Minhas vontades


Click to Download this video!
Autor

Vou começar com minha idade eu tenho hoje 13 anos, sou branquinha, Bunga grandinho e seios pequenos, sou magra.
Eu nunca tive muitas experiências e ainda sou virgem, porém adoro ler contos com meninas novinhas e imaginar um cara com uma rola bem grande me fudendo gostoso, vou narrar um única experiência que me aconteceu.
Eu tinha apenas 8 anos na época, eu era gordinha com cabelos longos bem diferente de hoje, nessa época eu descobri que botando meus dedos na minha Nina(como eu chamava na época minha ppk) eu tinha uma sensação boa gostosa, eu fazia isso em todo canto pra mim não era uma coisa errada era uma coisa bem normal mais. Eu estuda na parte da manhã, minha casa era bem próxima da escola por isso eu já ia sozinha eu só tinha que virar uma esquina e estava na escola, porem antes de chegar na escola eu sempre passava num mercadinho que ficava um senhorinha muito simpática que me tratava como filha, eu passava e comprava algum doce, até que uma semana ela me avisou que teria que se ausentar por uma semana que ficaria era seu filho que eu não conhecia. No dia seguinte eu fui normalmente comprar doces e vi seu filho ele tinha 26 anos não era feia mais também não era muito bonito nem gordo nem magro, logo no primeiro dia eu já notei que ele me olhou estranho, no segundo dia eu fui no fundo da loja para pegar alguma coisa, como era cedo só tinha uma porta aberta eu não notei mais ele havia me seguido, ele chegou em mim e me elogiou falou que era uma menina linda e pediu para eu rodar pra ele quando eu fiquei que costa sua mão foi na minha bunda aquilo me deixou molhada na hora e eu soltei um gemido baixinho, então ele falou
-Sabia que você era safadinha, tô morrendo de ver essa bucetinha gordinha, vamos fazer um acordo eu dou cem reais e você me deixar tirar sua roupinha e ver essa bucetinha de perto.
Na hora eu corei e sai correndo ser comprar nem doce mais fiquei pensando cem reais hoje já é bastante coisa naquela época para uma criança de 8 anos era demais eu poderia comprar uma nova boneca ou algum vestido lindo fiquei pensando e decide que não teria nenhum problema minha mãe sempre me viu nua e eu sempre botei dedos na nina qual problema, apesar de já me masturbar eu não tinha noção que aquilo era errado.
No dia seguinte eu passei mais cedo como na minha escola podíamos ir de calça eu de saia eu fui com uma saia e entrei e já cheguei falando assim pra ele
– Eu deixou o senhor me ver nua eu quero os cem reais antes. Falei gaguejando e morrendo de vergonha Madi saio. Ele respondeu
– Que putinha você é em tô louco pra ver essa bucetinha. E fechou todo o mercado e me levou pro fundo.
Eu fiquei calada e estava com vergonha ele não falou nada durante todo o ato, ele me deu a nota de cem e tirou minha saia e minha calcinha ele olhou minha bucetinha e abriu com os dedos, ela pegou e botou a boca ali uma coisa totalmente diferente aconteceu meus dedos nunca tinha me dado tanto prazer assim, ele sabia oque fazia, ele passou a língua devagar e bem no lugar certo eu acredito que cheguei a gozar, ele passos acha que 10 minutos me chupando, até que ele se levantou eu baixinha ficava na altura do seu pau notei um volume diferente e ele tirou ele para fora ele não falou nada e botou o pau forçando na minha boca eu abri um pouco ele não falou nada e ficou forçando na minha boca aí eu passei a linda e ele gemeu, eu comecei devagar e fui pegando o jeito é logo já sabia fazer direito, não passei nem cinco minutos e ele tirou seu pau da minha você sem falar nada. Me pegou e me botou deitada numa mesa com as pernas bem abertas ele pegou o pau dele é começou a pensar na minha bucetinha e forçava um pouco mais não doía era muito bom eu estava muito molhada deslizava e dava uma sensação muito boa, depois de uns 5 minutos ele forçou bem na entradinha entrou só o início da cabecinha nem doeu e ele gozou bem dentro, foi um delícia sentir aquela coisinha quente eu desci da mesa e ele falou que ficaria com minha calcinha para eu pegar quando voltasse da escola, quando eu andava pra escola ia escorrendo o gozo dele pelas minhas pernas eu passei a aula toda molhada chegava escorrer e molhar minha coxas. Eu saí da escola e fui direto pra lá ele me deu alguns doces e me deu minha calcinha minha calcinha estava molhada do gozo e tava bem quentinho ele tinha acabado de gozar.
Foi isso não sei se foi bom, deixem opiniões e se quiserem falar comigo eu mando meu e-mail nos comentários