Não Aguentei e Trai Minha Mulher


Click to this video!

tenho uma colega de trabalho muito extrovertida, e liberal não que ela seja dessas vagabundas…mais conversamos muito e ela me conta dos carinhas do qual fica de vez em quando,tipo na confiança.porem como sou homem já se sabe,a imaginação vai longe.minha esposa trabalha a noite e sempre fico sozinho…sou um cara muito caseiro e na minha,mais nessas conversas jogadas fora no serviço me deixa um pouco excitado. numa noite em que chovia um pouco e eu sem nada pra fazer sozinho em casa,lembrei me dessa colega e sei que ela mora sozinha resolvi chama-la no zap zap.era tarde mais não muito tarde tipo 22:30 tentei achando que não iria ter retorno mandei um oi vc ainda esta acordada,e de imediato veio a resposta sim não consigo dormir…e continuamos naquele papo uns dez minutinhos,logo joguei a primeira tipo vc está sem sono eu também podíamos tomar um trago esta frio chovendo um pouco,não moramos no mesmo bairro mais próximo…posso ir ai agora e de repente o zap parou e logo apareceu uma carinha feliz e um ok.não pensei duas vezes se não eu não iria.seria a minha primeira traição,e eu estava gostando daquilo…vesti logo uma roupa pois me preparava pra dormir naquele momento ,passei a mão na chave do carro e fui…confesso a vcs que por duas ou mais vezes pensei em voltar mais o tesão de esta traindo pela primeira vez minha mulher era contagiante.não tinha essa necessidade mais o nosso relacionamento não estava la grandes coisa talvez por ter caído na rotina e ela sempre trabalhando a noite eu ali sozinho.pensei comigo talvez isso ate melhore nosso relacionamento na cama…logo eu já estava enfrente seu apartamento e de cara já a vi espiando pela janela tipo não acreditando que eu iria de verdade, que aquilo era uma loucura nossa.pois ela conhece minha mulher só que não são amigas; meio assustado que alguém me visse ali emboras eu não conhecesse ninguém na região tomei minhas precauções,liguei pra ela e avisei que já estava subindo. quando me preparava para bater na porta ela já foi logo abrindo,cara eu fiquei boquiaberto…sabe quando vc vê a pessoa sempre mais de uniforme de trabalho aqueles que não chama atenção nenhuma,e de repente ela está ali na sua frente com uma camisolinha transparente perfumada e só de calcinha e digamos uma micro calcinha.entrei logo e fui puxando a porta,me ofereceu uma bebida e fiquei ali com cara de bobo olhado pra ela…então perguntou o que foi não gosta do que esta vendo.respondi imediatamente claro só não pensei que era tudo isso e algo mais…lhe peguei pela cintura e chamei ela no meu corpo tomei o copo de suas mãos e não pensei duas vezes e segui com meus pensamentos.tinha tempo que não beijava assim,quanto tempo perdido.então ela me disse calma temos muito tempo pela frente a noite é uma criança;na verdade eu estava apreensivo pois afinal era a minha primeira traição. e eu tinha que voltar pra casa ainda aquela noite se não o bicho ia pegar…imagina se minha mulher desconfie de uma coisa dessas,que sai a noite sem nenhuma justificativa.separação na certa,só que apesar daquela situação sou completamente apaixonado por ela.bom tomei mais um trago pra relaxar sentamos um pouco ali mesmo no tapete da sala.ela era totalmente desinibida cara.na minha mente era como se eu fosse o mocinho e ela a vilã.mais estava gostando muito daquilo e o tesão foi subindo e a bebida me soltando mais…ela veio me passando a mão pelo peito e chegando até minhas calças e foi logo abrindo meu zíper… e eu também fui tirando sua camisola a meia luz eu cheguei a tremer na hora que ela afagou meu pau que por sua vez latejava de tesão,confesso a vcs por um instante achei que já iria gozar ali mesmo; mais a safadinha sabia o que estava fazendo.bom consegui me controlar um pouco e comecei a aperta aqueles seios maravilhosos e uma senhora bunda…um par de pernas que eu perguntei aonde ela escondia tudo aquilo. deitei sobre ela e fui descendo seu corpo passando pelo seu pescoço, seios, ventre e finalmente cheguei onde queria conhecer a gruta do prazer. e que gruta…parecia um parque de diversões.ela se contorcia e envergava as costas do chão e abria tanto as pernas que a bucetinha dela ficou totalmente exposta pra mim;chupei, lambi mordisquei, enfiei a língua o dedo sei que ela gozou na minha boca…nunca nem com minha mulher tinha acontecido algo assim;tão maravilhoso, venha conhecer meu quarto disse ela me puxando feito um cachorrinho obedeci claro não sou bobo…me jogou na cama e foi logo me dando aquele trato,sabe quando vc chega num lava jato e pede pra caprichar no seu carro,então foi o que ela fez…foi louco tudo aquilo;logo a peguei de jeito vi que ela gostava de dominar diferente de minha mulher,talvez fosse isso que faltava em casa ser dominado "delicia" a noite foi longa e curta ao mesmo tempo.transamos por muito tempo quase perco a hora;logo tomamos um banho juntinhos e mais uma trepadinha de leve. me vesti e já preparando pra ir embora ela disse tem certeza que não quer dormir comigo hoje.meu eu fiquei maluco na hora e lhe chupei os seios forte como resposta deixando aquele gostinho de quero mais eu volto… e fui embora entrei no carro olhei pra cima la estava ela me olhando e me jogando beijos como uma adolescente tendo sua primeira vez…cheguei em casa desconfiado com medo de minha mulher está la, sei la poderia ter acontecido algo no serviço dela.se bem que ela me ligaria pra busca-la…tomei um belo de um banho me olhei todo pra garantir que estava tudo certo sem sinais nenhum.deitei só não consegui dormir pensando naquele tesão todo e na quela noite de prazer. no dia seguinte sai mais cedo tipo pra não ver minha mulher logo de cara nem tomei café em casa com medo de dar alguma manota, tipo cara de bobo. cheguei no serviço logo a vi,mais como lhes disse de uniforme ela é muito diferente dei aquela olhadinha disfarçada mais com medo de alguém perceber…engraçado quando fazemos algo escondido temos a sensação que todos sabem.mais uma coisa posso lhe dizer a noite em casa fiz meu serviço completo que ela ate me perguntou o que estava acontecendo comigo…eu disse saudades dos velhos tempos amor…