Irmãozinho punheteiro – final


Click to Download this video!

Ele sem responder já estava com as mãos neles, pegava com tanto gosto, apertava e balançava, começou a descer a mão até minha cintura eu disse a ele:
Calma mocinho, não é assim que se faz tem que ir com calma, comece chupando meus peitos, ele começou a me chupar tão gostoso, eu enfiando meus dedos na buceta, pegava a mão dele e passava por meu corpo e logo ele pegou o jeito, passava a mão na minha buceta e esfregava.
Eu o deixei se divertindo por um tempo enquanto eu batia uma pra ele, seu pinto era pequenininho, mas era uma delicia muito durinho já soltando liquido eu abaixei e meti a boca naquela piroquinha, ele gozou na minha boca na hora e eu com a boca toda cheia de porra do meu irmãozinho, o problema é que ele broxou com isso e nem chegou a me comer. Por um lado foi bom,mas por outro fiquei com a buceta melada , mas não foi dessa vez.
Então voltei pro meu quarto e tentei dormir em vão ,comecei a assistir filminho duvidoso que mesmo me masturbando não me senti totalmente satisfeita .
Então de madrugada não mi contive e levantei e entrei no quarto dele, ele dormindo de barriga pra cima eu sem acordar ele coloquei seu pintinho pra fora e comecei a chupar, ele foi ficando duro e logo ele acordou, eu disse:
Não se mexe! Então ele deitou de volta e eu continuei a chupar seu pauzinho, as bolas, ele torcia as pernas de uma forma que gemia tremendo, eu não aguentei e queria senti seu pinto penetrando ele em mim, que pintinho delicioso.
Ele agarrou na minha cintura e me comia eu o mandei ele parar e comecei a cavalgar no seu pau, subia e descia sem parar, peguei a mão dele e coloquei nos meus peitos e apertei e ouvia seu gemido rouco.
Levantei virei de quatro e mandei ele me comer do jeito que ele quisesse, ele enfiou seu pau em mim e batia forte, melhor que muito cara que já dei, ele no movimento de vai e vem seu pinto saiu da buceta entrou no meu cuzinho de uma vez, mas como não era muito grande nem doeu, nem dava pra sentir direito e deixei ele comer meu cu.
Tava muito bom que nem me importei.
Até que ele disse que ia gozar eu disse pode deixar dentro ,ele inocente disse mais vc pode ficar gravida ,não aguentei e ri .
ele não demoro muito e descarrego seu porra no meu cuzinho .

Ele se jogou na cama e muito cansado, disse a ele pra que colocasse uma cueca pra dormirmos junto, eu coloquei uma camisolinha e deitei com ele e passamos a noite junto, disse a minha mãe que ele estava com medo e fui dormir com ele e ninguém desconfiou de nada, depois disso ainda fiz mais algumas chupetas pra ele e tomei sua porra, hoje sou casada e não fazemos mais isso.

Mas no dia do meu casamento ainda demos a ultima foda, mas não foi bom como era antes !
Eu gostava quando ele era garotinho.

Ass ;DC

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(0 Votos)
Loading...