fez 8 anos tive a chance de comer a bucetinha dela,a Wilma precisou viajar e ficaria um dia e uma noite fora,e pediu que cuidasse de angela,topei e assim que ela saiu fomos pra cama,depois de muita chupaçao lubrifiquei a bucetinha e comecei a fuder,senti meu pau rasgando o cabaço mas so parei com ele todo dentro,sangrou bastante mas tanto eu quanto ela estavamos realizados,metemos durante cinco anos e a Wilma começou a desconfiar,me ameaçou e quis me chantagiar,tive que sair da casa deixando uma boa grana,nunca mais vi a Angela,mudei de cidade mas, nunca esqueci dessa passagem de minha vida.