Sogro da minha mãe me come até hoje


Click to Download this video!
Autor

Bom, sou a Katy tenho 14 anos a 2 anos que sou namoradinha de um coroa de 67. Minha mãe sempre foi mãe solteira nunca conheci meu pai, com 11 anos minha mãe disse que agora teria um Pai mesmo que não fosse de sangue, Sr. Daniel ou simplesmente Daniel é o Pai do Marcelo, marido de minha mãe, um coroa de 1.65, magrinho, se não fosse cabelos brancos ninguém diria que tem 64 anos (na altura). Sempre fui um pouco assahadinha, Daniel tinha fama de engatatao, já tinha namorado metade da rua, eu gostava de brincar com ele, era um velho fixe, ajudava nos deveres de casa, me levava para passear no parque e comprava um monte de coisa que minha mãe não deixava, e fui me apegando cada vez mais a ele, no meu niver de 12 anos Daniel me levou no cinema, e fizemos um programa muito fixe! Já de volta para casa Dani me botou no colo e foi apalpando meu corpinho, foi a primeira vez, achei normalíssimo, assim começamos as nossas brincadeirinhas, mas só fazíamos qndo estivéssemos sozinhos, semanas depois Dani já me beijava, mamava meus peitinhos, pegava na minha bunda. Um dia Dani mostrou um vídeo de uma garota a ser mamada na xoninha perguntou se queria experimentar, vacilei um pouco mais depois topei, tirou minha calcinha, me deitou no sofá e foi pincelando minha xoninha com a língua, a princípio foi estranho, mas depois ficou maravilhoso! 2 meses depois já sábia chupar o pau dele e fazíamos um 69 perfeito. Naquele dia com as perninhas aberta so sofá Daniel examinava minha xoninha, como se fosse um ginecologista, brincava com o clitóris, me esperniava de tanta tesao, ele enfiou um dedo estáva bem molhadinha, ja tinha gozado umas 3x, estava fraquia Daniel perguntou se podia por o pau era um pouco grande, e tentamos, não demorou muito nossos corpos tinham encaixado na perfeição, parecia feito um para um outro, senti um pouco de dor, devagarzinho Daniel começou a me comer, e foi aos pouco aumentando o ritmo, ele gozei toda porra dentro da minha xoninha, então entendi porque a mulherada andava na cola dele, Daniel era muito bom de foda, me ensinou as delícias do sexo, como agradar um homem na cama, meses depois já sábia td, o gosto do leitinho, o maravilha que era gozar na boca dele, e o que era ser bem comida, minha mãe e o Marcelo nem desconfiam, ainda naquele ano no niver dele ele pediu o cuzinho, nem pensei 2x, dei logo, descobri o que é ser comida no cuzinho e bocetinha no mesmo dia era fantástico! Daniel passou a me foder quase todos os dias e muitas vezes na semana, tinha muito fogo, no princípio era difícil enquadrar, ainda era uma menininha, depois já fodia que nem uma cadela, aprendi a cavalgar sobre aquele pau, Daniel me disse que eu era a putinha e ao mesmo tempo cadela dele, adoro qndo me chama assim! Minha amiga da escola perguntou um dia porque não me interessavá pelos rapazes da escola pensava que fosse sapatão, mas disse que dava para um coroa, qndo disse à idade ela quase que teve um enfarte, lhe contei o quão maravilhoso é, meses depois contou que estava a pensar em para o diretor. Hoje com 14 anos eu e Daniel temos uma boa vida sexual, sinceramente, pretendo ser esposa dele, não creio que vou encontrar alguém que me fode tão bem como ele.