Estuprada pelo cunhado


Click to Download this video!
Autor

Eu sou casada a 8 anos, meu marido é Europeu, alto, loiro de olhos azuis. Eu sou morena branca, cabelos castanhos e olhos verdes. Dizem que formamos um lindo casal. Eu tenho 30 anos e ele tem 39, no ano passados fomos de viagem ao seu país de origem e ficamos hospedados na casa do irmão dele. Assim como meu marido, seu irmão é alto, loiro de olhos azuis e tem 28 anos. Num dos dias que lá ficamos, meu marido foi visitar um amigo de infância numa pequena cidade, e eu aproveitei para fazer compras nesse dia. Voltei para a casa do meu cunhado já ao anoitecer, imaginando que encontraria meu marido lá. Porém, ele deixou uma mensagem no celular do meu cunhado avisando que não conseguiria voltar naquela noite, pois não havia mais horário de trêm para seu retorno. Não me preocupei, fui tomar um banho, iria jantar e me arrumar para dormir. Meu cunhado, no entanto, me falou que havia comprado um vinho e que tinha maconha caso eu quisesse. Fazia anos que não fumava maconha e aceitei. Ele já estava um tanto bêbado, já tinha fumado também, eu comecei a beber, fumar e fomos conversando. Tenho que deixar claro que sempre achei meu cunhado uma delícia, na verdade ele é a versão mais nova do meu marido e sempre tive a impressão que havia uma tensão sexual entre a gente. Papo vai, papo vem, muita bebida e muita maconha, o assunto, não sei quem começou, se tornou sexual. Quando notei ele já estava sentado ao meu lado no sofá, próximo a mim sem camisa. Respirei fundo, tentei me reencontrar e falei que iria dormir. Ele riu e fez que não com a cabeça, pegou minha mão e colocou no seu pau que estava muito duro. Ele se aproximou e me beijou, ao mesmo tempo que levantava minha blusa e abaixava minha calça de pijama. Eu estava lerda, e confusa, quando ia impedir algo, ele já estava fazendo outra coisa, quando dei por mim ja estava nua. Ele apertava meus seios, me masturbava, eu gemia, ele gemia. De repente ele se levantou e tirou a calça jeans e depois a cueca, eu vi seu pau e me surpreendi, era rosa, lindo e ainda maior que o do meu marido. Eu fiz movimento para recuperar minha roupa e ele me segurou e me puxou jogando no tapete. Em seguida, abriu minhas pernas com força começou a me chupar, lamber e morder a buceta. Lambia e penetrava com 2 dedos e rapidamente eu gozei, nesse gozar eu perdi a consciência por uns instantes, quando dei por mim, ele estava me levantando e colocando de 4 no sofá, me dizendo que queria me comer vendo meu bumbum brasileiro. Eu gritei que não, que ele estava louco, que nós passamos do limite, que eu o desculpava porque não estávamos normal, mas que teríamos que parar por ali, senão não teria mais volta. Ele agarrou meus cabelos com força, sem falar nada, ele me penetrou de uma vez com aquele pau grosso, na primeira estocada ele gemia como se fosse gozar, metia deliciosamente, me segurava a cintura com fúria e apertava meu bumbum com muita força, que me deixou marcada por dias e bombava em mim com vontade. Enquanto me comia, virou meu rosto e me beijou, apertando meus seios, e comecei a sentir seu pau pulsar, até sentir a porra quente dentro de mim. Nós dois desabamos no sofá, não sei por quanto tempo ficamos ali deitados até termos condições, cada um ir para seu quarto. No dia seguinte não nos falamos, mas aquela não seria a última vez que ele me comeria durante aquela viagem…