Coroa do pau grosso

Click to this video!
Autor

Coroa do pau grosso
Sou Carlos, bisexual, já publiquei algumas das minhas aventuras, adoro sexo de todas maneiras, assim como adoro comer uma mulher ou um macho, se o macho for coroa e tiver um belo caralho e souber me cativar sou a puta que ele vai gostar e querer sempre mais. Geralmente tem muitos machos que adoram um cuzinho, principalmente voce for casado, encontro sempre desses machos e sabendo o que é bom mitas vezes transo com um deles. Geralmente transo com casados, são discretos e adoram outro casado putinha como eu. Muitos porque as mulheres não querem fazer sexo anal com eles, e acabam nos descobrindo e querendo sempre nos comer. Conheci um coroa de 60 anos, carinhoso, e sabendo que adoramos as preliminares com muitos beijos e carinho e muita chupação. O coroa que conheci, bem safado, sempre estava com disposição. Batemos papo num chat de sexo, onde aeu colocava um fio dental (adoro usar, principalmente quando me mostro para um macho gostoso) quando ele exibia seu belo e grosso caralho, aquilo me fazia ficar coma meu cuzinho piscando de vontade, mas não conseguiamos acertar nossos horarios, quando nos encontravamos no chat, sentia seu caralho bem duro e quando me mostrava de fio dental ele parecia ficar maior e maios grosso, me chamando de varios nomes, os quais adoro, me fazendo sentir uma pauta safada e doida para agasalhar aquele belo e gostosos caralho. Num fim de semana prolongado, conseguimos marcar para nos encontrar em sua casa. Fui me arrumar para o encontro com aquele macho gostoso que tinha me deixado bem aceso, pois foi um macho de 54 anos quem comeu meu cuzinho, dai passei a adorar mais machos mais velhos, são carinhosos e sabem do que gostamos. Fui me preparar para o encontro, depilei alguns pelos do meu cuzinho, adoro ele bem lisinho, me lavei bem, fazendo minha higiêne anal, enfim me preparei como uma puta que sabe do que os machos gostam. Coloquei um fio dental, ele adorava me ver de fio dental, Após ter me produzido bem. Levando uma roupa para usar quando nos encontrarmos. Quando cheguei fui bem recebida, com beijos e abraços, ele falou vai tira essa roupa e coloca a que gosto de te ver com ela. Quero ver ao vivo minha putinha gostosa. Tirei minha roupa, coloquei uma mini saia, uma blusa branca, meias, uma peruca da minha mulher, enfim parecia uma puta preparada para atender ao seu macho. Ao me apresentar a ele, falou nossa agora sim, você está uma putinha deliciosa, melhor do que na cam, vem aqui vem . Fui me aproximando dele, bem devagar, com um andar sexuala, que fazia ele suspira de prazer, ele estava com um short largo, que me fazia sentir o caralho delicioso dele. Ele sentando no sofá, eu me abaixei e retirei seu short, sentindo seu belo e grosso caralho bater no meu rosto, um caralho duro e grosso, comecei a me deliciar com ele, antes peguei seu saco e seus ovos e coloquei ora um ora dois na boca, fui passando a lingua em toda a extensão do seu caralho que parecia maior e mais grosso. Fui subindo até chegar na cabeça que era bem grande e gostosa, coloquei na boca, ele só gemia e falava que puta safada, uma das melhores chupadas que já tive na vida. Me deliciava coam ele antevendo o momento em que iria agasalhar aquele caralho no meu cuzinho. Algumas vezes tirava seu caralho da boca e ele batia com ele na minha cara, me fazendo ficar louca e meu cuzinho piscar feito um farol. Molhava bem seu caralho deixando ele bem molhado, sentia meu grelinho durinho e pingando de tão melado, ele segurou meus cabelos e empurrava seu caralho para dentro da minha boca. Falou vamos para a cama fui na sua frente rebolando, com cara de puta, levando alguns tapas nela, aquilo me deisava mais acessa. Ele me mandou deitar na cama, de bunda para cima, foia tirando meu filho dental, me deixando somente com a miji saia, abaixou e foi chupar meu cuzinho, preparando ele para receber seu belo e grosso caralho. enfiava a lingua, depois ora um ora dois dedos, me preparando para agasalhar seu caralho gostoso e grosso. Acabei gozando sem tocar no meu grelinho, é por isso que adoro coroas, lamber e preparar um cuzinho é uma arte, eles não tem pressa e sabem te levar ao céu com isso. Estava louquinha com aquilo, pedindo apra ele me comer , enfiar seu belo e gostoso caralho no meu cuzinho que piscava de vontade. Ele levantou e passava a cabeça do caralho no meu cuzinho, que pedia, implorava, ele dizia calma sua puta, você vai ver o que é bom, fica quieta, mesmo assim eu já não aguetava mais de vontade de receber aquele beloa caralho no meu cuzinho. Ele passou um creme no seu caralho e no meu cuzinho, me puxou para a beira da cama e mandou eu ficar de 4 (minha posição preferida) para ele. Levantou a mini saia, colcou a cabeça na entrada do meu cuzinho e começou a enfiar seu caralho no meu cuzinho, eu gemia feito uma puta, adorando cada centimetro daquele caralho entrando no meu cuzinho. Sentia ele me arrombando o cuzinho, procurava apertar seu caralho para e que ele sentisse como era apertado meu cuzinho, gemia e rebolava implorando para ele enfiar tudo, quando ele enfiava eu fechava os olhos me deliciando com aquele caralho grosso e delicioso no meu cuzinho, rebolava e pedia mais e mais. Estava nas nuvens recebendo aquele belo e gostosos caralho no meu cuzinho, me fazendo ser uma puta safada que sabe dar prazer ao macho. Depois de uns 15 minutos, sem ele gozar, eu já tinha gozado duas vezes, ele me botou de frango assado, falou querer ver minha cara de puta enquanto ele enfiava seu caralho no meu cuzinho, algumas vezes me beijava me deixando mais louca. Quando ele enfiava o car alho eu fechava os olhos e me contorcia de tesão, depois de um certo tempo ele perguntou se podia gozar, disse que sim .. aumentou o ritmo das estocadas e em pouco senti seu caralho maior e mais grosso enchendo meu cuzinho com seu nectar. Gozou e aos poucos foi saindo do meu cuzinho, me falando que tinha adorado que foi uma das melhores fodas da vida dele que ia querer bis. levantei e limpei seu caralho e fui fazer minha higiene, colocando outro fio dental e retornei para a cama, ele me olhando com cara de lobo, me vendo de fio dental. aquilo fazia ele ficar louco, e me pegou me colocando de ladinho e foi enfiando novamente seu caralho no meu cuzinho guloso. Teransamos aqueles dias de feriado ao tempo não sei como ele conseguia, mas tinha sempre leite para mim.