Minha sobrinha de 9 anos-part.1


Click to Download this video!
Autor

Olá amigos leitores e amantes de incesto, este conto é mais um desabafo, confesso que gostaria mesmo de ser diferente e não sentir oque sinto… Desejo por crianças e adolescentes.
Mas infelismente não consigo controlar meus desejo proibidos.
Bom pra começar este conto é a pura realidade que cinseramente não gostaria que fosse.
Como a historia e 100%real usarei nome ficticios.
Sou moreno claro tenho 37 anos mas aparento ter bem menos ,a minha mae é separada do meu pai, e ela cria alguns netos que minhas irmas deixou nas costas dela.
No porão da casa da minha mae mora uma das minhas irmãs, ela é separada do marido e tem 1 casal de filhos o menino de 7 anos e a menina que vou chamar de Maria, de 9 anos.
Bom Maria é uma garota bonita morena e já com o Carpinho em formação.
Tudo começou a mais ou menos 1 ano, eu comecei a olhar pelas pernas da Maria guando ela estava sentada de saia ou vestido, confesso que ficava super excitado guando via sua calcinha.
Mas com um tempo eu vi que ele começou a perceber que eu a olhava de forma diferente , percebi que ela sempre que não tinha ninguém por perto, ela ficava a vontade,mas guando alguem se aproximava ela fechava as pernas e se mantia comportada,isso deu a entender que ela gostava de saber que eu a olhava.
Certa vez ela estava lavando louças na área de serviço como não tinha ninguém por perto resolver fazer um teste pra saber qual seria sua reação, me aproximei dela por trás, ela usava um vestidinho soltinho,o meu pau já estava guase que pulando pra fora de tao duro,abracei ela por trás carinhosamente encostando meu membro que estava duríssimo em sua bunda que pra idade dela ta desenvolvida ate demais.
Para minha satisfação ela sentiu e ficou quietinha não teve nenhuma reação contrária.
Os dias foram passando eu não tiva mais oportunidade de me aproximar pois na casa da minha mae ha muitas pessoas que moram lá a maioria netos crianças e adolescentes, então tenho muito medo de que alguem me flagre.
Mas continue olhando sempre que ela e expunha, ate que um certo dia eu subi em cima da laje da casa da minha mae, lá havia algumas roupas de cama no varal que minha mae tinha estendido estava falando com um amigo no telefone, guando percebi que Maria esta próximo,ai pensei, esta é mais oportunidade e tentei mais uma investida .
Chamei ela como se não quisesse nada , ela subiu a laje esta uma delicia com vestidinho coladinha que definia sua bunda que redodinha apesar da idade.
Guando ela se aproximou , novamente abracei ela por trás dessa vez com mais força , percebi que ela ficou quietinha , então tentei uma coisa mais ousada, puxei ela pra frente de um lençol que estava estendido virei ela de Costa e dei um beijo de lingua nela.
Para minha supresa pessoal, ela correspondeu e que beijo gostoso ela toda desajeitada pelo fato de nunca ter beijado ninguém mas foi uma das melhores experiencia que já tive.
Em seguida em levado pela emoção e pelo tesão abaixei na direção da sua bucetinha afastei sua calcinha de lada e chupei gostoso , confesso que a bucetinha estava um pouco salgadinha pelo fato dela ser criança e não lavar direito não sei…mas o gosto era uma delicia.
Neste dia eu fui rápido por medo de alguem se aproximar, soltei ela , e ela sair correndo, acho que meio sem entender o que tinha acontecido.
Depois disso ela ficou um tempo tipo que me evitando, eu TB porque logo em seguida me bateu um arrependimento de ter feito aquilo.
Os meses se passaram e depois disso nada mais aconteceu, mas os meus olhares pra ela continuaram e ela sempre percebendo.
Os olhares continuaram e com muito mais intensidade, ate que certo dia ela brincando cominha filha que tem 5 a ninhos, perceber que ela tentava a todo momento se aproximar de mim elas estavam dentro do quarto da minha mae eu fiquem com medo de que eu não conseguisse me controlar porque meu pau já estava trincando e resolver sair do quarto.
Minha filha veio atrás de mim mas a Maria ficou lá sozinha .
Como vi que minha mae estáva lá no quintal ocupada com algumas coisa e as crianças estavam no outro quarto resolvi tentar algo novamente.
Deixei minha filha na varanda e voltei novamente ao quarto.
Maria estava deitada na cama da minha mae, de barriga para cima, ela usava uma sainha rodadinha, tava muito gostosinha, me aproximei rápido e já fui direto o ponto sem perder tempo.
Afastei a calcinha dela de lado e dei mais uma chupada daquelas nela , ela sempre quietinha sem falar e sem fazer nada.
Fui rápido pois o medo de que alguem me pegue no flagra era grande.
Depois dessa ultima chupadinha percebi que ela está mais macia comigo sempre que eu chego na casa da minha mae e ela percebe que eu cheguei vem e não vai mais embora.
Ela começou a corresponder aos olhares sempre facilitando.
Nestes últimos dias eu tive mais uma oportunidade de ouro, mas isso vou deixar pra part-2
Quero opiniões dos meus queridos leitores e TB amantes de incesto.
Amo incesto e pedo , quem tiver grupos no Wats sobre o assunto deixa seus e-mails
Quem gostou do conto comente
Um abraço a todos!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,30 de 27 votos)
Loading...