Surpresa de primo!


Click to this video!
Autor

Há um fim de semana atrás eu fui ficar lá no sítio que meu pai ia visitar meu irmão que mora em outra cidade. Perto do meu sitio mora uma prima que ficou viúva há uns anos atrás, e ela tem um filho que agora está com 12 anos, ele é alto para idade dele, magro, moreno claro, bonito e sempre com um sorriso lindo nos lábios. Eu cheguei sexta de tarde e o pai se mandou. Sábado de manhã levantei, tomei café, arrumei umas coisas e sentei numa área que tem na frente da casa e fiquei olhando o movimento, e sentindo aquela tranquilidade do interior, nisso vem vindo o Dani filho desta minha prima, e chegou para me ver, ficamos conversando, fiz um chimarrão para nós, e quando vimos já era quase meio dia, aí convidei ele para almoçar, aí ele disse que tinha que pedir para a mãe, foi em casa que era pertinho falou com a mãe e voltou. Almoçamos e ficamos por ali, me espichei num sofá e ele no outro, e aí comecei a notar que ele olhava muito para a frente da minha calça, aí como quem não quer nada comecei a passar a mão em cima do pau, e ele olhava com gosto, comecei a falar coisas mais quentes, mais de sexo e comecei a notar uns trejeitos dele ao falar e ao se movimentar, pensei ai tem, levantei fui na cozinha e servi um doce de abóbora para mim e perguntei se ele queria, ele que se servisse, ele levantou e veio meio rebolando, eu passei por trás dele e falei já te disseram que tu tens uma bunda bonitinha, ele só riu, aí quando ele passou por mim eu ousei um pouquinho mais e apertei a bundinha e disse e firmezinha também, ele não falou nada. Dali a pouco ouvimos um barulho na estrada, ele levantou e foi na janela, e eu cheguei por trás como quem não quer nada e me escorei nele, encostando meu pau na bunda dele, ele ficou paradinho, eu vi que ele gostou ai comecei a me esfregar nele e ele sentiu meu pau que ja estava duro na calça. Dei um beijinho de leve na nuca e na orelhinha dele e ele tremeu, peguei ele pela mão e disse vem cá que eu vou te mostrar uma coisa, ele veio quietinho, levei ele lá no quarto, tirei minha roupa e ele olhando, ficou vidrado quando viu o pau duraço, puxei ele para perto, mandei ele segurar na piça enquanto eu tirava a calça dele, já baixei com cueca e tudo, ele ia alisando minha piça, e eu beijando ele e alisando a bundinha dele, eu fiquei louco com aquela bundinha carnudinha, redondinha, linda, virei ele de costas e comecei a encoxar, e ele adorou ver que cada vez que eu metia saía a cabeça do pau do outro lado, ele achou aquilo bom demais, mandei ele deitar na cama de bruços com os pés no chão e a bunda na beira da cama, ele me falou esse pau não vai entrar vai me rasgar, eu disse não rasga não, deixa comigo tu vai adorar, cuspi bem na portinha daquele cúzinho tão pequeninho, encostei a cabeça e forcei, teve uma resistência não entrou, cuspi mais um pouco, encostei a cabeça de novo e forcei foi um pouquinho e não recuei, segurei ele firme e botei com vontade, a cabeça se foi. " Uiiiii, aieaieaie, tira tira, eu disse calma vou tirar, mas invés de tirar, empurrei tudo, só parei quando senti a bunda dele nas minhas bolas, aieaieaieaieaie, uiiiii, eu fiquei paradinho, comecei a acariciar ele, dizer palavras doces no ouvidinho, beijava o rostinho, a orelhinha a nuca, e até na boquinha dei um beijo daqueles bem molhados, ele foi se acalmando, aí eu perguntei quer que tire, ele disse não, agora tá bom, aí eu comecei uma foda bem lenta, bem compassada, e fazendo todo o tipo de carinho nele, que cuzinho apertado e quente, a tesão era demais, mas estava tão gostoso que quando eu via que estava começando a querer gozar, eu parava, e quando a vontade passava eu fodia de novo. Quando gozei parecia que há muito eu não fodia, era leite que não acabava mais, fiquei um tempão deitado em cima dele, até que o pau amolecido caiu para um lado. Levei ele no banheiro, mandei ele forçar como se fosse cagar para tirar todo o leite, nos lavamos e sentamos lá na área conversando. Ele perguntou se podia posar comigo, eu disse se tu mãe deixar, a tardinha a mãe dele veio falar comigo que ele queria posar lá, ela já imaginou que era para mexer no meu celular que tem internet, eu disse que sim e ele já ficou. Fodemos antes da janta, olhamos um pouco de Tv e fomos deitar,ficamos nús, beijei ele todinho, ensinei ele chupar meu pau, fodemos de variás maneiras, várias posições, e dormimos abraçadinhos, ele me chamando de maridinho, e eu chamando de minha mulherzinha, acordei de manhã com ele mamando no meu pau, demos outra foda gostosa, ele passou o domingo comigo, a tarde antes do meu velho chegar demos a despedida. Fim de semana passada fui lá mas ele tinha ido viajar com a mãe, mas no fim de semana que vem eu vou, e vamos matar a saudade, minha égua e minha cadela é que não vão ficar muito contentes, pois perderam o macho por uns tempos.