Meu amigo Aderbal acabou fodendo com a minha mulher

Click to this video!

Ola pessoal, vou contar para vocês uma passagem da minha vida, eu tenho um amigo de Infância que a muito tive tesão nele, mais nunca me abri bem porque tinha medo dele comentar com os outros colegas, chegamos a trabalhar juntos, mais ele era muito preguiçosos, pediu para eu passar na casa dele de manhã para acordar-lo, todo dia eu chegava lá ele estava com a rola dura , nossa e que rola, deve ter uns 20 cm cabeçuda, dava vontade de cair de boca mais me continha, o tempo passou, se separamos .

Eu casei minha mulher uma loira bonita, umas pernas lindas, uma bunda carnuda saliente, bem gostosa, de vez em quando eu encontrava com o Aderbal, tomávamos umas cervejas, ele conhecia minha mulher pois ela da nossa turma de Juventude, sempre perguntava por ela, o meu tesão recolhido florava mas não podia me abrir, ficava na minha, um dia comentando com ele sobre o passado eu disse que quando ia acorda-lo ele sempre de rola dura, ele me respondeu ficava te esperando para sentar em cima, a gente ria, foi passando.

Já depois de muito tempo de casado, eu e minha mulher tínhamos uma intimidade começamos a falar sobre sexo, eu acabei comentando com ela sobre o fato que acontecia com o Aderbal, e falava sobre a caçeta dele que era grande e grossa, a minha é pequena 14 cm, e todas as vezes que transávamos eu comentava do Aderbal, minha mulher adora sexo anal, eu metendo no cu dela dizia nossa o Aderbal arrombaria este cu, nossa ela rebolava era muito gostoso.

A gente costumava sair final de semana Sábado para beber se descontrair só que minha mulher não pode beber muito já fica de fogo, um pouco que bebe já fica saidinha eu em conversa descobri que o Aderbal havia separado da sua mulher, e frequentava um barzinho no centro, fui com a minha mulher lá tomar umas, mais não comentei nada que o Aderbal frequentava ali, já tínhamos bebido algumas, o Aderbal aparece na esquina, eu disse a minha mulher olha o Aderbal, faz tempo que não o vejo, mentira e claro, ela riu, ele sim já fazia um tempo que não havia, nos cumprimentou eu disse senta ai toma umas com a gente, e ficamos conversando, ele e bom de conversa, minha mulher acabou comentando e perguntou se ele havia separado, ele aproveitando a pergunta disse que sim e que estava numa seca só, minha mulher disse que peninha, a conversa tomou um rumo de se falar em sacanagem, minha mulher disse e verdade que tu ficava de pau duro toda manha quando ele ia te acordar, ele disse e verdade , ele te contou, ela disse contou, só que disse que a coisa e grande e grossa, verdade, ele respondeu e dizem, minha mulher disse nossa, ele acabou falando se quiser ir lá em casa eu te mostro, ela já tomada pela bebida disse não é uma má ideia não, ele perguntou tu topa, ela respondeu eu topo e perguntou para mim o que você acha amor, nisso o Aderbal foi ate o banheiro, eu disse a ela você provocou o cara , ela me respondeu você me trouxe aqui para que , fala toda vez no Aderbal, que a rola dele a grossa, me trás aqui na toca do leão, agora quero ser mordida, eu perguntei vai querer mesmo, ele vai querer foder o seu cu, mais e o que eu mais quero ser arrombada ,.

Nisso o Aderbal veio do banheiro com um guardanapo e o endereço dele, e disse olha a conta esta paga, eu espero vocês lá para não sairmos juntos daqui, e foi embora não deu tempo nem de pensar, ela por sua vez queria ir mesmo, demos um tempo e fomos.

Quando lá chegamos ele já estava só de cuecas, já foi abraçando ela e beijando e disse que a tinha um tesão nela desde rapazinho, foi tirando a roupa dele deixou ela peladinha fez ela chupar a rola dele, nossa ela chupava com vontade e disse vem amor aproveita mata a sua vontade de juventude de chupar esta caçeta, não me fiz de bobo, cai de boca, ele começou a chupar a boceta dela, ela gemia, gritava vem aqui vem Aderbal, mete na minha boceta este pauzão me arromba todinha,. ele foi colocando tudo ate o saco, meteu com ela de todas as formas ate encher a boceta dela de porra eu aproveitei e chupei aquela porra todinha nossa que prazer indescrevível nunca tinha gozado tão gostoso, ela foi tomar banho, ele foi junto acabou fodendo com ela no chuveiro, saíram bebemos alguma coisa ele disse eu quero este cu, ela disse e todo seu pode usar e abusar foram para a cama e ele fodeu o cu dela, nossa ela gritava ele socava demorou para caralho para gozar deixou ela com o cu todo assado mais satisfeita, se arrumamos eu disse Aderbal, que isso fique entre nos, ele disse vai ter outras vezes, ela mesma respondeu quando quiser e assim realizamos o meu desejo e o dela também, hoje a gente de vez em quando transamos e maravilhoso.