Papai e Filhinha 10


Click to this video!
Autor

Olá, meu nome é Lilica e vou continuar o relato do conto Papai e Filhinha 9
Na terça-feira a noite aconteceu basicamente a mesma coisa da segunda, papai me fudeu com a luz apagada e a porta aberta e debaixo do lençol, so que dessa vez ele colocou a camisinha e gozou bem rápido antes do meu irmão nos enterromper. Foi até bom, mas eu não gozei e tava morrendo de vontade.
Na quarta-feira eu pensei numa estratégia. Eu ia pro quarto do papai so depois q meu irmão dormisse. E assim foi, depois do papai chegar agente comer, conversar e assistir, ele foi pro quarto dele e dessa vez eu fiquei no quarto com meu irmão até ele pegar no sono. Demorou mas mesmo assim ele dormiu.
Eu fui pro quarto do papai, mas ele já tava quase dormindo tbm, aí eu disse q tinha vindo dar um beijo de boa noite nele, dei um beijo no rosto e um abraço nele, aí eu perguntei: “papai, posso deitar um pouco com o senhor?” ele concordou e eu deitei. Só q tava tarde e ele já tava querendo dormir, então ele não mexeu comigo, já tava achando q não ia ter nada, então tive a idéia de pedir com uma voz dengosa “paizinho, faz uma massagem em mim!?”, ele disse “ta bom”, mas ele continuou deitado e com uma mao ele foi massageando meu ombro, eu tava deitada de bruço, ele massageava meu ombro e meu pescosso, e acho q minha idéia foi boa, pq derrepente ele começou a alisar minhas costas mais embaixo até colocar a mao na minha bundinha e ficar apertando, ele então disse: “filha vc tem uma bunda muito bonita” e ficou massageando ela, apesar de magrinha e novinha, minha bunda era redondinha e grande considerando a proporção. Logo ele me virou de lado e ele ainda deitado arriou um pouco minha calcinha e ficou esfregando o pau na minha bunda, ele não me virou de frente, ficou de ladinho, acho q ele tava bem cançado, ele ficou esfregando e tentando enfiar no meu cuzinho, mas como tava seco ele não conseguiu, aí ficou estregando no reginho da minha bundinha.
Papai tirou de vez minha calcinha, mas não me virou de frente, continuou esfregando o pau dele no meu rabinho de ladinho mesmo. Com o pau esfregando entre minha bundinha logo ele gozou, aí entendi pq ele tirou a calcinha, na hora de gozar, pra não cair na cama, ele colocou a calcinha na cabeça do pau e gozou tudo nela.
Ele tava tão cansado q limpou o pau dele com minha calcinha e já caiu no sono. Eu so não gostei mais pq eu não gozei. Mas valeu a pena a massagem no ombro me deixou mais relaxada. E eu gostei dessa foda nova do papai ficar fudendo minha bundinha, era gostoso sentir o pau dele deslizando no meu rabinho e o saco batendo na minha bucetinha, era mais uma inovação do papai q me agradou rsrsr.
Eu levantei e fui pro meu quarto, pra não acordar meu irmão eu dormi peladinha mesmo. Deixei pra pegar uma calcinha quando o dia tivesse amanhecendo.
Acordei no outro dia cedo já tava clareando o dia, antes de pagar a calcinha fui ao banheiro fazer xixi e dei de cara com papai escovando os dentes. Papai tava indo entrar no banho. Quando ele me viu peladinha seu pau já endureceu
Papai: uai filha, pq vc ta peladinha?
Eu: dormi assim papai, pra não acordar meu irmão.
Papai: ah ta
Eu: mas já vou pegar uma e vestir. – Terminei de fazer xixi e fui saindo.
Papai: filha, antes vem cá um pouquinho, entra aqui no box.
Entrei e papai me virou de costas e orientou a apoiar as mãos no chão, pegou meu quadril e levantou. Fiquei apoiada somente nas mãos de cabeça pra baixo, meus pés ficaram pra cima e papai podia assim ver minha buceta e cuzinho pra cima no rumo do pau dele. Papai começou a bater uma punheta e bater com o pau na minha buceta e cuzinho até que ele gozou gemendo e dizendo q me amava. Papai gozou rápido, pq se não ele ia atrazar pro trabalho. E eu naquela posição de cabeça pra baixo não ia agüentar muito tempo rsrsr. Nessa posição papai gozou na minha bucetinha e cuzinho e a porra foi escorrendo no rumo da minha cabeça.
Papai terminou de gozar, me limpou e mandou sair e foi tomar banho.
Bom, eu tinha q melhorar minha estratégia pra pegar papai mais cedo da noite, de forma q ele não tivesse quase dormindo. Mas vou deixar pra relatar em outro conto.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,45 de 22 votos)
Loading...