Fui visitar um amigo e acabei sendo corno

Click to this video!

Bem o que vou contar aconteceu no início do ano, tenho um amigo de Infância fomos criados bem dizer juntos eramos vizinhos, e na Infância acabamos fazendo a tal troca troca, só que eu mais dava do que comia, tenho o pinto pequeno, ele já desde de criança sempre teve o pinto maior e grossinhos, transamos muitas vezes.

Depois mudamos e perdemos o contato, viemos nos ver depois de um bom tempo quasse todas as sextas feiras a gente se encontrava e tomava umas cervejinhas, ate que acabamos relembrando o passado, ele acabou me convencendo a dar para ele de novo, eu ainda estou bem gostoso, e transamos.

Na vida da gente acontece coisas que a gente não espera, e nem imagina sou casado, minha mulher e muito gostosa morena corpo bem feito pernas bonitas, uma bunda carnuda, arrebitada, eu na verdade não esperava e nem imaginava acontecer o que aconteceu, o meu amigo Aderbal me convidou para ir na casa dele na sexta a noite para beber umas, e é claro foder, só que minha mulher resolveu ir comigo, não tive como dizer não a ela, com medo também dela desconfiar de alguma coisa.

Lá chegando eu sem que ele percebesse antes de subir no Apto dele comentei com ele que minha mulher quis vim junto, ele disse tudo bem, sobe ai, ela estava com uma saia meio curta uma blusinha bem a vontade maquiada uma delicia, minha esposa não curte muito tomar cerveja, mais tudo bem, assim que entramos no Apto nossa ele arregalou os olhos cumprimentou ele com um abraço e um beijo no rosto, sentamos na sala ele perguntou toma cerveja, ela disse não sou muito fan não mais não tiver outra coisa vai a cerveja mesmo, ele disse eu tenho run e coca cola, ela aceitou apesar se se a bebida favorita dela, começamos a beber e comentar da nossa infância da nossa vida, depois de umas doze de bebidas ele colocou um Cd de musica lenta das antigas, anos 70, e perguntou para mim posso dançar com ela, eu disse tudo bem, depois que já dei a bunda para ele não tinha como dizer não, ele apagou uma das luzes da sala ficou a meia luz, escurinho.

Ele então perguntou para mim lembra das nossas festinhas a meia luz, sim eu lembrava que acabava em sacanagem, fui ate a cozinha pegar umas cerveja, quando voltei percebi que ele se esfregava nela e ela correspondia, eu não sabia se ficava com raiva ou com tesão, eles vieram beber, ele foi na cozinha fazer mais uma cuba para ela, eu disse a ela pó tu estava no maior amasso com ele, ela me disse você me trouxe aqui para que, trouxe porque você quis vir, ela disse Amor não esquenta vamos nos divertir.

Ele voltou trouxe outro copo para ela, e disse eu vou ate o bar aqui em baixo buscar umas cervejas esta acabando, e saiu, eu e minha mulher ficamos conversando, ela então disse tu queres ir embora nos vamos, eu então disse você sabe se ficar o que vai acontecer, ela me respondeu claro que sei não sou tão boba assim, eu completei o Aderbal tem um pau grande e grosso, e adora foder um cu, tu vai aguentar ela me respondeu vamos tentar deixa rolar, nisso ele chegou.

Começou tocar uma musica lenta ele tirou ela para dançar, e ficou no esfrega esfrega, a musica acabou ele colocou outro Cd fomos na cozinha pegar cerveja, ele me disse pó amigo posso foder com ela, e perguntou você deixa ela dar aquele cuzão para mim, eu respondi o cu e dela se ela quiser dar, mais posso então, voltamos para a sala.

Ele novamente tirou ela para dançar e começou a passar a mão na bunda dela, nossa fiquei de pau duro na hora, me deu um tesão danado, ele levantou a sai dela ela pegou e tirou a saia ficou só de calcinha, ele logo deixou ela peladinha nossa ela estava linda aquele bundão, foram para a cama, ele começou a chupar ela e ela chupando a rola,.dele eu entrei fiquei sentado no chão vendo a sena, ele de quatro chupando a boceta dela, eu cai de boca na rola dele e fiquei chupando por trás, ela começou chamar ele vem Aderbal vem mete esta rola aqui dentro vem, ele foi e enterrou tudo na boceta dela, ela levantou as pernas por trás só dava para ver o saco de fora, ele socava forte ate que anunciou que ia gozar perguntou posso gozar dentro pois estava sem camisinha, ela disse pode enche minha boceta de porra, ele gozou, de quatro mesmo ele tirou de dentro eu cai de boca chupei a rola dele toda melada de porra e aproveitei e chupei a boceta dela toda esporrada, ela então dizia isso seu corno chupa esta porra todinha chupa, aquilo me deu um tesão que acabei gozando.

Fomos nos lavar e tomar umas, ficamos os três pelados já meio de fogo, eu esfregava a bunda na rola dele, ele começou a beijar ela na boca eu comecei a chupar a rola dele, que ficou dura de novo, ele dizia a ela quero comer este cu, ela respondeu então vamos para a cama, ele pegou um creme começou a chupar o cu ela, e logo foi penetrar nossa não imaginava que ela aguentaria aquilo tudo no cu chorou um pouco mais foi ate o saco, ele começou a colocar e tirar do cu dela, ela então dizia não goza logo não demora bastante esta gostoso ele já demora bastante na segunda foda judiou do cu dela acabou gozando, nossa maravilhoso.

Acabamos indo embora já passava das 3 horas da manha, no caminho de casa acabamos conversando, ela disse que adorou ficou tesuda quando viu eu chupando a rola dele, e perguntou tu teria coragem de deixar ele meter em você, eu perguntei como assim, ela respondeu eu iria adora ver você recebendo aquela rola no cu, queria ver você chorar naquela rola, e perguntou e gostosa a porra dele, vou deixar ele gozar na minha boca para eu experimentar, e assim acabamos ainda transando em casa meti no cu dela, nossa ficou arrombado mais foi maravilhoso .

Num outro conto eu comento com vocês o que aconteceu, hoje somos amantes .
,