Fui sodomizada por um maniaco

Click to this video!

Sai para a festa de carnaval era mais ou menos 23 há. Minhas amigas iriam me encontrar no clube aqui em porto alegre. Antes deixe-me me escrever como sou: sou morena de olhos verdes 17 anos, meu corpo é estilo manequim magra com coxas grossas peito durinhos e empinados para a lua. Minha boca e normal,mas com o batom vermelho que eu estava realçava muito eles. Como era festa de carnaval fui bem a vontade com uma sapatilha baixa,uma mini saia bem solta quando eu andava mais rápido ela subia e minhas coxas ficavam a mostra inclusive minha nadegas pois estava com um fio dental muito pequeno que dividia minha buceta e atrás praticamente não rinha nada a não ser um dio lá em cima quase na minha cintura.. Detalhe meu nome é Patricia e casei a seis meses e meu marido Ricardo 26 anos foi ao interior negociar um terreno que era dele para pegar o dinheiro e reformar nossa casa e só voltaria daqui a dois dias. Peguei um taxi e fui ao encontro das amigas no clube. Logo que entrei no carro o motorista me olhou pelo retrovisor e me comeu com os olhos pois meus seios estavam duros quase furando minha blusa. Perguntou se a festa seria boa e disse que meu namorado ia enlouquecer quando me visse assim com aquela roupa quase nua falei quebera casada e meu marido tinhabido viajar. Ele olhou com mais vontade para minhas pernas e disse que meu marido tava dando molle. Ele era um cara feio mas bem corpulento meio estranho. Mas enfim seguimos rumo ao clube e no meio do caminho ele parou e disse que tinhabque descer pra comprar cigarro. Era um lugar estranho quase dentro se uma vila ele fala pra eu descer junto com ele pois ali era meio perigoso . Estranhei mas desci junto. Logo que entramos num boteco muito feio com vários caras jogando sinuca e bebendo. Quando me viram entrar com aquela roupa pararam de jogar e me comeram com os olhos na maior cara de pau. O motorista DOI até o balcão comprou cigarro e quando pensei que iriamos embora ele me chama ate o balcão e pergunta ae quero beber algo sido que não e tenho presaa se sair dali. Ele me pede dois minutos pra ir ao banheiro davas costas e vai. Fiico ali esperando ele no balcão e logo chega um cara pede um trago e encosta em mim. Me Afasto para traz e sinto outro cara que bate em minha bunda bem no meio que ele sente a racha da minha bunda como se eu estivesse awm calcinha e da um sorriso que me deixa com minhas pernas tremendo de medo pois não estava acostumada com ambientes assim. Assim que pega o seu copo de cachaça ele vira pra voltar pro seu jogo ele passa a mao na minha bunda e ergue minha saia mostrando minha bunda pois o fio dental era tao pequeno que só aparecia lá em cima . o pessoal viu e aplaudiram obque ele fez. Não sabia onde enfiar minha cara de tanta vergonha mas logo o motorista saiu só banheiro e eu falei o que o cara fez comigo ele me falou que ali so ia cadelinha procurar macho pra duder ,porisso ele fez aquilo comigo então ele me falou para aairmos dali como namorados. Ele me pegou me puxou de costas ao encontro dele e se encaixou na minha bunda,tive que aceitar e comecei a andar em direção a porta para sair. Ele se aproveitando da situação me abraçou mais forte e bem no meio do salão colocou as maos dentro de minha blusa. E pegou meus seios me assuatei e tentei tirar AA maos dele dali ele me falou pra eu ficar quieta e disfarçar que eu era só mais uma cadelinha que iria dar o rabo pra ele. Engoli a seco e relaxei e fui indo em direção a porta ,e antes de sair ele me larga e bota a mao na minha bunda e vê que to quase pelada devido o tamanho da minha calcinha. No mesmo instante eu já quase chorando ele bota o dedo no meio das minhas perna e acha meu cu O medo foi muito grande mas tive que aceitar devido o medo que senti dentro do bar.Saímos só bar ele me soltou e eu agradeci onque ele fez por mim no bar. Ele me falou que iria fazer a ultima coisa pro pessoal ver que eu era Putinha dele, antes de entrar no táxi ele me virou de costas para o bar e me abraçou pela cintura me erguendo e minha saia subiu e apareceu toda minha bunda os caras do bar começaram a gritar me chamando de Rudo que era nome.ao me largar ele fe questão de me soltar bem devagar e minha saia ficou na minha cintura pois ele segurou ela um poço para me mostrar. Fui entrar no táxi na porta de traz e ele falou já me mandando entrar na frente ja que eu era pro pessoal do bar a Putinha dele.Ao abrir a porta ele me pega no colo e me coloca no banco sem antes me mostrar de novo pra eles.ao sentar no banco ele viu minha buceta dividida pela minha calcinha e me perguntou se eu só usava calcinha de vagabunda e botou o dedo do novo no meio das minhas pernas e achou o meu grelo. Levei um choque quando ele encostou o dedo e tremi , ele sorriu e entrou no carro fomos ao meu destino. Uma quadra antes de eu chegar no clube ele parou e eu deixei ele fazer tudo aquilo comigo. Eu disse que nunca tinha saido sozinha a noite e aproveitei que meu marido rinha ido viajar e resolvi sair escondida dele. Ele me pergunta então se eu uso sempre roupas se cadelinha eu digo que comprei hoje pois minhas amigas combinaram de ir assim de roupas curtas o mais sexi possível. Ele numa última pergunta pediu pra eu mostrar os peitos pra ele pois ele nunca sequer tinha beijado um peito assimmNa hora me senti ofendida mas ele argumentou que rinha me salvo lá no bar,Acabei aceitando e mostrei só um,ele ficou louco e colocou a mão,e logo começou a acariciar me fazendo gemer naquela mao gigante no meu peito. Quando me dei conta ele tava beijando e mamando senti um calafrio na espinha e ele já tava com o outro peito na outra mão. Ai deixei ele mamar pois já sentia tezao. Quando olho pra baixo ele ta se masturbando e me apavoro pois o pau dele era alem de comprido muito grosso e a cabeca parecia uma bola de sinuca . em seguida ele bota a sua mao no meio das minhas pernas e sinto a mao dele toda melada sinto ele colocando o dedo na porta da minha buxeta e llevo um susto
O dedo dele era maior e mais grosso do que o pau do meu marido.tento fechar as pernas e ele morde meu peito e eu abro de novo. Ele começa a enfiar o dedo e a dor é grande devido o tamanho de seus dedos. Ele desce beijando minha barriga e logo ta na minha boceta sinto a lingua dele enorme e muito grande e áspera e isso me leva a loucura. Quando sinto minha calcinha ka no meio do meu joelho e ele chupando minha buceta que quase desmaio na hora do gozo. Ele lambe minha bureta e deixa bem limpinha falando que eu não ia na festa melada de gozo daquele jeito. No mesmo instante ele pega minha mao e coloca no seu pau. .me assusto com tamanho e grossura e ele pede pra eu fazer ele gozar e me pega pela nuca e me abaixa meio que a força. Não acreditei que iria fazer aquilo…. Mas beijei era muito grosso não cabia na minha boca. Ele disse que dava sim e forçou um pouco e entrou só um pedaço da cabeça ele começou a bater punheta e disse que não era pra eu sujar o carro e era pra eu engolir tudo. Quando veio o gozo eu não acreditei a quantidade era tanta que me afoguei ele me deu una tapaa na cara e mandou eu limpar tudo com a lingua,logo fiz com medo de apanhar . Depois disso quis ir pro clube mas ele me disse que iria me entregar a calcinha na saúda da festa poia ele iria vir me buscar no final e disse que se eu não esperasse ele eu iria me dar mal e mostrou um celular e disse que rinha fotos minhas no bar e no carro chupando o pau dele. Desci e fui pra minha festa. Lá dentro encontrei minhas amigas e não pude fazer muita festa pois estava sem calcinha e aparecia tudo na hora que eu começava a dançar… Minhas amigas estranharam de eu não querer dançar e começaram a me dar caipira pra eu me soltar logo eu já tava num canto do salão com elas dançando bem faceira. Já nem me importava se viam ou não que eu estava sem calcinha….bebibe aproveitei toda a festa. Tava bem solta. Na saída minhas amigas cada uma foi pro seu lado com seus namorados e eu casada e fugida do meu marido tive que me virar sozinha. Na saída procurei um taxi e logo alguem me segura pelo braço era o taxista . me levou com facilidade pelo carro pois estava meio se pileque ainda. Pedi minha calcinha e ele disse Quênia me dar na hora certa fiquei calada e saímos. No meio do caminho ele perguntou se eu dancei sem calcinha disse que sim mas só depois que bebi um pouco. Ai ele botou a mao na minha coxa e abriu minhas pernas meio a força e mandou eu ficar assim.Vi que ele não ia no caminho certo e perguntei onde ele estava indo ele tirou o pau pra fora e disse que eu só ia ser liberada depois se mamar no meu pau,fiz que ia mamar mas ele não deixou e disse que ia me levar em outro lugar. Entramos numa estrada e logo apareceu uma casa toda velha . ele me pegou pelo braço e me fez ficar se quatro e ir mamando ele ate a casa . quando cheguei lá o susto foi grande: tinha mais doía caras me filmando desde a hora que eu sesxi do carro chupando ele. Logo fui gatinhando com o pau na boca até chegar naquele casebre velho e fedido. Ele me pegou pelos cabelos e me fez entrar maqela casa somente com moveis velhos e e me bateu de novo na cara e falou. Que uma menina de 17 anos fugida dio maridib merece. Me amarrou em uma mesa e me deixou de bunda impinada com as pernas bem abertas de um modo que cu e buceta ficaram totalmente abertos. Não rinha nem como me mexer. Quando olhei para traz me apavorei e comecei a chorar tinha vários caras já pelados e estavam prontos para meter em mim fui ao desespero o motorista começou a pegar dinheiro deles be liberando a minha buceta pra eles. Chorei e urrei se dor muito tempo até que comecei a sentir prazer quando vum antes de me comer chupou minha buceta. Ai foi só alegria me filmaram bateram fotos se mim com pica na bucetave na boca ao mesmo tempo enquanto outras ficavam esfregando na minha cara e eu gostando. Logo gozaram na minha cara varias vezes e eu sendo filmada. Fiquei mais se 2 há nessa foda amarrada mas giozei muito e estava feliz. Veio alguem e botou. Um pano na minha boca e me amarraram maia ainda de um modo que eu não conseguia me mexer. Fiquei apavorada quando o motorista começou a esfregar seu pau gigante e grosso na minha boca, não conseguia botar nem a cabeca daquilo na boca só lambia e beijava. Ele me falou que wu por ter apenas 17 anos casada e fugiu do marido ia ter o castigo que merece. Foi para traz de mim ma dava palmadas fortes na minha bunda e senti ele esfregando o pau na minha bureta. Não entrava nem a metades da cabeça nela, eu chorava e ele me batia e mandava wu calar a boca. Senti quando ele forçou e entrou só um pouco,a dor foi demais e ele não parou quase desmaio ai ele parou um pouco e disse que eu seria empalada e foi o que ele fez. Por um instantes perdi a noção do tempo e acordei com ele me socando com força sentia ele lá na minha barriga e estava rasgada minha buceta poia vi sangue no chão. Logo a sensação se dor começou a passar e eu a gostar e pedia pra ele socar mais forte e com raiva. Ele não pensou e logo batia na minha cara e mandava eu olhar pra câmera e pedir pra ele meter mais forte e assim fiz. Ele na hora de gozar tirou o pau da minha buceta e colocou na minha boca só que ddessa vez me esforcei e consegui colocar só a cabeca na boca que ficou esticada com aquilo tudo.quando gozou foi tanta porra quebeu não consegui engolir ele tapou meu nariz e me engasguei saiu porra até pelo nariz.depois elempou i pau na minha cara e disse que eu iria ficar maisbum dia ali com eles porque meu marido só voltaria a sois dias e wu com 17 anos tinha muito o que aprender….continua