minha filha putinha desde sempre, parte 2


Click to this video!

olá
conforme relatei no conto anterior, minha filha me puxou em tudo
bonita, safadinha, apesar de muito novinha ainda, corpo bem feito, bunda redondinha e arrebitada
o conto anterior terminou, eu relatando que depois que o caseiro meteu muito no meu cuzinho, continuou engatado e fomos em direção a nossa casa assim, eu no colo dele engatada na sua pica enquanto o mato nos protegia, quando avistamos a casa numa clareira, ele tirou o pauzão de dentro do meu cu e ainda muito duro, colocou para dentro do chorte, vestiu minha calcinha e me levou até aporta de casa
essas lembranças se afloraram muito forte em minha memória, e quando voltei para casa, encontrei minha filha sendo sarrada pelo cão e a empregada olhandoooooo
falei, que é isso, você não esta vendo o que o cão esta tentando fazer com ela?
ela então me disse, patroa, eu já tirei ela dele umas 10 vezes e ele vem busca-la novamente, eu não tenho forças para tirar ele de cima dela e fico tomando conta para ele não machuca-la
mãe, não acha ruim com ela não, eu gosto quando ele brinca comigo igual faz com ela
gosto muito e sou eu que peço para ela deixar eu brincarrrrr
hummmm, então ela brinca com ele também, legal, gostei de saber disso
para ficar bem claro a história, vou relembrar o meu nome, Marlene, a babá se chama Aninha e minha filha Julia, nosso cão tem o nome de thor
bom após os esclarecimentos, fui tomar meu banho e na volta o nosso cão continuava sarrando minha filha que achava graça e não parava de rir, fiquei imaginando, igualzinha a mim essa safadinha, também comecei aos 6 anos
então eu chamei a aninha na cozinha e falei para ela não comentar nada disso com ninguém, muito menos com a mãe dela, ela confirmou que não ia contar nada, que era para eu ficar sossegada e como já tinha terminado seu horário, foi para casa e voltei para a sala, fechei a porta e me sentei no sofá para ficar olhando a cena de minha filha sendo sarrada pelo thor
notei que a calcinha dela já estava encharcada de porra que o thor soltava e mandei ela se levantar e ir tomar banho, mandei lavar bem a pepequinha e o bumbum e como eu estava só de roupão fiquei de 4 no sofá e ele já vei muito tarado e logo de cara achou o meu cu e enterrou a sua rola todinha e ficou socando e logo a bola que fica perto do saco dele inchou e ficou engatado, eu já havia gozado 2 vezes enquanto ele socava e quando engatado, estávamos em cima do tapete e ele ficou me arrastando para lá e para cá e eu ia a loucura com aquele pauzão todo dentro do meu cu despejando litros de porra, eu não parava de gemer e gritar de prazer, minha buceta estava toda encharcada, eu gemia muito, nesse momento a julia saiu do banheiro peladinha e ficou olhando e disse, mãe ele faz assim com a aninha também, ela fica gritando igual a senhora, eu também queria fazer isso deve ser muito bommmmm
me lembrei que eu na idade dela já tinha aguantado a pica do caseiro que era muito maior e mais grossa, olhei para ela, exausta de tanto gozar e disse, você quer mesmo meu amor, será que vai aguentar, eu na sua idade já aguentava até maiores, a mãe deixa por favor, quero experimentar, sei que vou gostar, a aninha me falou que só dói a primeira vez
ta bom então, quando ele desengatar de mim, vamos deixar ele descansar e enquanto isso vou preparar seu cuzinho para você não sentir muita dor…
depois de uns 15 minuto me carregando engatado de um lado para o outro ele desengatou e ficou lambendo por algum tempo a pica e a porra escorrendo pela minha perna, corri direto para o banheiro e fui tomar um belo banho porque estava exausta e cheia de porraaaaaa, nossa foi muito bom reviver o passado e agora eu ia iniciar minha filhaaaaa, eu estava adorando a idéia
demorei uns 20 minutos no chuveiro, relaxei bem, sai bem limpinha e ainda pelada quando cheguei na sala encontrei minha filha de 4 no tapete e o tor já de pica durona lambendo a bucetinha e o cuzinho dela, não aguentei e ri muito, menina você é ainda mais tarada que eu na sua idade, afastei o thor que estava já impaciente, peguei um creme e coloquei a julia de 4 em cima do sofá e comecei a passar o creme e a enfiar um dedo no seu cuzinho, para minha surpresa, meu dedo estava entrando facillll, ai enfiei 2 dedos e também entrou sem ela reclamar, julia quem foi que já brincou no seu cuzinho? ah mãe esse nosso visinho ai do lado brincava comigo todos os dias antes da aninha vir ficar comigo, nmas filhinha o que ele fazia, ah mãe ele também me colocava de 4, ficava lambendo meu cuzinho e minha pepeca, depois passava um creme e ficava enfiando o dedo, depois de um tempo enfiando o dedo, ele passava mais creme e enfiava o piru no meu cu…
e você aguentou, não sentiu dor, no inicio sentia um pouquinho de dor, mas aos poucos fui me acostumando, passei a gostar e eu é quem o procurava, as vezes ele vinha aqui em casa também, huummmm, safado esse vizinho, kkkkk safadinha mesmooooo, então seu cuzinho já está mais que preparado para deixar o thor enfiar a picona dele em você, sim mãe, pode deixar eu adoro e vou aguentar…
a safadinha com o cuzinho bem lambrecado de creme ficou de 4 no tapete e o thor já veio loucooooo e quando o piru dele sentiu que não tinha calcinha dessa vez, logo procurou o buraco e encontrou o cuzinho dela todo lubrificado e enfiu tudo de uma só vez e logo a bola creceu e engatouuuu, ela pequena foi fácil dele arrasta-la eu até deixei para ela se acostumar, fiquei olhando e tocando uma siririca, meu grelo estava muito duro e gozei umas 3 vezes olhando a carinha de prazer delaaaa
o safado do vizinho a iniciu muito bem igual o caseiro, seu Jorge havia feito comigo…
depois vem mais